Filme: "Moça com brinco de pérola"

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010



Baseado no romance de Tracy Chevalier, dirigido por Peter Webber, o filme homônimo "A moça do brinco de pérola" conta uma história ficcional do famoso pintor holândes Johannes Vermeer e sua inspiração para a considerada "Mona Lisa holandesa" de suas pinturas.
Sendo Tracy Chevalier uma grande admiradora do artista recriou em seu livro o que poderia ser uma história bem provável de ter ocorrido. Contudo, pouco se sabe sobre a verdadeira história do pintor.


O filme conta a história de uma jovem camponesa chamada Griet (Scarlett Johansson), de apenas 17 anos, que estando em uma difícil situação financeira, vê-se obrigada a trabalhar, arranjando emprego na casa de Johannes Vermeer (Colin Firth) e encarregada especialmente à cuidar da limpeza do ateliê do artista.

Casado, prestes a ter mais um filho e com uma sogra que administra a casa com mãos firmes, Vermeer necessita da venda dos quadros para sobreviver, apesar da família falida tentar manter o máximo possível seu status social. Porém com sua demora para finalizar uma obra de arte e mais a espera pelas inspirações para iniciá-las, fazem com que sua esposa tenha que vender algumas de suas jóias e outros bens.
Entretanto a chegada de Griet muda esta situação. Além de inspirá-lo, Griet demonstra certa percepção nata para arte, o que logo se percebe na cena em que a menina pergunta à patroa se deve ou não limpar os vidros da janela do ateliê por saber que isto pode afetar a luminosidade do ambiente.

Reconhecendo o interesse da jovem por seu trabalho, ele aos poucos lhe introduz a este universo ensinando, não a pintar, mas a entender o processo, especialmente lidando com a produção das cores. A moça logo se torna ajudante dele, o mais discretamente possível para que a Sra. Catharina Vermeer não perceba e contando, também de forma discreta, com a ajuda da sogra do pintor que percebe a influência de Griet sobre o artista e vê o lucro financeiro disto.
Há ainda personagens como o filho do açougueiro apaixonado pela jovem, e asqueroso Van Ruije - um dos maiores compradores das obras de Vermeer e que também deseja Griet.


A tensão entre Griet e Vermeer é intensa. Uma paixão platônica, e se você espera por um filme com o final bem ao estilo Hollywood, lamento dizer que irá se decepcionar. Porém termina de forma coerente e de seu próprio modo, romântico.

É excelente a representação da realidade do séc. XVII, com seu vestuários e seus cenários, com fotografias que realmente relembram as pinturas de Vermeer.
Contudo, para mim, o que mais chamou a atenção no filme foi a atuação de Colin e Scarlett que estavam esplêndidos! A semelhança da atriz com a moça da obra é notável e mais notável ainda é sua beleza, assim como Colin é extremamente charmoso.
Para quem gosta de romances históricos e principalmente para os amantes das artes, um filme imperdível!


Minha classificação para este filme é de ♥ 5/7- Muito Bom


Sobre Johannes Vermeer:
Johannes Vermeer nasceu em Deft, na Holanda, em 31 de Outubro de 1632, e lá viveu por toda a sua vida até falecer em 15 de Dezembro de 1675. É considerado o segundo mais famoso e importante pintor holandês, depois de Rembrandt.
Pouco se sabe da vida do artista. Em 1653 casou com Catharina Bolenes e teve 15 filhos. Vivia com magros rendimentos como comerciante de arte e morreu pobre.
(Fonte: Wikipédia)

Sobre Tracy Chevalier:
Nasceu em 1962 em Washington, mas mudou-se para Londres em 1984. Foi editora de livros de referência, mas trocou o emprego pelo mestrado em Escrita Criativa, em Norwich, Inglaterra. Foi nesse ano que começou a escrever o seu primeiro romance, The Virgin Blue (A virgem de azul). Livros publicados no Brasil:

- A moça com brinco de pérola;
- O azul da virgem;
- Anjos caídos;
- Viva chama;
- A dama e o unicórnio.
CONHEÇA MAIS SOBRE A ESCRITORA AQUI!

TRAILER DO FILME


10 comentários:

Fernanda disse...

Eu gosto desse filme! Realmente, não é um romantiquinho de Hollywood, mas é muito bonito. E o livro também é ótimo!

Bjs

@whosthanny disse...

Já marquei "quero ver" no filmow. Adoro filmes assim,e o poster desse filme é lindo!

Beijos,
Thanny in Wonderland
http://whosthanny.blogspot.com/

Karlinha disse...

Flor, já vi esse filme adorooooooooooooooooo
amei o post. Realmente o Colin é tudo de bom

Lari disse...

Esse filme é mesmo muito lindo!
Como você disse, as atuações da Scarlett e do Colin foram maravilhosas!
Adorei o blog!
Beijão

Italo _correa disse...

Ainda num tinha ouvido falar desse filme. A Scarlett é muito parecida com a garota da image mesmo. Lá na 1° foto de cima nem reconheci ela.
o/

Nanda disse...

Ei meninas,

Nunca vi o filme, queria ler o livro mas ainda não tive tempo rs

Gostei muito do trailer, quero assistir.

bjos

Dri disse...

Oi, Dani!

Você por aqui!! rsrs

Eu adorei o livro e o filme!!
O filme é bem fiel ao livro, Scarlet foi uma ótima escolha.

Beijos,
Dri Ornellas

Andressa Leite disse...

Que filme lindo, faz tempo que eu não assisto filmes assim, ultimamente só terror e ação. A Scarlet é muito linda assim como o maridão dela né, o Ryan,mas enfim ótima dica de filme e com certeza eu vou assistir, já que eu estou de férias tenho mais tempo,bjs.

Francyelly Moura disse...

Eu nunca tinha ouvido falar nesse filme... Mas, parece ser belíssimo e eu vou procurar para ver!
Sim, sim, ela se parece mesmo com a moça do quadro^^
Ele teve 15 filhos? *o* Misericórdia! kkkkkkkkk
Gostei do trailer, acho que vou gostar do filme!

Beijos

http://promocoesnaprateleira.blogspot.com/

Meyre disse...

Comprei o livro mas para variar ainda não deu tempo de ler...Já o filme ouvi falar muito bem dele, apesar que opiniao de prof de Historia da Arte nao vale né?rsrs

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela