Sou louca por você

segunda-feira, 26 de julho de 2010


Quem diz que com a idade as pessoas amadurecem, se engana e Mônica é a prova real disso. Com quase 31 anos, ela sente-se como se fosse ainda uma adolescente que tem que provar para alguém seu valor. Após mal-sucedidos relacionamentos na Itália e de passar o pão que o diabo amassou, Mônica resolve ir morar na tão sonhada cidade de Nova York e lá construir seu império. Seu maior sonho é se tornar uma escritora como seu amado J.D. Salinger (autor de "O Apanhador no Campo de Centeio"), porém passado algum tempo na cidade, o máximo que conseguiu arrumar foi um emprego na loja de duas irritantes velhinhas solteironas e quando digo irritante é porque são mesmo, donas de uma loja de tecidos. Mônica aproveita as horas vagas curtindo a companhia dos colegas de apartamento, uma negra meio hippie e mística, e um gay muito bem humorado. Apesar dos esforços dos seus amigos, Mônica não consegue de jeito nenhum arrumar a sua cara metade e quando aparece alguém interessado nela, aff, saí debaixo que vem bomba, problema, sujeira e muita confusão. Para piorar sua vida, o homem dos sonhos vai se casar com a noiva, sim, sim, ela era amante dele, mas nutria o tão sonhado desejo de vê-lo separado. Com uma vida cheio de altos e baixos, nossa heroina tenta dar a volta por cima e quem sabe nesse meio tempo achar o grande amor da sua vida.

Sou louca por você parece ter sido escrito para brilhar em um filme e não em um livro, pois apesar do livro ser medianamente bom, achei-o um pouco empobrecido comparado aos livros das divas do Chick Lit, Sophie Kinsella e Marian Keyes. Mônica é uma heroína engraçada, mas muito imatura e infantil. Ela espera as coisas sentada dentro de casa e não vai a luta para conseguir o que quer. Sua vida somente dá um UP!, quando aparece Ed, um homem maduro e inteligente, que tenta ajudá-la a alcançar seu sonho de ser escritora. Seus amigos de apartamento, rsrsrs,  Mark e Sandra fazem um papel mediano também na trama de bons amigos da protagonista. Agora para tudo! A melhor parte por incrível que pareça é quando Mônica vai trabalhar e encontra as adoráveis velhinhas solteironas e amargas, que possuem o prazer insano de implicar com ela todos os dias. 

Enfim, eu li Sou louca por você em um dia e dei algumas risadas, mas nada que tenha me feito dobrar de rir. Para quem quer uma leitura light e rápida, esse livro é uma boa opção. Ahhh, os direitos do livro já foram comprados e em breve estará nas telonas. Vamos torcer para que o filme seja melhor que o livro. Aliás, eu devo elogiar a Bertrand pela capa que é uma fofura e muito bonita, nem preciso dizer que me apaixonei mais por ela do que pelo conteúdo, né?

Minha classificação para esse livro é de ♥ 4/7- Bom.

14 comentários:

Cacá Sampaio disse...

Fiquei curiosa qdo soube desse livro por ser escrito por uma italiana (acho q nunca li nada escrito por italianos).
Mas enfim, parece q é um bom livro pra passar o tempo, né? rss
Bjos

Dri disse...

Olá!

A resenha ficou ótima!
Sendo assim... vou esperar sair o filme. Com tanto livro para ler, é bom ser seletiva...rs

Um beijo!

La Sorcière disse...

Oiêeee!!!
Ahhh Nique... não consigo ler chick lit, acredita??? Acho sempre mediano, como vc diz.
Gostei da sinceridade da sua resenha :)
Bjks
Alê

Luka disse...

Eu gostei muito do livro e achei os amigos da Mônica completamente hilários.
Adorei sua resenha.
Bjs
Luka.

Daniela Tiemi disse...

Eu comecei, mas logo nas primeiras não gostei mto.. Como eu já disse, a narrativa é muito superficial. Mas qquer dia eu leio... E vou esperar pelo filme!

αηδψϊηћα ஐβϊττψஐ disse...

Eu quero ler... Parece ser bom p/ passar o tempo...rs

Me empresta dps...rs
Bjos =)

Nathália Neves disse...

A capa é linda mesmo e eu estava super curiosa pra ler, mas depois da sua resenha vou colocá-lo mais pro fim de fila! rs
Beijinhos

Mariana Paixão disse...

Também gostei mais da capa do que do conteúdo, hahahaha! Não é que seja ruim, mas também não é ótimo, né? Vale a pena por ser uma leitura light! :)

Diana disse...

Estou louca pra ler este livro! Já está na pilha de leitura, agora falta tempo pra pegar.

Bela resenha!

Bjs.

Hérida Ruyz disse...

Oi Nique!
Não consigo me interessar por chick-lit. Não sei o que é, mas não tenho a menor vontade de ler.
Quem sabe um dia eu não me arrisco. kk
BJs

Italo _correa disse...

Chick Lit?! rsrsrs
Não é o meu tipo de livro,mas como uma vez falei,se der pra ler eu leio!! iahsaihsai
E aff quem não tem um mala na vida como essas velinhas? ahsaishia,mas sempre vai existir um que supera esses queridos malas da nossa vida. rsrs
Bjus Nique!!
Até outro post ou por aí no twitter. =D

Nanda disse...

Ei Nique,

Eu já tinha visto outros comentários falando que era legal mas q era mediano, eu pulo por enquanto rs

Concordo com vc, a capa é linda demais.

bj

Fernanda disse...

Eu já li várias resenhas sobre esse livro, mas nenhuma delas me animou realmente... sei lá, acho que eu não ia gostar, muito, rs.. apesar de ser italiano, e eu amaaar a Itália! :)

Cibele Ramos disse...

Quero ler esse livro. Só tinha visto comentários positivos, mas como temos opiniões parecidas, vou deixar esse pra depois.

Beijos

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela