Fragmentos - Poética Fantástica

domingo, 7 de fevereiro de 2010



No sábado passado (30/01/2010), eu tive o prazer de ir ao lançamento do livro de poesias da minha querida amiga, Nana B. Poetisa. Foi o primeiro lançamento de livros que fui, e confesso que fiquei super emocionada de estar presente. É uma satisfação enorme acompanhar de perto o orgulho e felicidade daqueles que conseguiram subir mais um degrau rumo ao sucesso.
Eu, Kari, Luiz (meu irmão de 9 anos) e Luiz Alberto fomos os primeiros a chegar, o que nos deu tempo para prosear com nossa poetisa, que nos contou um pouco de sua trajetória, ambições e felicidade. Nana estava muito nervosa e não é para menos, né? Afinal, não é todo dia que temos o prazer de transformar um sonho em realidade.
O evento também serviu para reunir alguns skoobers, que há tempos não se viam. Foi um prazer enorme reencontrar nossa amiga Érika dos Anjos, com quem eu e Kari conversamos muito sobre nosso hobbie e vício predileto: livros. 

Adriana Barroso Fernandes, ou Nana B, nasceu na cidade do Rio de Janeiro. Iniciou como escritora em 1999, enveredando pelo romance e poesia, com destaque para a Literatura Fantástica.

Seu primeiro livro "FRAGMENTOS" foi lançado pela editora Multifoco e prefaciado pelo famoso autor de literatura fantástica nacional, Nelson Magrini.
Eu ainda estou lendo o livro, mas já tenho algumas poesias preferidas como a "Destinos". Para mim, poesia é para ser sentida e não lida, então, estou saboreando aos poucos os sentimentos e emoções que emanam delas, deixando-me levar para o "universo fantástico" que autora nos convida. 




*** ENTREVISTA COM O AUTOR ***

- Oi, Nana, tudo bem?

- Olá, Dominique. Vou muito bem, obrigado por perguntar. Lindo dia para você e para todos os seus leitores.

- Sábado (30/01) foi o lançamento oficial do seu primeiro livro FRAGMENTOS, lançado pela editora Multifoco, como você se sentiu?

- Foram muitas sensações juntas, sabe? Felicidade, alegria, orgulho e a sensação mais gostosa de todas, foi “Vitória”.

- Como surgiu a inspiração para escrever o seu livro FRAGMENTOS?
- Comecei a rabiscar uns textos manuscritos mesmo, pois eu não tinha computador, na época. Isso foi por volta de 1999. Nesse ano, comecei a escrever os textos que hoje fazem parte de “Fragmentos”. Sem pensar muito a respeito, apenas escrevendo, fui guardando-os. Quando dei por mim, ao cabo de seis meses, havia 50 textos prontos. Sempre fui muito apaixonada por literatura, desde muito pequena, estimulada por meus pais e por minha enorme vontade de aprender.

- Sabemos que muitos autores percorrem longos caminhos até chegarem ao grande dia: lançamento do livro. Como foi seu percurso até esse momento?

- Nada diferente, Dominique. Como disse, comecei com textos soltos em 1999 e algum tempo depois, me senti segura para passar a outro nível, um romance.

- Alguns de seus poemas são bastante sensuais, além de estarem povoados pelo universo fantástico. Como esses seres mágicos influenciaram a sua escrita?

- Sempre fui curiosa e precoce demais, isso é fato. Desde cedo, ia com meus pais regularmente ao cinema. Vi muitos filmes fantásticos e tenho excelentes lembranças de minha infância cinematográfica. - risos - Quanto aos livros, lia de forma devoradora, livros que eram recheados com essas criaturas magníficas. Vampiros, lobisomens, fadas, dragões, unicórnios ou deuses cheios de poderes maravilhosos. Todos esses personagens atiçavam minha vontade de saber mais e de conhecer cada um deles. Criaturas e seres fantásticos sempre fizeram parte do meu universo. E devo acrescentar que li muitos romances adultos, histórias de amores tórridos e impossíveis, passados em lugares paradisíacos, ao redor do mundo. Tais livros eram de minha mãe, que achava que os escondia no alto de seu guarda-roupa. – risos – Mas que eu sempre dava um jeito de pegar, subindo em uma escada, quando ela estava longe! Acho que por causa deles, herdei essa veia sensual em alguns de meus textos.

- Nelson Magrini, famoso autor nacional, prefaciou seu livro. Como foi ter seu livro prefaciado por ele?

- Sim, é verdade. Nossa, para mim foi uma imensa honra, pois dos autores nacionais de literatura fantástica e terror que conheço, ele é um dos que mais admiro.

- Além de FRAGMENTOS, você escreveu outro livro em parceria com Gustavo Drago. Como foi essa relação? Como surgiu a ideia?

- Dominique, fui apenas uma colaboradora e Gustavo, amigo querido que é, me presenteou com a co-autoria do trabalho. Mas devo acrescentar que apenas dei uma força a um grande amigo. A idéia do romance foi toda dele. Relíquia é um livro magnífico, recheado de fantasia, suspense e terror. Apenas dei uma humilde ajudinha a um amigo extremamente talentoso e criativo, que é o Gustavo.

- Escrever um livro deve ser uma experiência sensacional. Quais são os autores que a inspiraram e quais seus livros preferidos?
- Sim, amo o que faço. Definitivamente, encontrei meu caminho quando comecei a escrever.

Bem, vamos a minha listinha básica. O primeirão é Umberto Eco, seguido de Marion Zimmer Bradley e minha amada rainha do crime, Agatha Cristhie. Arthur Conan Doyle.  Edgar Alan Poe e seus contos góticos. Bram Stoker, e seu Drácula. Anne Rice. Willian Shakespeare e suas peças; li todas! Sou louca, apaixonada pelos autores Clássicos: Aristóteles, Ésquilo, Eurípedes, Platão, Virgílio, Homero, Sófocles,Ovídio, Sócrates, etc. E minha lista é bem mais extensa. Mas, só pra completar, quero acrescentar que existem alguns autores nacionais contemporâneos magníficos, que acompanho com viva alegria, alguns deles são amigos muito queridos. Exemplo: Giulia Moon, Martha Argel, J. Modesto, J.P. Balbino, James Andrade, Marcelo Amado e logicamente, Nelson Magrini. Estes e muitos outros fazem parte, de minhas leituras.

- Alguma pessoa ajudou-a ao longo do caminho? O que você tem a dizer para ele(a)?
- Quando comecei a escrever, a pessoa que acompanhou esse processo de perto, foi meu amigo e parceiro Gustavo Drago. Há cerca de dois anos, conheci e travei  amizade com 2 grandes escritores paulistanos. O querido escritor de vampiros,  Adriano Siqueira,  & Nelson Magrini;  ambos foram de vital importância para que eu  mergulhasse de vez  no universo fantástico.

- Nana, fale um pouco sobre seu apoio a literatura fantástica nacional, assim como, dos seus projetos futuros.

- Quando criei meu site, em fins de 2008, minha intenção era ter um espaço que ajudasse aos autores anônimos, como eu, a terem uma oportunidade na mídia. Comecei o  site com menos de cinco autores, e hoje, somos mais de setenta. Apoio também a  CAMPANHA LITERATURA FANTÁSTICA NACIONAL. Idealização de minhas amigas Celly Borges e Tânia Souza  http://mundodefantas.blogspot.com/

- Qual a mensagem você tem para deixar para seus fãs?

- Galera, não tenham medo de ousar, de buscar coisas novas, ler não só os estilos e autores da moda. Busquem, explorem, procurem sempre descobrir novos horizontes. Tenho certeza de que irão descobrir um universo magnífico.
Para terminar, agradeço imensamente as pessoas que acompanham meu trabalho e autores que não sejam apenas aqueles consagrados. Busquem e valorizem os talentos nacionais, fantásticos ou não.

Quem quiser entrar em contato com Nana:

Email: nanab.poetisa@hotmail.com
Estante no Skoob: http://www.skoob.com.br/usuario/mostrar/14751
Blog da Nana.

Veja também:

Entrevista com Nana, no site "Metamorfose Lobisomens".
Resenha do livro FRAGMENTOS, no blog "Mundo de Fantas".

15 comentários:

Celly Borges {Gisele} disse...

Oh, ADOREI a entrevista!!!

A Nana é uma escritora fantástica, que está conquistando seu espaço merecido!

Mas antes de escritora, é uma amiga presente!

Parabéns Dominique e Nana!

Bjos, meninas!

Nana B. Poetisa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nana B. Poetisa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nana B. Poetisa disse...

Domi!

A única palavra que posso usar pra expressar o que estou sentindo, depois de ler tão carinhosa postagem, é...Obrigado!

Foi um prazer responder suas perguntas inteligentes e sagazes.

Ser entrevistada por ti, foi uma delícia.

Mergulhe sem medo no Universo de "Fragmentos" e que ele sempre leve você, aos recônditos da minha alma fantástástica.

Beijinhos sombrios e cheios de carinho...

Nana.

Ket/ Blair Boo disse...

oláá!
ameii o blog, tanto que já estou seguindo e lendo os posts antigos ^^
Queria te pedir uma coisa se não for problema: como adiciono a 'estanteznha' do Skoob, que vc tem ai ao lado? Já ví em vários Blogs, mas não descobri =z
um beijooos!!

Nanda disse...

Ei Dominique,

Adorei o post, a entrevista e as fotos.

Pena que aqui em BH quase não tem eventos como lançamentos aff

Parabéns e muito sucesso para a Nana.

bjoo

Daiane Santo disse...

Ótimo post.Deve ser maravilhoso poder compartilhar seus escritos com o mundo.Acho que todos os viciados em leitura e literatura sonham ou sonharam em publicar um livro.Ver exemplos de pessoas que,com força e talento, conseguiram concretizar seus ideais e estar no seu dia de lançamento,é realmente maravilhoso.

Parabéns para ela!

Nana B. Poetisa disse...

Nanda & Daiane.

Obrigado pelo carinho de ambas.

Espero que vcs possam conhecer mais sobre meu trabalho, com esse carinho que a Domi teve, de fazer tanto a entrevista, quanto a matéria, sobre minha carreira.

Deixo a vcs o convite para conhecerem meu site e meu blog, que a Domi tão gentilmente, postou os links.

Beijinhos sombrios...
Nana.

Gustavo Drago disse...

Passei aqui só para dar os parabéns a Nana... ela realmente merece. E aproveito para ressaltar uma coisa muito importante... sem a força que ela me deu nos momentos mais difíceis da carreira eu teria desistido no meio do caminho e jamais teria conseguido publicar o "nosso" Relíquia. Foi muito difícil conseguir superar tantos obstáculos. Principalmente a descrença de todos ao meu redor. Se hoje eu cheguei até aqui, devo muito a ela. Nana, parceira, obrigado por tudo, e que vc curta bastante esse sucesso, mais que merecido. Beijos! A gente se vê em Machu Picchu... rsrsrs! Ano que vem, espero poder contar de novo com você e com seu talento em: Relíquia parte 2 - O Mistério da Estatueta Inca".

André M. T. disse...

Adorei a entrevista!

É ótimo ter a oportunidade de conhecer um pouquinho mais sobre a vida e sobre o que pensa a pessoa que realiza a arte que a gente gosta. Com perguntas bem colocadas como estas, melhor ainda.

Neste caso, tendo em vista estas respostas sinceras, simples e bem humoradas tuas, Nana, é perfeito.

É um privlégio poder ser, mais do que teu fã, teu amigo.
Parabéns. Te prepara pra mais umas entrevistas. =)

Keep on rockin'

nelson_magrini disse...

A Dominique está de parabéns pela postagem e pela entrevista. Muito legal este blog e o serviço que presta aos autores nacionais. E também não poderia deixar de deixar meus parabéns à Nana, por esta vitória, uma conquista mais que merecida e há muito aguardada. E que venha o próximo!

Um beijo!

Carlos Sant'Anna: O engenheiro das palavras... disse...

“Fragmentos”

Nana Barroso, uma obra que faz nascer uma esperança em cada um de nós leitores, demonstrando claramente em sua forma de transmitir suas emoções e anseios, uma maneira ímpar de visualizar seus pensamentos. Embora muitos discordem da minha maneira de conceituar a poesia e a literatura, ainda sim, acredito na imagem em movimento ligada diretamente a inércia clamante das palavras. A leitura enleva aos sonhos, os quais traduzem-se em movimentos, na realidade é um filme particular que desenvolve-se em nossas mentes. Sua poesia simples porém extremamente abrangente, deixa claro e evidente duas fases, uma mais singela, a segunda, mais abrangente, mas... Tão sutíl que, passa sem ser despercebida, intercalam-se harmoniosamente. Com isso, deixa transparente seu amadurecimento, incorpora definitivamente o ”Universo Fantástico” em seus textos. Quão sua sensibilidade à conduz a caminhos nunca antes percorridos aos olhos atentos e críticos dos leitores. Uma obra de tamanha sutileza há conduzí-la ao inadiável sucesso, prelúdio de muitos outros. Nana consegue interegir o amor com seus desalentos, sofrimentos, decepções, a um mundo fantástico que só a magia da luz consegue converter e curar, evidencia o propósito do viver, amar e ser feliz. A eternidade do sentimento desprovido de censuras ou limites. Por tudo,”Universo” retrata fielmente a grande poetisa e o ser mais íntimo do seu ser literário: “O eu lírico” Orgulho-me em dizer: Esta é Nana Barroso.

Carlos Sant Anna
Colunista:
Jornal Cidade On-Line

Nana B. Poetisa disse...

Gu...parceiro. André, RelÂmpago & San't.

Nossa, amigos...não tenho palavras para agradecer tamanho carinho, de vocês.

Obrigado a cada um, pôr de formas diferentes, mas mesmo assim tremendamente importantes, fazerem parte da minha jornada.

Espero que estejam sempre perto de mim, acompanhando minha trajetória e meu trabalho literário, que tanto amo.

Beijinhos sombrios a cada um de vcs, repletos do meu amor e carinho...

Nana.

Célia Costa (Celly) disse...

Que super legal, também adorei a entrevista ! emocionante ver escritores nacionais tendo sua oportunidade no meio literário, deixo meus votos de muito sucesso para a Nana.
Bjs !

Dominique disse...

Nana merecec toda essa demonstração de carinho e afeto. As poesias dela esbanjam sensualidade e criatividade. Obrigada a todos que comentaram e deixaram sua marquinha aqui, para homenagear nossa amiga.

Bjjs!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela