Todas as estrelas do céu

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010


Podem dois irmãos adotivos se apaixonarem um pelo outro?

Caroline e Leandro são dois adolescentes de uma bem resolvida família de classe média, ele adotado, ela filha biológica do casal Marco e Lúcia. Diante dos conflitos da adolescência, do colégio, do vestibular, ambos se vêem diante de mais um dilema: um amor impossível e todas as consequências da busca pela felicidade ao lado da pessoa amada. O desafio dos dois em entenderem o que passa consigo mesmo, em enfrentar os pais, a sociedade e sua própia consciência é exposta neste romance honesto, ágil e de final surpreendente.

"Todas as estrelas do céu". Uma obra polêmica e doce ao mesmo tempo, com um tema inusitado, falado de igual para igual com os jovens ou mesmo para quem já passou da adolescência.


Sabe aquele livro que te faz rir, chorar e odiar ao mesmo tempo? Foi assim minha leitura de "Todas as estrelas do céu". Um turbilhão de emoções. O livro possui uma trama maravilhosa e polêmica, que é a relação entre dois irmãos adotivos. Confesso, que se tal caso ocorresse na minha família, eu não saberia como reagir e por isso, antes de ler, tive que tirar as vestes da moralidade e do preconceito. Não há um instante em que você não fique dividida entre aceitar o amor do casal ou ficar do lado dos pais, que também sofrem o impacto de verem seus filhos apaixonados um pelo outro.

A história de Leandro e Carol, é um conto de fadas moderno. No auge da adolescência, das dúvidas e medos decorrentes da idade, uma única certeza paira obre os dois: amor que havia nascido puro e inocente. A trama é centralizada, a todo momento nos dois, descrevendo seus sentimentos, medos e angústias do futuro. Os capítulos fazem jus ao título do livro: cada um possui o nome de uma estrela. Achei sensacional. Além disso, os capítulos são curtos, o que não cansa muito o leitor. Outra coisa que me deixou sem ar, foi a poesia que dá nome ao livro, escrita por Carol para Leandro, "Todas as estrelas do céu". Tem tanto sentimento, tanto amor, que somente quem ama entende. A última carta, então... Aff! Admito: chorei!

Apesar de em 1999, ser ainda muito criança, eu adorei as menções a algumas bandas, como Guns N' Roses, Pink Floyd, Alanis Morissetti e Britney Spears. Carol e Leandro realmente possuem bom gosto para a música. Nem o É o tchan, famoso na época, o autor esqueceu de fazer uma breve citação. Acompanhar a leitura e ouvir a música citada, me deixou muito sensível, principalmente na música "No Pressure Over Capuccino". Quase chorei também com "November Rain". Esses pequenos detalhes não fazem sentido durante a leitura, se não forem ouvidos, sentidos. A emoção dos personagens passa a ser a sua emoção. Você é o Leandro. Você é a Carol. E quando você faz parte do cenário, da história, tudo muda.

E os cenários da história? Enderson Rafael escolheu lugares perfeitos para um romance. O romance começa em Teresopólis (Rio de Janeiro), passa por Búzios (ual!) e depois para Florianópolis. As descrições são maravilhosas e te fazem viajar. Se você, leitor, tiver oportunidade de pesquisar fotos desses lugares, não irá se arrepender.

Enfim, eu realmente gostei do livro, mas acho que o final aconteceu muito rápido. Não entendi as motivações do pai do casal, no final, pois em um capítulo anterior, ele parecia estar lúcido e compreensivo e de repente, mudou de atitude. Acho que essa parte deveria ter tido um pouco mais de atenção. Mas tirando esse pequeno fato, é uma linda história de amor com um final surpreendente. Parabéns, Enderson Rafael.

Destaco também algumas citações que achei incrível: 

"Temer o amor é temer a vida, e os que temem a vida já estão meio mortos." Bertrand Russel

"São demais os perigos desta vida para quem tem paixão." Vinícius de Moraes

Por último, em homenagem a Carol e Leandro, gostaria de emprestar uma música a eles: 6 months, da banda Hey Monday.


Para entrar em contato com o autor Enderson Rafael:

* E-mail: livrotodasasestrelas@gmail.com
* Twitter do autor: @endersonrafael
* Twitter do livro: @todasasestrelas

11 comentários:

La Sorcière disse...

Olá querida!
O tema é realmente polêmico, se bem que eles não são irmãos biológicos, não é?
Mas, ainda assim, é um tema poquíssimo explorado, o que deve ter tornado a leitura uma verdadeira aventura... sem conseguir imaginar o que te espera pela frente!!!
Bjs

Lariane disse...

obaaaa, o meu está vindoooo XD

estou muito ansiosa para ler esse livro.

Bjs

Nanda disse...

So vejo resenhas falando tão bem deste livro que estou muito curiosa, ainda mais pela polêmica do assunto.

Lindas citações :)

bjoo

Bruna Britti disse...

Ahhh, to louca pra ler esse livro! Parece ser excelente, e o tema é super novo pra mim! Adorei seu blog e vou seguir, viw? Beijos!

Ser em construção disse...

Olá Minha querida!
Acho que nunca havia feito uma resenha antes, fico feliz por ter dispertado em você essa vontade de Ler Dickens.
Acho que dessa maneira a resenha cumpriu seu papel fundamental.
Agora que não vou parar mais de escrever... rsrs
E por falar nisso...
Seu blog está relamente supreendente e você que não para de ler nunca ... Meu Deus!! quero a receita de como multiplicar as horas.. Passe-a para mim kkkk
Super beijo.

Ah! Passe na minha Estante de Troca lá no Skoob e depois me fala do que gostou ok?

Daiane Santo disse...

O livro me dispertou interesse,apesar do tema ser tão trabalhado em romances.O que realmente importa,nesse caso comum,é o autor trabalhar mais o contexto,enriquezar a história e tornar humana,próxima e complexa a narrativa para o leitor.Pelo sua ótima explanação,acho que ele alcançou isso.

Carol disse...

Florzinha, tem um selinho esperando por você lá no meu blog!
Beijos!

http://apenas-uma-menina.blogspot.com

Célia Costa (Celly) disse...

Adorei a resenha e fiquei curiosa para ler o livro, realmente é um assunto polêmico mas ao que parece, foi bem trabalhado pelo autor.
Bjs !

Iris disse...

O visual tá lindo demais *-*
Eu quero muito ler esse livro.
:* Dominique

Mariane disse...

Olá Dominique...

Nossa onde vc e a Nanda estavam que todo esse tempo não tinha achado vcs aqui na blosfera, uahuahuahua! Estou te seguindo também, obrigada por ser a 200º seguidora, vivaaaaa! Hehehe..

Menina, amei o blog, tudo que gosto, livro, filme e música... temos também outra semelhança, também sou estudante de pedagogia, só que já formei, hehehe!!!

Um grande abraço...Bjos!

Kézia Lôbo disse...

Quero tanto ler esse livro, nossa cada dia eu fico mais curiosa e com mais vontade!!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela