"Um dia" de David Nicholls

segunda-feira, 8 de agosto de 2011


É muito complicado explicar como esse livro me perturbou, até porque sempre me incomodou muito pensar em não realizar algo e um dia vir a me arrepender. Lembro que na minha adolescência eu me apaixonei por uma música antiga - Jura Secreta -, que resumia bastante esse sentimento de "inacabado" que eu sentia. Quando finalmente peguei o livro "Um Dia" para ler, logo percebi que eu estava diante de uma história de amor inacabado, que não se descomplicaria facilmente e "the end". Melhor descrevendo, "Um Dia" retrata a história de um amor, de duas pessoas que ao longo de vinte longos anos foram se construindo.

~ ~ ♥ ~ ~

15 de julho de 1984. Em e Dex, Dex e Em. Assim foi desde que eles se conheceram, na festa de formatura do ensino médio. Após passarem uma louca noite de amor e paixão juntos, trocando mais que ideias e beijos, Dexter e Emma trocaram confidências. Afinal, por que não confidenciar seus segredos e ambições, se na manhã seguinte cada um seguiria para seu lado? Mas ao contrário do que eles pensavam,  não foi isso que aconteceu. 

Nasce a partir daí, uma amizade linda, porém conturbada pelos excessos da vida e por desencontros. É ainda um relacionamento que mesmo no silêncio, há cumplicidade, entendimento, pois um sabe o que o outro está pensando, sentindo. 

~ ~ ♥ ~ ~

15 de julho, no livro é muito mais do que um simples feriado nacional, é o dia que o autor escolheu para narrar o que aconteceu ou acontece na vida de seus personagens. Cada capítulo é um ano diferente, dividido entre Dexter e Emma. Unidos ou separados, o autor descreve seus sentimentos, pensamentos e ações ao longo do dia, e, principalmente, o desejo imenso de estarem juntos.

Entre Dexter e Emma há tantas palavras não ditas e desejos refreados, que em alguns momentos, eu tinha vontade de entrar na história e gritar com os dois. Ao contrário deles, eu quebraria a cara e diria o que se passava na minha cabeça, no meu coração, mesmo que depois eu catasse os restinhos do que sobrasse de mim no chão. Mas eu não sufocaria aquele sentimento por nada. 

David Nicholls contruiu personagens tão reais e vívidos, que de tão humanos que são, é impossível não se identificar com eles ou com alguma passagem da vida deles. Muito mais que amigos, amantes, confidentes, Dexter e Emma, pode ser eu ou você. Com todos os defeitos e virtudes, aflições e alegrias. O que posso dizer para você, caro leitor? Apenas leia. Recomendo.   

Minha classificação para esse livro é de ♥ 6/7- "Excelente".

Para quem ficou curioso sobre a música citada no início da resenha, abaixo está a letra.

Jura Secreta

Só uma coisa me entristece
O beijo de amor que não roubei
A jura secreta que não fiz
A briga de amor que eu não causei

Nada do que posso me alucina
Tanto quanto o que não fiz
Nada do que eu quero me suprime
Do que por não saber ainda não quis

Só uma palavra me devora
Aquela que meu coração não diz
Só o que me cega é o que me faz infeliz
É o brilho do olhar que eu não sofrí.

13 comentários:

Náh disse...

Eu quero tanto ler esse livro.... Sempre que vejo resenhas fico com o coração na mão! Deve ser muito lindo mesmo!
Bjus,
náh

Thais (Viaje na Leitura) disse...

Oi Nique!

Eu achei lindo a história de Um dia... senti falta só do "the end" mas nem sempre é assim neh?

Bjs

RêFofura disse...

Eu achei o livro lindo e muuuito bem escrito, mas não gostei nada do final! :( Chorei horrores.. :~

Beijinhos :*

c8ris disse...

sou louca pra ler esse livro parece ser muito bom ^^
otimo post

ALINE T.K.M. disse...

Esse livro é um dos melhores que li este ano. O que mais me atraiu nele foi a veracidade, o realismo imenso. Ok, também gosto de histórias de amor fofas, onde tudo é cor-de-rosa, os obstáculos superados. Mas prefiro muito mais quando a abordagem vai p/ o lado mais real, já que numerosos fatores da vida influenciam no sucesso ou não de uma relação (ou de qualquer coisa).

bjos
escrevendoloucamente.blogspot.com

Daniela Tiemi disse...

Ai, tanta gente falando sobre o final deste livro q me dá até medo... rs.
Estou louca para lê-lo!!!
Bjo.

Caline disse...

Oi Dominique esse livro parace ser tão lindo, todo mundo fala super bem dele e eu sinto que preciso ler o mais rapido possivel.

Xero.
Caline - Mundo de Papel

Tatiana disse...

Parece mesmo muito bom,tô até com ele aqui mas ainda não tive tempo de começar a ler.

Kynhaa disse...

Hey Domi. Eu estou com o livro aqui para ler. Na verdade até comecei a ler, mas o desenvolvimento estava muito lento e eu acabei deixando pra lá. Quem sabe agora eu não volto a ler, hm?
Bjs

Nanda disse...

Ei Nique,

Sua resenha ficou linda, eu gostei muito do livro, mas não gostei do Dexter.

No começo eu gostava dele, mas a cada ano foi ficando mais idiota, queria dar uns tapas nele kkkk

bjos
Nanda

Beatriz disse...

Nossa, esse livro é lindo demais, me apaixonei loucamente por ele! E o final.. ahh o final, eu tive que ler umas 5 vezes aquela frase pra acreditar. Fiquei em choque..

Daniela Tiemi disse...

Assisti ao filme ontem... Chorei mtoooooooooo! Achei tão, tão lindo! Quero ler o livro.

Bjo.

Fellipe ramos disse...

Esse é um dos livros que quero muito ler, depois de ver tantos comentários bons sobre ele na blogosfera eu comecei a ficar mega curioso sobre a historia que o autor criou. O modo como ele criou o romance foi muito interessante, os capitulos em dias de 15 de julho, o livro deve ser bem real e emocionante, e deve até dar indignação ao leitor em horas como essa que você disse ter vontade de entrar no livro e gritar com eles. Quero muito ler!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela