{Admirável Mundo Literário} Carnaval - Livros na Avenida do Samba

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

 "Dos diversos instrumentos do homem, o mais assombroso é, sem dúvida, o livro. Os demais são extensão do seu corpo... mas o livro é outra coisa, o livro é uma extensão da memória e da imaginação"
(Jorge Luís Borges)

Olá, pessoal!!!

Como foi o Carnaval de vocês??? 

Espero que tenha sido em paz e com muita diversão. Como eu mencionei  em um post anterior, eu trabalhei o Carnaval todo junto com meu noivo, no Sambódromo daqui do Rio de Janeiro. Diverti-me muito, mas também fiquei muito, muito cansada. Afinal, não é mole trabalhar lá não. Tirando as dores no pé, na coluna, na cabeça e depois no estômago (isso é o que dá comer um monte de salgadinhos servido nos camarotes), eu finalizei meu carnaval muito contente, com dinheiro no bolso (para pagar conta), com NOVAS AQUISIÇÕES LITERÁRIAS e com o prazer inigualável de ver nossos amados LIVROS desfilarem na avenida. Sim, é sobre o desfile do salgueiro, que teve a feliz ideia de homenagear os livros no seu enredo 2010 que venho falar..

Confesso que eu não sabia que o enredo era esse, na realidade, eu não sabia o enredo de escola nenhuma (olha a gafe), mas indo pros camarotes, visualizo o segundo carro do salgueiro com um monte de livros. Ahhhhhhh, peraí, corri para frisas e tirei algumas fotos no domingo (15/02). Mas foi somente no sábado das campeãs (19/02), que pude assisti-lo mais e trazer para vocês meus cliques e comentários.

Primeiro, a Escola de Samba SALGUEIRO não foi a única a mencionar os livros na Sapucaí, a UNIÃO DA ILHA também usou a literatura para compor seu samba-enredo - "Dom Quixote de La Mancha, o Cavaleiro dos Sonhos Impossíveis". Dom Quixote, clássico universal, escrito por Cervantes, estreiou na passarela do samba representado por Eriberto Leão e sua amada Dulcineia foi representada por Letícia Spiller.

Já o SALGUEIRO, campeão de 2009, apostou com tudo no amor pela literatura, pelo saber., com o enredo 'História sem Fim'.  Vocês não imaginam a emoção que foi cantar, pular e ouvir seu samba enredo com milhares de pessoas entoando juntos. Infelizmente, nem no sábado das campeãs consegui assistir ao desfile todo dessa escola, pois tinha tantos clientes me esperando que tive que ir buscar mercadoria e quando voltei havia perdido o melhor carro - HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL.

A escola estava linda demais!!! 

Ela iniciou o desfile com a ala do nosso herói Gutemberg, criador da prensa e do livro, responsável pela impressão da primeira bíblia do mundo. Logo em seguida vem o carro conduzido pela trupe do Cirque Du Soleil estava um espetáculo. As letras do alfabeto se destacavam em todos cantos, no carro e nas roupas. Grandes letras deitadas ou em pé compunham a arquitetura do carro alegórico. Os integrantes da trupe se balançavam de um lado pro outro, fazendo acrobacias e cantando, sempre cantando. Uma nostalgia!

A rainha de bateria Viviane Araujo representou Sherazade, a narradora dos contos "Mil e Uma Noites". O poeta Castro Alves também teve seu espaço, na ala dos escravos, representando sua poesia 'Navio Negreiro' e sua luta pela libertação dos cativos.

O Salgueiro foi a escola da Emília, a grande boneca que ganha vida nas páginas de um livro. Foi do jogo de xadrex, de 'HARRY POTTER E A PEDRA FILOSOFAL', até Dumbledore estava presente.. De 'A METAMORFOSE' e barata de Kafka ou besouro? como queiram, hehehe. Foi o desfile de 'ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS' e seu mundo mágico. Don Quixote volta a aparecer pela segunda vez em um mesmo carnaval na avenida. 'O PEQUENO PRÍNCIPE', 'OS LUSÍADAS' E 'OS TRÊS MOSQUETEIROS' também não podiam faltar. Até 'O GUARANI' ganhou seu próprio carro alegórico. Enfim, foi o carnaval da literatura.

Se eu tivesse sido consultada, eu teria aconselhado fazer um carro em homenagem a Jane Austen e seus clássicos. Imaginou como seria ter suas heroínas reunidas??? Ahhh, também teria colocado Tolkien e 'o Senhor dos Anéis' em destaque. Citaria também 'O morro dos ventos uivantes', 'Código Da Vinci', 'Bridget Jones', 'Crepúsculo' e a invasão dos vampiros na literatura mundial. Não esqueceria os irmãos Baudelaire e seu tutor Conde Olaf. 'O caçador de pipas', 'Reparação', 'Ensaio sobre a cegueira', 'Pedagogia da Autonomia', 'As brumas de Avalon' encantariam a todos. Ahhhh, também não poderia faltar a ala das blogueiras, que compõem o mundo virtual e incentivam a leitura com suas dicas e comentários. O SKOOB também não perderia a festa, vindo em um enorme carro alegórico.

Mas, a escola foi sábia ao escolher seus livros!!! Fico muito orgulhosa e encho o peito para dizer: EU VI A MÁGICA ACONTECER NA AVENIDA DO SAMBA, ONDE UMA AÇÃO ANTES SOLITÁRIA E SILENCIOSA, GANHOU MÚSICA, COR, VIBRAÇÃO, ENERGIA.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

REPORTAGEM DO JORNAL O ÚLTIMO SEGUNDO SOBRE O DESFILE, CONFIRAM:


Carnaval 2010: Salgueiro faz desfile colorido no Rio

O bruxinho Harry Potter, a boneca Emília, a barata de Kafka e outros personagens da literatura mundial desfilaram pelo Salgueiro, a penúltima escola da primeira noite do Carnaval do Rio. Em busca do bicampeonato, a agremiação vermelha e branca apresentou o enredo "Histórias sem fim", centrado no livro, com muitas referências a tramas as mais diversas.
O carnavalesco veterano Renato Lage, que começou sua carreira no grupo em 1977, busca sua sexta vitória no carnaval carioca. Não ousou, mas fez um desfile correto e colorido.

"A gente procurou mostrar as obras mais conhecidas do público, independentemente de classe social. O tema é riquíssimo", disse Lage, ainda na concentração. "Tanto o tambor (o contagiante enredo vencedor de 2009) quanto o livro são instrumentos do homem." Em plena era dos livros eletrônicos, o carnavalesco falou só dos de papel, o que causou certa estranheza.

A escola apostou nas acrobacias. Os malabarismos vieram no abre-alas, que simbolizou o advento da escrita; no segundo carro, uma biblioteca tradicional; e numa ala muito aplaudida, com gorilas tão perfeitos que chegavam a dar medo. Só no abre-alas, a oficina de Gutenberg, havia 55 integrantes da Intrépida Trupe, além de artistas do Cirque Du Soleil. Eles passaram boa parte dos 82 minutos de desfile de cabeça para baixo, mas ainda assim cantavam o samba.

O incentivo à leitura veio no carro da biblioteca: componentes jogavam livros para a plateia. Antes, a bonita comissão de frente veio com 15 monges copistas, figuras que, na Idade Média, transcreviam textos sobre papiros, dando origem aos primeiros livros.

Religião

A religiosidade foi um traço que permeou o desfile - a Bíblia, o Livro dos Espíritos e os escritos que norteiam os hindus foram lembrados em alegorias e fantasias. De clássicos de todas as épocas - de "Os Lusíadas", "Os três mosqueteiros", "Don Quixote", "Alice no País das Maravilhas" e "O Pequeno Príncipe" aos brasileiros "Memórias póstumas de Brás Cubas", "O Sítio do Pica-pau amarelo" e "O diário de um mago" - saltaram tipos como o navegador português, o coelho apressado e a desengonçada Emília - a boneca criada por Monteiro Lobato era o grande destaque do quarto carro, como uma enorme marionete.

A bateria notadamente nota 10 veio vestida de "Ali Babá e os 40 Ladrões" e, à sua frente, estava Viviane Araújo, a supercompetente rainha. De Sherazade, ela teve de dividir as atenções com Sabrina Sato, a musa futurista do Salgueiro, que saiu antes do sexto carro. As baianas encarnaram mães-de-santo saídas de "Tenda dos Milagres". De correntes rompidas e respirando liberdade, os escravos de "Navio Negreiro" fizeram uma bela coreografia. O jogo de xadrez de Harry Potter, sugestão da filha de Lage, foi outra ideia bem executada.

O Salgueiro foi a quinta a desfilar. Veio depois da Viradouro, que fez uma apresentação pouco empolgante. Mas passou ainda sob o impacto da Unidos da Tijuca, a única escola que havia, literalmente, levantado a plateia até então. Para saber se a história do Salgueiro terá ou não final feliz, há de se esperar pela tarde de quarta-feira de cinzas, quando serão divulgadas as notas dos 50 jurados.


----------------------------------------------------------------------------------------





Veja mais em:

Samba enredo 2010 'HISTÓRIA SEM FIM'
Sinopse do enredo 'HISTÓRIA SEM FIM' - Se puderem ler, leiam! É lindo!
Fotos do Carro Alegórico "Harry Potter e a Pedra Filosofal" 
Video do  Carro Alegórico "Harry Potter e a Pedra Filosofal"

6 comentários:

La Sorcière disse...

Oi querida!!!
QQue emocionante, né?
Imagino como deve ter sido, e realmente a escola estava muuuito linda:)
Emprego chato esse o seu, heim???
Bjks

Daiane Santo disse...

Dominique,que excelente post! Você escreveu muitíssimo bem,com paixão e prazer por tudo aquilo que seus olhos presenciaram.

Não sabia da temática trabalhada no carnaval esse ano e confesso que não assiste na tv os desfiles.Estou sabendo aqui,por você,que a literatura e esses clássicos grandiosos foram cantados por todos.Que bom que o carnaval,que é um grande símbolo da cultura brasileira,tenha brilhado através do incentivo a educação,leitura e literatura.Esse ano mesmo eu li Cervantes(que é maravilhoso).Harry Potter deve ter sido demais!

E,como você,também gostaria de ver Tolkien e Austen representados nos desfiles.Acho que Tolkien seria absolutamente interessante devido ao mundo mágico e caracterizado que ele escreveu.

Beijão!

Iris disse...

Apesar de não gostar de carnaval eu achei muito interessante e linda a ideia de levar os livros para a avenida. os carros estavam lindos *-* deve ter sido emocionante ver os livros ganhando vida com uma outra roupagem
adorei!
:*

Mariane disse...

Oiii...

Quanta emoção nesse seu post.. não gosto muito de carnaval, difícil eu ficar vendo os desfiles mas esse seu post traduziu toda a magia e emoção da festa!!!

Adorei a frase do começo...linda!!!

Ótimo dia...bjs!!

Dominique disse...

Estava sim. Como eu disse, foi um espetáculo. Eu tb não gostava de carnaval até ir trabalhar lá. É tudo muito lindo.

Coelha disse...

Amiga, você escreveu em azul? Não consegui ler nada! Tive que selecionar todo o texto pra conseguir ler. Mas adorei! Sabia que vc ia gostar do desfile. Vi todinho no sábado. Muito legal! Estou fazendo uma campanha: Gutemberg deveria ser santo! Vamos convencer o Vaticano! Esse homem tem que ser canonizado! Aquela Bíblia estava linda e a Emília... Sem palavras!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela