Bienal do Rio de Janeiro - 2011

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Olá, queridos amigos,

Mesmo sendo uma carioca da gema, somente ontem pude ir prestigiar a nossa querida e maravilhosa bienal do Rio de Janeiro. O evento estava deslumbrante e eu como uma bookaholic assumida, senti-me completamente embevecida naquele espaço repleto de livros. Como falei para meu marido, na bienal, eu viro uma borboleta sem rumo e completamente sem pouso, para me acompanhar lá precisa ter fôlego. E meu marido e meu irmão, simples calouros no evento, não fizeram feio, nem me atrapalharam, pelo contrário, além de fazer uma ótima companhia, serviram para ficar nas filas para pagar nos estandes (enormesssss!), para carregar minhas inúmeras sacolas e para passar o cartão de crédito, no caso, meu lindo maridinho. Minha melhor amiga Karine, também foi junto com a gente e de quebra levou outro calouro, o namorado, Luis. O que seriam desses homens sem mulheres inteligentes com nós? OMG! No final do dia, estavam nossos meninos mortos de cansados por nos seguir para cima e para baixo.

Cris, eu, meu maninho, Luis e Kari.
Detalhe: Foi a quarta bienal seguida que eu fui com a Kari. Na primeira fomos pelo nosso antigo colégio. Na segunda fomos sozinhas. Na terceira organizamos o skoobencontro na bienal, e, por fim, a quarta bienal, ontem. Por incrível que pareça, além da desventurança de termos ficado sem nossos amigos no último ano do ensino médio, o que mais nos uniu foi o amor pelos livros. Miga, só você me convence a te emprestar livros não lidos. 

Na Bienal encontrei amigos queridos que eu não via já algum tempo e outros que eu estava ansiosa para conhecer, como as blogueiras Hérida e Natália. Eu as encontrei no estande da Editora Underworld, na sessão de autógrafo da Rachel Caine. Confesso que na cara dura, eu pedi para furar fila. Rsrsrs! Afinal, para que servem os amigos? É tão gostoso encontrar uma pessoa que somente conhecemos virtualmente, que somente quem já viveu esse momento pode descrever. O carinho, o reconhecimento e a afinidade se confirmam na hora. Somente faltou eu conhecer a loucaaaaaaaaa da Nanda, que não atende minhas ligações, #prontofalei e quando atende não entende metade do que eu digo, #internalogo



Rachel Caine - Sessão de autógrafos na Underworld.

Amigos que reencontrem: Andynha, Neli, Janda, Graci, Draccon, Luis Eduardo, Ana Cristina, Lindenberg, Lorran, entre outros. Minha querida amiga, Janda Montenegro estava aniversariando em plena bienal e é o segundo ano que passo ao lado dessa pessoa maravilhosa. Querida, parabéns!      



Elogios, muitos elogios!

Amigos, confesso que não deu tempo de visitar todos os estandes que eu queria, mas nessa bienal, eu percebi que comparada a anterior, os preços dos livros estavam muito bons. Eu sai de casa convicta de que iria comprar somente alguns livros para meu irmão e nada para mim. No final do dia, cheguei em casa com 11 livros para mim e 3 livros para meu irmão. E somente não comprei mais porque muitos estandes estavam impossibilitados de usarem o cartão de crédito [falarei disso em outro post]. 

Underworld - Genteeeeeeeeee, essa editora me deixou louca da vidaaaaaaaaaaaa. Na compra três ou mais livros, cada um sairia por míseros R$20. #quasepuleidealegria Só da Underworls, eu comprei seis títulos: Casa Glass, Dança das Garotas Mortas, A Floresta de Mãos e Dentes, Sete Vidas, O Rei do Ferro e A Filha do Ferro. Que alguém me mantenha sábado longe desse estande, pois sou capaz de comprar mais. #compulsivamodeon

Planeta - A Editora Planeta também está de parabéns. Colocou todos os livros com 30% de desconto. #enlouqueci De lá, eu trouxe para minha estante: O Chá do Amor, Além da Vida e Aprendendo a Seduzir. De quebra, eu fiz amizade com o vendedor, que é um fofo. Nós trocamos várias impressões de livros lidos e ele ainda me deu altas dicas. Vocês acreditam que ele achou fraco o livro "Seduzir"? Fiquei pasmaaaaaaaaaaaaa! O livro é totalmente hot! O que ele gostou e me convenceu a levar, foi "Aprendendo a seduzir". Vamos ver se irei gostar ou não.

Novo Conceito - Muito, muito barato os livros. Tudo na faixa de R$20,00 ou até menos. Infelizmente, eu não pude participar do encontro com os fãs do Nicholas Sparks, pois eu estava em um bate-papo ultra mega legal no estande da Vermelho Marinho. Lá eu não comprei nada, pois por incrível que pareça eu tenho quase todos os títulos que eu queria dessa editora. ;-)

Vermelho Marinho ou Usina de Letras - Lá encontrei dois amigos super queridos, a Graciela Mayrink e o Luis Eduardo Matta. 

Graci acabou de lançar seu primeiro livro, o "Até eu te encontrar", que está fazendo o maior sucesso. Eu a conheci nos encontros dos skoobers, mas como eu estava de licença maternidade, fazia tempo que eu não a via, então, roubei a autora do estande e bati o maior papo com ela. Rsrsrs! Deu para matar a saudade.

Graciela Mayrink, autora do livro "Até eu te encontrar".

Luis Eduardo Matta lançou seu novo livro "As bem Resolvidas (?)", um chick lit jovem, bem contemporâneo e divertido. LEM é um autor multifacetado, pois além de escrever thrillers de suspense, livros para crianças, ele se aventurou no gênero preferido da mulherada, o chick lit. Eu já li outros livros do autor e digo, vale super a pena conferir. No livro tem uma surpresa muito legal. O autor escreveu um funk para ilustrar uma das passagens. Juro que consegui fazê-lo cantar o funk e ainda prometi gravar posteriormente para mostrar para vocês.

Clarooooooooooo que eu trouxe os dois títulos para casa, né?

Também visitei...

Federação Espírita Brasileira - Não tem coisa pior do que você querer comprar alguma coisa e depois não conseguir. Nós ficamos na fila do estande da FEB quase uma hora para no final levar apenas um livro, que eu paguei no dinheiro. Minha cestinha estava cheia de livros infantis espíritas (sou kardecista e evangelizadora), mas a máquina de passar o cartão de crédito estava sem linha. Vocês acreditam? Falha feia e grande, não da FEB, mas sim, da empresa que organizou essa bienal.

V&R - Meu irmão cismou que queria um livro de piadas que tínhamos visto na editora V&R, aquela do "Diário de um banana". Perturbou tanto que conseguiu. Eu pensei que ele iria escolher o Piadas sobre escolas, mas não, o engraçadinho escolheu o livrinho de piadas sobre meninas. Aff! Tanto empenho e dedicação para meu irmão virar um maxista? Onde eu errei? Rsrs!

Intrínseca - Os preços estavam bastante razoáveis e o que mais motiva o povo a comprar são os brindes. Cada um mais lindo do que o outro. Nesse estande comprei para meu irmão "O Ladrão de Raios: Grafic Novel". #amadorei

Sorteio de Marcadores

Quando cheguei em casa percebi algo inédito e super delicioso, que vocês também irão amar. Eu trouxe muito marcadores lindos e super desejados por vocês. Vou fazer um kit super mega lindo e vou sortear para vocês.

Para participar basta apenas comentar nesse post. O critério de seleção será pela ordem de comentário (primeiro, segundo, terceiro...). Depois sortearei os números pelo random.org. O sorteio terminará no sábado, dia 17/09. Em seguida, postarei o vencedor.  Gostaram?

Sábado estarei novamente na bienal, quem sabe no domingo, eu conto como foi borboletar entre tantas delícias novamente?

Mil beijos,

2 comentários:

Fellipe ramos disse...

Eu queria muito ter ido pra Bienal, parece ter sido muito legal, é muito bom comprar livros baratos, ainda pegar autografos e conhecer os amigos da internet, deve ter sido muito bom! O estande da Under estava muito bom, os livros otimos e ainda baratos!

Tatielle K. disse...

Sonha! Com certeza um grande sonho de ir a Bienal. Espero algum dia eu possa ir.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela