Situação de caos e medo

quinta-feira, 25 de novembro de 2010


O Rio de Janeiro já viveu grandes momentos de tensão. Catástrofes naturais já nos aterrorizaram e ao mesmo tempo uniram. Mas o pior medo dos cariocas, mora todos os dias do lado de fora, a violência. 

Essa semana tem sido preenchida de medo e terror. Bandidos de todos as comunidades carentes do Rio de Janeiro estão aterrorizando a cidade. Ônibus e vans queimados. Pessoas inocentes mortas, policiais perecendo também em combate. Cabines de polícias sendo alvo de tiros. Não há um lugar seguro. 

Eu moro próximo a algumas comunidades e quando vou trabalhar passo por centenas delas. O terror na minha vida começou na manhã de terça-feira, quando eu estava indo trabalhar. Dentro da van, percebemos que todos os carros, ônibus, taxis e até caminhões estavam dando a ré nos automóveis, pois alguma coisa estava acontecendo a frente. O motorista da van questionou um taxista sobre o que estava acontecendo e ele responde: assalto. O inimaginável acontece. O motorista da van faz pouco caso e prossegue. Onde nenhum carro estava passando, ele foi. E os passageiros? Assustados, com medo, pedindo pelo amor de Deus, que ele não fizesse aquilo. Graças a Deus, nada aconteceu. Deduzimos que os assaltantes tenham sequestrado, o motorista do carro abordado.

Próximo a escola que trabalho, uma cabine blindada da polícia foi alvo de tiros. O que antes parecia 'seguro', agora mostra os sinais dos disparos. Vidros estilhaçados, cheios de buracos. 

Ontem, os alunos foram liberados mais cedo. A maioria mora em comunidades próximas, onde a polícia está fazendo operações e confrontando os bandidos. A rua da escola estava com policiamento, mas através de algumas fontes (pais de alunos) ficamos sabendo de ônibus queimados próximos a elas.

Hoje, na minha rua teve tiroteio desde a madrugada. Um homem está morto. Não sabemos nada além disso. Ninguém tem coragem de sair de casa. Já liguei para meu emprego e informei a situação. Se eles vão acreditar ou não, eu não sei. Eles tem o hábito de duvidar dos funcionários lá. Mas o noticiário não engana. Os bairros próximos ao meu trabalho estão sitiados. Não é seguro sair a rua. O medo, o caos estão lá fora. O que fazer?

Peço para que todos orem por nós. Não quero o mal de ninguém, sejam culpadas ou não. Somente quero o direito de andar por meu bairro e ir trabalhar tranquilamente. Somente isso.

12 comentários:

Larissa Medeiros disse...

Nossa, fiquei muito emocionada com isso que vc escreveu! É horrível e inacraditável que a violência chegou neste ponto!

Pode ter certeza que estou rezando por todos e pela paz!

Izabella disse...

Nem me fale disso! Moro no Rio também e estou apavorada com isso tudo! Parece que estou dentro de um filme! Moro em Niterói e a situação está chegando aqui! =/

Estou rezando por todos! Porque nesse momento é a única coisa que podemos fazer!

Beijos!

Daiane Santo disse...

Toda violência que assola todo o Brasil tornou-se um quadro desolador e incontrolável, mas, principalmente no Rio, acompanho sempre notícias apavorantes. Como você mesmo relatou, o fato de não poder ter uma vida comum e não sequer poder ir trabalhar, tira de um indíviduo seu direito mais precioso: liberdade. O governo e toda a sociedade deve compreender o que a falta de estrutura social, familiar e econômica faz com todos os excluídos sociais e, assim, quem sabe, não será esse o primeiro passo para o combate a violência.

Desejo muita força e paz!!!

Daniela Tiemi disse...

Ai, Nique, hoje de manhã estava todo mundo no trabalho comentando sobre esta situação, mas como não assisto mto TV, não estava sabendo... Estou neste momento assistindo aos noticiários. Vou orar por vc e sua família, Nique! Assim como vou orar por tantos q não merecem passar por esta situação. Não é só no Rio, mas em todo lugar q a violência tem tomado conta. É desolador. É terrível demais! Há uns dois ou três anos atrás o PCC tomou conta de todo o estado SP (Lembra?), e não só na capital, com tb nas cidades do interior como aqui em SJC, ocorreu o msm. É uma guerra, e nós estamos em meio a tudo isto, aterrorizados.
E, que Deus nos proteja.
Bjo.

Juh Oliveto disse...

Querida, você fez muito bem ficando em casa. Se proteja, relaxe... Agora é esperar tudo acabar. E torcer pra ser logo. E com menos danos possíveis.

Estamos todos assustados, mas não podemos virar refém do medo...

Se cuida! :)

Beijocas!
Juh Oliveto
Livros & Bolinhos ~

Nica Morgan disse...

Gente, que situação!
Estou orando por todos vocês! Para todas as pessoas, amigos e família que moram no Rio e redondezas!

Vi fotos na internet que me chocaram!

Acho melhor ficar em casa mesmo!
Estou abismada, que loucura!

Amica Philosophiae disse...

É triste!
Minha sobrinha que mora próximo a zona de confronto não pode voltar pra casa ontem e acabou vindo para Niteroi, onde eu moro.
A empresa em que ela trabalha liberou todos os funcionários pois já não haviam transportes nas ruas. Ela nos contou que a empresa foi evacuada em 10 minutos!
é assustador!!
Mas ao menos sinto um ouquinho de orgulho do BOPE. Eles estão dando conta do recado, coisa que não imaginava acontecer! Parece que agfora está sendo diferente. Vamos rezar!!! e muito!!

Vicky,Bella♥, Luly e JoJo disse...

Oi.
Estou aqui p/ te convidar a seguir/comentar/ver meu blog.
Lá fala sobre livros,moda,esmaltes...
Não vai se arrepender ;)
Bjus.
www.vida-de-garota-brasil.blogspot.com

Yasmin disse...

Só resta a gente esperar e torcer muuito pra que a cidade maravilhosa volte ao normal e a gente possa curtir esse paraíso!
Beijos!
Yasmin,
equipe do (F)utilidades Por Aí

iluj disse...

é muito triste essa situação, a saciedade ficar refem da violencia.. to torcendo e muito para q td termine bem q vcs ai no rio possam voltar a ter uma vida d tranquilidade e segurança.. apesar de morar em salvador tenho muitos amigos ai e acompanho a situação, aqui tb ñ temos tanta tranquilidade assim tem lugares q são bastantes perigosos, infelismente essa é a nossa realidade, mas c fé espero q as coisas possam melhorar

Nanda disse...

Ei Nique,

Com a viagem nem consegui acompanhar tudo, só escutei alguns comentários.

Nossa, fiquei sem reação lendo seu post, que coisa mais triste. Espero que tudo se resolva logo por ai, até quando vão aceitar este caos é difícil até de acreditar.

bjooo

Italo _correa disse...

Oi Nique,tenho acompanhado de vez em quando as notícias. Ainda bem que amenizou um pouco mais as coisas. Realmente é uma péssima situação.
Torço aqui para que vc e sua família estejam bem.Não só sua família mas todas as famílias que moram aí no RJ.
Fica com Deus.
Bjos

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela