[Série de TV] Guerra dos Tronos

sexta-feira, 24 de junho de 2011


Olá, pessoal! Hoje quero apresentar para vocês uma série que se vocês ainda não assistiram, devem ter ao menos ouvido falar por aí, já que tem feito muito sucesso, que é a super produção da HBO, "Guerra dos Tronos".
No domingo (dia 19/06) foi ao ar nos EUA o último episódio da primeira temporada da série que estará de volta em sua segunda temporada somente o ano que vem! Estive acompanhando todos os episódios e saber que terei que esperar tanto tempo por mais, me deixou bem chateada! Claro que a HBO faz valer a espera, pois suas produções são esplêndidas! E, obviamente têm os livros - dos quais a série foi baseada - que  eu já comprei para preencher o vazio da espera!
Então, resolvi fazer esta postagem especial sobre a série que tem me tirado o fôlego e me entretido nos últimos meses!

A história

A série se passa em uma terra fictícia chamada Westeros, em um cenário que alude à Europa Medieval, onde as estações duram por anos ou até mesmo décadas. A história gira em torno de uma batalha entre os Sete Reinos, onde duas famílias dominantes estão lutando pelo controle do Trono de Ferro, cuja posse assegura a sobrevivência durante o inverno que está por vir.

Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha - uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal - a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia. Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo.


A fronteira do norte dos Sete Reinos é fortificada pela Muralha, uma antiga barreira de gelo de mais de 210 m de altura e 480 km de extensão, habitada e vigiada pela irmandade da Patrulha da Noite. Esta Muralha protege os reinos de algo aterrador.
Jon Snow, filho bastardo de Lorde Eddard Stark, sente-se cada vez mais desconfortável sobre seu futuro na Casa Stark. Encorajado por seu tio Benjen Stark, o Primeiro Patrulheiro da Patrulha da Noite, Jon parte para a Muralha decidido a se juntar a irmandade permanentemente.

Além do Mar Estreiro na Cidade Livre de Pentos, Viserys Targaryen vive em exílio com sua irmã mais nova, Daenerys. Ele é filho e o único herdeiro homem sobrevivente do Rei Aerys II, que foi usurpado por Robert Baratheon. Viserys arranja para vender Daenerys em casamento para Khal Drogo, senhor de guerra dos guerreiros nômades dothraki, planejando usar o exército de Drogo para reconquistar o Trono de Ferro de Westeros para a Casa Targaryen. Entre os presentes de casamento estão três ovos petrificados de dragão, artefatos raros considerados muito valiosos porém inúteis, já que os dragões foram extintos há séculos. Um cavaleiro exilado de Westeros, Sor Jorah Mormont, se junta a Viserys como conselheiro.

E, o inverno está chegando...

Esta sinopse  é bem resumida, ainda há muita história e muito personagem nesta trama. No começo, eu ficava até meio perdida! rs. Apesar de muita coisa acontecer, é muito óbvio como esta primeira temporada foi só uma introdução. Há ainda muito por vir. E isto significa muitas surpresas, pois se há algo que não falta no enredo são acontecimentos inesperados, desde o primeiro episódio. Mesmo que eu não tenha lido o livro, baseando minha opinião apenas no que vi da série posso dizer que George R. R. Martin, autor das "Crônicas de Gelo e Fogo", não tem medo de ousar. Ele mata - e maltrata - seus personagens sem dó nem piedade. Ele os transforma em traidores, estupradores, prostitutas... Há sexo, incesto, violência. Conspirações e jogos políticos. Parece que os maiores monstros da história são mesmo os próprios seres humanos e sua luta pelo poder. O autor diz em uma entrevista à Revista Veja:

“Sempre soube que um personagem sem dimensão sexual não é completo. O mesmo se dá em relação à violência. As guerras não têm nada de limpo: são feitas de sangue e vísceras expostas. Que credibilidade eu teria se não mostrasse o que ocorre quando a lâmina da espada atinge um pescoço?”  e Martin também diz: "O escritor americano William Faulkner dizia que a única coisa a respeito da qual vale a pena escrever é sobre os conflitos do homem consigo próprio. Não tenho a pretensão de passar mensagens, mas acredito que a luta pelo poder é um tema universal”.  

É disto que este épico medieval trata - conflitos do homem consigo próprio -, quando não divide totalmente seus personagens em heróis e vilões. Quando qualquer um pode matar ou trair, seja por amor, ódio, vingança, loucura ou sobrevivência, e especialmente, pelo poder. E, é exatamente isto que me prendeu tanto a série: seus personagens. Por mais que seu enrendo seja incrível e cheio de reviravoltas surpreendentes, como já comentei, foram seus personagens que me cativaram. Torci por e contra eles. Fiquei indignada com a morte de alguns, traições e crueldades de outros, e por fim, tenho diversos favoritos: como a corajosa menina Ayra, o anão Tyrion que aparece ser o único que presta da família Lannister, o bom e honrado Jon Snow, e Daenerys que de uma menina inocente se transforma em uma líder. Claro que também destesto alguns, especialmente o príncipe Joffrey que é tão cruel!

Quanto a parte fantástica da história, fica tudo só no mistério durante toda a temporada da série. Na trama, fala-se de dragões e dos "Outros" - seres que pertencem a uma lenda local que estariam adormecidos a muitos e muitos anos e que, particularmente não assimilei exatamente o que são. Alguma espécie de zumbis? Mortos-vivos? É um mistério. Contudo, os dois - dragões e os Outros -, ao menos por enquanto, não são o grande foco do enrendo, apesar de terem sua importância na história. Mas há nada mais de fantástico além destes - nada de elfos, hobbits, gigantes, etc. Ainda assim, George R. R. Martin tem sido muito comparado ao renomado escritor do clássico "O senhor do Anéis", J.R.R. Tolkien. Segundo a SF Reviews: "A Guerra dos Tronos é a mais importante obra fantástica desde que Bilbo encontrou o anel".

Não há muito o que se dizer sobre a produção da série em si: ótimo figurino e cenário, excelente escolha dos atores que por sua vez, fizeram grandes interpretações. E, claro, trilha sonora muito boa, inclusive com uma música marcante na abertura dos episódios.

Dados técnicos
Título Original: Game of Thrones
Gênero: Fantasia/ Aventura / Drama
Duração: 50 minutos cada episódio
Episódios: 10
Direção: Alan Taylor, Brian Kirk, Daniel Minahan, Timothy Van Patten
Roteiro: D.B. Weiss, David Benioff, George R. R. Martin
Elenco: Mark Addy, Alfie Allen, Sean Bean, Emilia Clarke, Nikolaj Coster-Waldau, Peter Dinklage, Michelle Fairley, Aidan Gillen, Jack Gleeson, Iain Glen, Kit Harington, Lena Headey, Isaac Hempstead-Wright, Harry Lloyd, Richard Madden, Rory McCann, Jason Momoa, Sophie Turner e Maisie Williams.
País de Origem: EUA
Estreia Mundial: 17/04/2011
Estreia no Brasil: 08/05/2011
Na HBO todo domingo às 21h.

Os livros
"As Crônicas do Gelo e Fogo" é uma série composta por 7 livros escritos por George R. R. Martins - roteirista da televisão que em 1996 resolveu largar a televisão e se dedicar a fantasia. Os livros são:
  1. Game of Thrones (1996) lançado aqui no Brasil em 2010 com título Guerra dos Tronos;
  2. A Clash of Kings (1999) chegou por aqui em 2011 como Fúria dos Reis;
  3. A Storm os Swords (2000) previsão para setembro de 2011 como Tormenta das Espadas;
  4. A Feast for Crows (2005). Sem título definido, previsto para o início de 2012;
  5. A Dance with Dragons (2011), previsto para Julho de 2016. Sem título definido, sem previsão;
  6. The Winds of Winter, sem previsão. Sem título definido, sem previsão;
  7. A Dream of Spring, sem previsão. Sem título definido, sem previsão.
Trailer:
Site Oficial AQUI.

O que estão dizendo por aí...

Retirado do site FILMOW.
Incluí comentários positivos e negativos para ter todas as perspectivas.

"É impossível tentar adivinhar o que vai acontecer. Tudo na série é imprevisível e bem pensado. Nada foi colocado ali por acaso. Toda a produção, dos cenários aos efeitos especiais, é impressionante.
Dez episódios foi o tamanho certo pra essa primeira temporada. Mais do que isso e a série corria o risco de ficar chata. Pretendo ler os livros antes da segunda temporada começar." (Felipe Autran)

"Série maravilhosa! Até coloquei a música de abertura como toque do meu celular rsrs
Que bom True Blood estreiar esse domingo, senão o vazio ficaria muito grande. Meus favoritos são Snow, Arya, Daenerys e Tyrion, que roubou a cena. Só espero que o Joffrey morra de um modo bem doloroso e lento."  (Carol)

"Episódio 8 e 9 espetaculares, Season Finale um pouco decepcionante por nada ter sido resolvido, melhor personagem é o anão, o pior é o Orlando Bloom, digo, o Jon Snow, e aquele segmento da muralha tá meio clichê, os vilões são meio exagerados, mas foda-se isso sempre funciona principalmente em séries. A produção é foda, o Sean Bean também, a HBO também, e a série também, e é isso aí." (Mateus Frazão)

"Muito lento, sem graça, poucos personagens com carisma (dá pra contar nos dedos... Arya, Tyrion, Ned Stark e o bastardo), parecia uma novela mexicana... Além de terem economizado no casting pros dothraki." (Ivens)

FONTES:
Revista Veja / Wikipédia / FilmowAs crônicas de Gelo e Fogo

Beijos,
Daniela Tiemi
omundodetinta.blogspot.com

10 comentários:

c8ris disse...

nossa ñ sabia que tinha livros vi a propaganda da serie e fiquei louca pra ver
bjs

Nanda disse...

Ei Dani,

Ai que linda esta série, adorei as imagens e estou me segurando para não assistir pq comprei o livro, mas ainda não li e quero ler antes rs.

bjos
Nanda

Lay Almeida disse...

Nossa, eu não sabia que eram 7 livros... nem que tinham sido lançados a tanto tempo, até porque chegou aqui a pouco tempo, mas uma coisa é certa, é incrível. Eu estou quase no final do primeiro livro e estou fascinada, a guerra pelo poder é incrível e vemos do que o homem é capaz de fazer para obtê-lo. Também amo e odeio muitos personagens, amo de paixão a pequena Arya, o valente Ned Stark e seu bastardo Jon Snow, odeio na mesma proporção a Sansa, como é ingenua e crédula, mas enfim... ainda também não entendi direito o que são os "outros", ainda aparecem muito pouco no livro, acredito que seja porque o "inverno ainda está chegando" acredito que veremos mais a partir do segundo livro, mas nosso Jon já os viu, então não deve demorar muito para eles aparecerem constantemente...

A série eu ainda não assisti, mas pelo que você mostrou aqui é basicamente o que estou lendo no primeiro livro, então estão sendo muito fiéis a narrativa de Martin!!

MAX disse...

Olá Daniela.

Excelente texto. Creio que aqueles que ainda não viram a série ficaram loucos para ver.
De fato, o George R R Matin é o novo nome da literatura fantástica. Ainda não li os livros, li apenas o ínicio do primeiro, mas como o livro era emprestado e o dono ia viajar, devolvi. Mas lerei os dois primeiros livros ainda esse ano - pelo menos pretendo.
De fato, a série é uma grande produção, pena só possuir dez episódios. Além disso, é claro que muito do livro fica de fora. Não que isso tenha prejudicado, creio eu.
Muitos comparam o Martin com o Tolkien. Sinceramente sou contrário a esse tipo de comparação. Respeito, evidentemente, todas as opiniões a respeito. Creio apenas que é difícil tecer uma comparação entre as obras desses dois escritores, principalmente por um motivo: a época. Quando escreveu O Senhor dos Anéis, se Tolkien tivesse acrescentado uma única cena de sexo, a obra provavelmente nunca teria sido publicada. A única coisa em comum entre as duas obras é o fato de que ambas são romances épicos de fantasia, mas o tom entre as duas é totalmente diferente.
Bem, me alonguei demais no comentário, haha. Desculpe.
Bjos.

Dyana Colares disse...

Só assisti o primeiro episódio dessa série pra ver se me interessava e eu gostei bastante. Espero assistir o resto ;)
Ótimo post!

bjs
www.booksemporium.blogspot.com

Caíque Pereira disse...

PORQUE O RESULTADO DA PROMO DE 'HEX HALL' AINDA NÃO SAIU? ACABOU DIA 18 :/

Ana Rodrigues disse...

eu gosto muito dessa série!
aproveito e falo da Promoção Aniversário Premiado InteligWeb, q esta com uma promoção para ganhar 1.500 só pra conectar!
Da uma olhada lá.. esse é o link http://bit.ly/ke1C1w

Janaína Mayane disse...

Assisti toda a temporada! Ameiiiii demais essa série1 Bem elaborada, totalmente imprevisível1 Vale a pena assistir de verdade. Quem venha 2ª temporada!

Vancine disse...

Essa série é muito boa. Eu assisti primeiro ela inteira e sódepois li o primeiro livro, e... os dois são fenomenais. A série difere em pequenoss detalhes, mas nada que comprometa a história. Quer um conselho? Veja a série primeiro. Eu particularmente, quando estou lendo o livro prefiro imaginar os personagens como na história, o que torno a experiência muito mais intensa. Já adquiri o segundo livro e estou doido para começar a ler. Um abraço.

Karina López Salazár disse...

Muito bom artigo, eu amo essa série, a partir de suas localizações para a sua história eu embrulhados. Eu acho que dificilmente qualquer outra série de ficção pode superá-lo, para A Guerra dos Tronos foi pocosionado como o melhor da história, e não é de admirar, uma vez que seu público é muito variado e, portanto, tem alta demanda. Meu personagem favorito na série é Arya Stark, interpretado por Maisie Williams, espero continuar nesta quinta temporada.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela