No mundo dos cavaleiros e dragões

quinta-feira, 3 de junho de 2010

 
Navegando pela internet e visitando os blogueiros, deparei-me certo dia com "No mundo dos cavaleiros e dragões". A primeira coisa que chamou-me atenção foi a capa que era inédita, amante de dragões e suas proezas, logo apaixonei-me. Conversando com Elenir, uma organizadora do e-zine TerrorZine, contei-lhe sobre meu desejo de ler a obra e conhecer mais do que se tratava, logo uma surpresa bateria minha porta, ela enviou-me um exemplar para eu ler. Adorei!!! Então, aproveitem e confiram a resenha que preparei.

Um livro de contos organizado por Ademir Pascale e que reúne diversos autores nacionais, alguns conhecidos por suas obras e outros iniciando sua célebre carreira literária. Aventura, ação e emoção em 24 contos muito bem selecionados.

Você consegue imaginar o mundo mágico sem a figura imponente e poderosa que é um dragão? Eu não! "No mundo dos cavaleiros e dragões" os "contistas" trazem o velho e o novo paradigma da figura esbelta e selvagem que é um dragão. Velho porque nas histórias antigas, ele sempre é narrado fazendo parte da orda do mal, enquanto, que no modelo novo, o dragão é caracterizado como selvagem sim, mas também amável, brincalhão e até simpático.

Alternando os contos entre épicos e contemporâneos, os autores esbajaram em criatividade e linguagem poética, muitos utilizando-se de palavras rebuscadas para compor o texto, acrescentando um ar povoado de mistério e magia. Princesas, bruxas, feiticeiros, cavaleiros e dragões, muita magia! A cada conto você se surpreende com a capacidade dos autores em criar uma história mais deliciosa que outra e que quando acaba fica com gostinho de quero mais.

É impossível eu falar de cada conto que li, porém posso citar os que mais fizeram eu desejar que houvesse mais páginas ou uma continuação. Alguns contos, inclusive, me fizeram ficar sem fôlego, ora de raiva, ora de adrenalina. Um dos ítens que me aborreceu muito, foi que por eu gostar muito de dragões, não estava preparada para ler sobre tantas batalhas sangrentas onde quem saía perdendo ocasionalmente era o pobre animal. Houve um conto que me horrorizou totalmente, onde um cavaleiro, corta as asas do dragão e cega seus olhos. Vocês não imaginam minha indignação... Eu acostumada com a Saphira, de "Eragon", que é um amor ou com a sorridente? Baguela de "Como treinar seu dragão", assistir tanta matança doeu-me o coração.

As características dos dragões alternam-se conforme os contos, em alguns são malvados e destruidores, outros são heróis e amigos dos humanos. Os cavaleiros por si também não são diferentes, alguns em busca de poder e glória, outros apenas desejando proteger suas famílias e cidade.

Não vou dizer para vocês que gostei de todos os contos, porque eu não gostei. A qualidade da escrita é inerente a todos, mas o enredo de algumas histórias simplesmente não me conquistou. Somente citei 5, mas gostei de muitos outros contos onde o amor, o ódio, a vingança e até mesmo a rendeção entrelançam-se de tal forma que em alguns momentos tornam-se apenas uma.

Meus contos preferidos foram:

* Os dragões das Terras de Lhu, de Duda Falcão - Muito inteligente!

* Metal sobre as nuvens, Rober Pinheiro - Que conto foi esse? Fez-me prender a respiração!

* Fing e o Dragão de Amberdor, Hugo Venancio - Maravilhoso!

* Sob a armadura, Alícia Azevedo - Amei o final!

* Cavaleiros da Luz, Luiz Ehlers - Sensacional!

Enfim, é um livro que indico com certeza. Mais uma vez a literatura nacional me surpreende e isso é muito bom. Sinto em saber que é um livro de contos, muitos com apenas 3 ou 4 páginas, quer dizer, quando você já estava no ritmo e com a adrenalina correndo solta nas veias, acabava. Mas tudo bem! Minha próxima parada é procurar saber se os autores dos contos que amei tem livros publicados. ;-)

Minha classificação para esse livro é de ♥ 5/7- Muito Bom.

Quer conhecer mais o trabalho da Elenir e do Ademir Pascale, acesse os blogs:



Ademir Pascale é autor e organizador de diversos livros de literatura fantástica, entre eles destaca-se "O desejo de Lilith", publicado pela editora Draco. Lançará em breve o livro "Zumbis - Quem disse que eles estão mortos", onde Elenir participará também com um dos seus contos. Elenir é organizadora e co-autora e-zine TerrorZine, trabalha como assessora de impressa do Portal Cranik. Vale a pena conferir o trabalho deles!

Fica o convite do lançamento do livro "Zumbis - Quem disse que eles estão mortos" para os paulista . Eu, infelizmente, não poderei ir, mas tenho certeza que haverá outros eventos aqui no Rio de Janeiro, por favor, onde poderei participar.

17 comentários:

Leninha - sempre romantica disse...

Que lega, adoro Dragões tbm!
Adorei a capa, e saber que são contos de autores brasileiros me empolga ainda mais!
Amei!
beijo, Nique!

Daniela Tiemi disse...

Gostei. Fiquei bem interessada, vou colocar na lista! rs.
Bjos;

αηδψϊηћα ஐβϊττψஐ disse...

Nick;

Amei essa resenha e já vou correr atrás... adoro contos!!!

Luka disse...

Amo histórias de Dragões !
Já faz tempo que estou de olho nesse livro.
Beijos
Luka.

Dominique disse...

Pois é, meninas, esse livro é super legal mesmo. Foi uma surpresa maravilhosa! Leiam!

Bjjs e obrigada pelas visitas.

Vinicius Carlos Vieira disse...

deixar um agradacimento aqui como sendo um dos autores (e até em nome dos que não viram sua resenha)....

Duda Falcão disse...

Olá, Dominique! Legal saber que você gostou do meu conto. E, não é por esse fato, acredite, que achei seu texto crítico bem interessante. Você apresentou obra colocando os pontos positivos e negativos do livro. Parabéns!Continue resenhando e fazendo criticas elas ajudam os autores.
Quando puder visite o Museu do Terror e também o site com o pdf de Hylana nas Terras de Lhu.
Um grande abraço.

Ademir Pascale disse...

Olá, Dominique! Legal, como o Duda Falcão disse, você apontou os pontos negativos e positivos da obra, fez do seu texto uma verdadeira resenha crítica.
Um forte abraço,

Luiz Ehlers disse...

Obrigado pelo elogio ao meu conto, Cavaleiros da Luz, eu realmente gosto muito dele e fico contente que outros tenham gostado.

Não deixe de conferir a reportagem na FANTÁSTICA sobre o lançamento do Cavaleiros e Dragões em SP. Em www.revistafantastica.com

Rober Pinheiro disse...

Olá, Dominique.

Que maravilha saber que cada vez mais leitores estão conhecendo e prestigiando a literatura de fantasia nacional.

É de atitudes bacanas como a sua que precisamos para fazer com que esta literatura tão rica ganhe mais e mais força. Parabéns pela resenha e pela vontade em conhecer os autores nacionais.

Grande abraço

Coelha disse...

Quem diria que um dia eu viveria para ver vc ler LitFan! Que emoção!

Daiane Santo disse...

Achei bem legal a história, Dominique. Parece ter esse aspecto de conto de fadas e seres inexistentes que torna qualquer narrativa agradável e divertida.
Beijão!

La Sorcière disse...

Adoro histórias fantásticas também Dominique ;)
Sou fã de dragões e seres mitológicos! Super diferente o livro que vc leu :)
Fiquei curiosa!
Ponto para vc por sua resenha sincera:)
Bjks
Alê

Lu disse...

Adoro histórias fantásticas também, esses livro deve ser muito bom.
Fiquei bem curiosa.
Ai, sempre gostei de dragões e sendo bonzinhos me conquistam mais ainda.
Adorei a resenha Nick.
beijos. ^^

Nanda disse...

Ei Dominique,

Sua resenha ficou excelente :)

Eu tbm adoro o tema dragões e fantasia em geral, mas não sou muito chegada em livros de contos. Especialmente por isso, quando vc se empolga ja está acabando.

Mas fiquei muito curiosa com algumas das suas descrições :)

bjo

Cláudia Charão disse...

Oi Dominique!

Não conhecia esse, mas pela resenha parece muito bom, li alguns de contos (brasileiro) ultimamente e me surpreenderam. Um mundo de cavaleiros e dragões muito me agradaria, o de Zumbis também, eu adoro zumbis hehe

Bjuss ótima resenha

Violette B. disse...

Wow legal ficar sabendo mais.. Tinha visto sobre esse livro e morri de vontade de ler *-* (adoro dragões.. adoro cavaleiros hehe)

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela