"Elixir" de Hilary Duff

quarta-feira, 13 de julho de 2011


Em meio a tantos livros do gênero sobrenatural romântico que tem surgido nos últimos anos, Hillary Duff traz uma história diferente, regada a ação, romance e muitos mistérios. E se você pensou que nesse livro teria vampiros, se enganou enormemente. Ponto para Duff!

A protagonista é Clea, uma adolescente riquinha, porém bastante madura para sua idade, que vê sua vida modificada após o desaparecimento de seu pai, um médico famoso, que foi trabalhar em missão humanitária, no Brasil e de lá nunca mais voltou. Simmmm! No Brasil, olha que chique! E na Cidade do Rio de Janeiro! Ponto para Duff novamente. 

Após um ano, ainda bastante abalada com o desaparecimento do pai, Clea tenta levar uma vida normal, mas não consegue. Em uma de suas tentativas de esquecer o passado, ela viaja para a França com sua melhor amiga. Quando retorna,  vê-se envolvida em um emaranhado de mistérios que trazem a tona a existência de um homem misterioso e também bastante bonito, que envolto em uma aura sobrenatural agitará os sonhos de Clea, fazendo-a recordar de outras vidas, que de alguma forma sempre acabavam em tragédia. 

~ ~ ♥ ~ ~

"Elixir" é um romance bastante elétrico e cheio de reviravoltas, com bastante suspense. Há também um triângulo amoroso, que acredito poderia ter sido mais bem explorado pela autora. Ben e Sage, ambos são personagens com características bem diferentes, mas que mexem bastante com nossa imaginação. Hillary deu muito foco em Sage e em seu romance secular com Clea, deixando Ben um pouco apagado e digamos "pegajoso" em relação a heroína.

Clea é uma típica heroína norte-americana até o o último fio de cabelo. Hilary Duff ao criar seus personagens não ficou presa aos moralismos que percebemos nos demais livros jovens adultos. Clea é independente para ir e vir em viagens ao exterior sozinha com a amiga (ambas ainda são menores de idade), juntas frequentam danceterias famosas, onde uma delas, no caso, Rayna, acaba na cama de algum desconhecido. Bem americano, né? E para completar, os pais são bastante liberais e ocupados com suas profissões. Tudo na trama parece ser possível para esses adolescentes, assim como sempre pintou Hollywood. Será que estou citando a grande cidade, somente pela autora ser também atriz?


Eu gostei bastante do livro. Uma vez que peguei para lê-lo, não sosseguei até terminá-lo. Mas o enredo em si tem bastante contradições, como fato de o pai de Clea ter diferentes interesses, ora sendo um famoso cirurgião, ora um político renomado, ou um médico humanitarista e até um historiador? A forma como ele adquire os frascos do elixir, uma substância que de acordo com a lenda é capaz de dar a vida eterna para aquele que bebê-lo ou de devolver a sua saúde, foi muito mal explicado. Há outras contradições na trama e falta de explicações quanto a alguns episódios importantes como o mistério das fotografias, que das duas uma: ou a autora explicará em um próximo volume ou ela se perdeu durante o processo de criação do livro. 

Enfim, é um ótimo livro para quem deseja ler um romance rápido.


Minha classificação para esse livro é de ♥ 4/7- "Bom".

9 comentários:

Adriana T disse...

Não consigo me interessar por esse livro, e acho que iria me decepcionar com um livro cujo foco é um mistério que não é bem explicado no final.
Garota Eclética

Bruno M disse...

Eu estou curioso com o livro, alguns dizem q é bom outros q é ruim, já q esta dividido só lendo eu terei uma opinião, mas comprarei em inglês, ainda julgo livros pela capa D: saiojsa

gostei da resenha!

Ana C. Nonato disse...

Olá!

Eu ainda não tive a oportunidade de ler este livro, mas acho que deve ser muito bom (pelo o que parece). Eu imaginava que seria mesmo em puxado para o lado norte-americano. Enfim, gostei da resenha!

Abraços!

Mônica disse...

Ainda não li este livro, mas pelos comentários que já vi por ai, acho que não vou gostar.Apesar disso, sua resenha está muito bos.bju

Adriana disse...

Eu gostei muito da resenha, e tem muita critica positiva em relação a esse livro, tipo de leitura que eu adoro! com certeza quero ler! Bjinho!

Line disse...

Fiquei curiosa pra ler o livro! Vamos ver se me surge a vontade... rsrsrsr

#lindoaqui

Beeeijos

c8ris disse...

sincera mente não me chamou muito a atenção ^^
eu sabia que ela era muita coisa ja, para querer se tornar escritora também
não me levem a mal so acho que é muita coisa pra uma unica pessoa
ela lançou um livro e ate parece legal

Nica Morgan disse...

Hilary Dyff bombril em, 1001 utilidades!! Ainda quero ler o livro, mas queria que ele abaixasse um pouco o preço :/ R$34 é um valor muito alto!

Fellipe ramos disse...

Eu só li essa e uma outra resenha sobre esse livro e a primeira resenha que li foi bem desanimadora, fiquei mais animado agora lendo a sua resenha, mas pelo jeito existe mesmo essas contradições! O que me deixou mais indignado é que o livro é escrito por duas autoras e o nome da segunda escritora nem aparece na capa, achei bem injusta essa jogada de markenting de colocar só o nome da famosa Hilary Duff...Fiquei um pouco mais curioso para ler esse livro!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela