Leitora Assumida: "O segredo dos seus olhos" de Eduardo Sacheri

terça-feira, 14 de junho de 2011


Enquanto a mamãe Dominique fica cuidando da nossa skoobebê Luíza, eu, Janda, iniciarei a coluna Leitora AsSumida - um espaço para resenhar apenas livros da editora Suma de Letras e outros parceiros do grupo Santillana. Então, queridos leitores, eu estarei aqui para lhes mostrar os títulos dessa editora que está entrando com tudo no mercado jovem adulto - e, garanto, tem muita coisa bacana para vocês descobrirem e acrescentarem às suas prateleiras! Sejam bem vindos!

“O Segredo dos Seus Olhos” é o filme argentino que ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2010. Sim, é isso também, mas poucos sabem que a história antes era um livro, publicado em 2005 na Argentina e recentemente lançado aqui no Brasil pela editora Suma de Letras.

Podemos dizer que se trata do homicídio de Liliana Colotto em seu próprio apartamento e como este trágico fato afeta a vida de seu esposo Ricardo Morales. Também é a história da investigação deste assassinato e como o seu desenrolar acaba unindo de maneira inesperada os inspetores envolvidos. Ou pode ser também a história do inspetor Benjamín Chaparro de trás para frente, a partir do momento de sua aposentadoria – e quando então decide envergar pela carreira de escritor – até a conclusão do inquérito sobre o qual ele escreve, que nada mais é do que o assassinato de Liliana. Por último – mas não menos importante -, pode ser ainda a (não) história de amor entre Chaparro e sua estagiária (que depois vira sua chefe) Irene.

Mais importante do que qual é a história que leva o livro é a forma como o autor Eduardo Sacheri leva a história. Por exemplo, no primeiro capítulo temos o famoso autor onisciente, que conta os acontecimentos sobre o ponto de vista de quem assiste o desenrolar dos fatos, mas, em seguida, no capítulo dois, temos a narração em primeira pessoa, pelo ponto de vista do novo-escritor Benjamín Chaparro, que começa a escrever sobre o caso mais marcante de sua vida. O autor vai, então, intercalando as narrativas ao longo das duzentas páginas do livro, sem que isso se torne chato para o leitor; ao contrário, nós nos sentimos como verdadeiros detetives, analisando os acontecimentos sob todos os pontos de vista possíveis.

Eu, Janda, me sinto suspeita em analisar livros argentinos porque sou muito fã de (quase) tudo que é produzido em terras portenhas, pelo simples fato de ser carregado de sentimentos, quase sempre de um pessimismo agudo, que é para mim a forma como o vento sopra ao sul do Equador. E em “O Segredo dos Seus Olhos” essa essência está ali, sob os olhos de Chaparro, que o tempo todo se boicota, tanto na nova carreira de escritor como na posição de inspetor subordinado a um sistema legal falso e hipócrita.

Não bastasse ter uma boa história e desta ser bem contada, ainda atravessamos uma Buenos Aires que vai dos anos 60 aos 90, justamente uma época politicamente conturbada, com a morte de Perón e a ascensão da ditadura militar, o que permite ao leitor enxergar as sutilezas de como as coisas eram resolvidas sob este comando – tal como acontecia aqui no Brasil. O descaso e a corrupção da polícia é um fator universal.

Enquanto o filme foca um pouco mais no não-romance de Chaparro e Irene (que foi excelentemente interpretado por Ricardo Darín e Soledad Villamil), o livro aborda mais a angústia de Benjamín ao longo de sua carreira. Mas O Segredo dos Seus Olhos é um dos raríssimos casos em que tanto o filme quanto o livro são obras primas, com merecido Oscar.

Parabéns a Campanella e Sacheri pela perfeição que alcançaram com seus trabalhos!


Por Janda Montenegro.

8 comentários:

Ana C. Nonato disse...

Olá!

Nossa, que história legal. Se o preço for bom... Acho que vale a pena!
Parabéeens, mamãe Dominique! E seja bem-vinda, Janda! :D

Abraços!

Evelyn Chen disse...

Não lembro de ter lido nenhum livro produzido nas terras portenhas.
Parace ser um bom livro, eu gosto de ler livros que viraram filmes.

Rodolfo Euflauzino disse...

Querida Janda, que maravilhosa resenha. Costumo ler escritores argentinos tradicionais como Ricardo Piglia, Borges. Mas confesso que já fiquei maluco pra ler este livro e você deu um empurrãozinho. Vlw.

Adriana disse...

Eu me emocionei lendo a resenha, imagino como será quando ler o livro! Amo livros carregados de emoções, com certeza esse é maravilhoso!

Nica Morgan disse...

Opa, uma coluna bem legal essa hein! Parabéns pela iniciativa :) Quero conhecer mais sobre esses livros da Suma. Hoje mesmo estava na livraria Saraiva e vi uns livros totalmente desconhecidos (por mim é claro) da suma! Espero descobrir mais sobre eles.
Agora sobre esse "O Segredos dos seus Olhos" eu nunca tinha ouvido falar (nem do filme). Achei um pouco confusa a história, talvez tenha um pouco de suspense (se eu entendi errado me desculpe).
Bom... beijos :*

c8ris disse...

ñ fui muito com a cara desse livro e achei a historia meio sem graça

Flora Araújo disse...

ótima resenha, achei linda a história desse livro!
Vou procurar na livraria Cultura, e comprar com os bônus que ganho por acessar a internet com o discador da Inteligweb, é um discador q paga por usar.. nessa livraria posso comprar praticamente de graça!
deixo a dica pessoal, é só se cadastrar, baixar e começar a ganhar!
http://bit.ly/jV1dY4

Khemerson Macedo disse...

Parabéns pelo texto. Um belo trabalho, realmente. Também escrevi uma resenha, respectivamente sobre o filme. Para quem se interessar, acesse: http://bauderesenhas.wordpress.com/2012/02/15/o-segredo-dos-seus-olhos/

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela