"Filhos do Éden - Herdeiros de Atlântida" de Eduardo Spohr

quarta-feira, 26 de outubro de 2011


Por Janda Montenegro

Em "A Batalha do Apocalipse", nos deparamos com um verdadeiro épico, uma obra prima escrita e descrita com perfeição, entrando com louvor na lista dos mais vendidos e colocando Spohr com segurança dentre um dos principais expoentes da literatura nacional de entretenimento.

Mas então vem a sombra do segundo livro: o desafio do autor realmente mostrar a que veio. E Eduardo veio para ficar!

“Filhos de Éden” quase (ou pouco) nada tem a ver com AbdA, com exceção dos elementos angélicos. Na primeira metade da trama temos uma abordagem de thriller através da protagonista Rachel, que não sabe quem é, o que está acontecendo e em quem confiar. Já na outra metade, mergulhamos na aventura, com cenas de luta que nenhum fã do gênero encontrará defeito. Mas, calma: para os saudosos, há uma pequeníssima participação de Ablon. :)

Alternando pitadas românticas e engraçadas, os alunos e leitores de Spohr encontrarão diversos tópicos da jornada do herói, ministrados em suas aulas, além de diversos elementos da cultura pop, desde o clássico Guerra nas Estrelas até O Rei Leão.

O primeiro volume desta série é bem trabalhado, com reviravoltas interessantes e personagens bem construídos. Ao contrário de AbdA, Filhos do Éden se passa no terreno dos humanos, algo mais próximo dos leitores, além de (minha parte favorita) passar quase totalmente em nossa terrinha, fazendo-nos viajar de sul a norte do Brasil.

Filhos do Éden é a consolidação de um autor que, se Yaweh permitir, terá vida longa e proporcionará aos seus leitores muitas, muitas aventuras!


Por Dominique Sampaio

"Filhos do Éden" do autor Eduardo Spohr traz de volta a eterna batalha entre o bem e o mal.

Nesta saga, o autor trabalhou muito bem o gênero fantástico e o sobrenatural. Anjos, espíritos, demônios recheam a história de suspense, fugas mirabolantes, brigas e batalhas que somente vemos nos melhores épicos.

Diferente de "A Batalha do Apocalipse", que como Janda bem sinalizou, Spohr trabalha este novo livro mais no plano terreno do que no plano celestial, tornando a trama até mais real e humana, até porque sua personagem central é Kaira, uma celestial da casta dois Ishins - controlam os elementos -, que ao vir em uma missão especial à Terra tem sua memória apagada após ser submetida a uma experiência sobrenatural, este processo fará com que ela acredite ser uma humana.

Após este acontecimento muita ação e emoção ocorrerá, principalmente, quando em busca de Kaira partir os anjos Levih e Urakin, que se unirão mais tarde ao intrépido Denyel, um querubim que vive na Terra há tanto tempo que até já adotou hábitos terrenos, como se embriagar e comer porcarias.

Com algumas pitadas de romance e recheado do início ao fim de aventuras, "Filhos do Éden" é uma leitura rápida e deliciosa, que somente peca no excesso de fugas impossíveis e mirabolantes, dignas dos filmes de aventuras. Fora esse detalhe, recomendo totalmente a leitura. Spohr mais uma vez se consagra meu autor nacional preferido.



Gostou do formato da resenha dupla? Querem ver mais postagens assim? Digam-nos o que achou. Sua participação é fundamental para o sucesso do blog.


10 comentários:

αηδψϊηћα ஐβϊττψஐ disse...

Gostei mto de ABdA, mas ainda não li esse novo do Spohr, mas pelo que já andei lendo tem gdes diferenças entre os '2 mundos'. Ansiosa para conhecer este.

Andy_Mon Petit Poison
www.monpetitpoison.com

Horlanda disse...

Eu li a batalha do Apocalipse, muito legal a historia e muito bem construida, mas eu nao gosto muito de historia com demonios e talz. Essas assim sabe, nao nao Hahaha.
Acho que esse é bem parecido então, nao sei, apesar de ser interessante.
Vamos ver. Haha
Bjs

Malu4u disse...

Sou apaixonada pelo tema apocalipse, luta entre anjos e demonios e AMEI conhecer esse escritor maravilhoso que é Eduardo Spohr. Ainda não tive oportunidade de ler Filhos de Éden, mas é o primeiro da minha lista.

Lívia Carolina disse...

Oi meninas!
Eu ainda não li Filhos do Éden e nem A Batalha do Apocalipse, mas eles já estão na minha lista!

Quero muito ler estes livros - que só recebem elogios!

Bjos

Adrianna Alberti disse...

Quando li Abda eu achei que não tinha mais o que fazer ali, acho ótimas essas histórias que tem começo meio e fim em um livro só!!

Aí eu sou de Filhos do Éden que apesar de não ser continuação, mas só de se passar no mesmo universo, quero muito muito muito hehe
Já não sei para quantas pessoas pedi de aniversário e está com certeza na minha wish list hehehe

XD

Natália Medeiros disse...

Muito bom resenha dupla, clareia a mente dos leitores, com explicações diferentes.

A hitória parece ser mt interessante, adoro quando envolve gênero fantástico e o sobrenatural, acho que traz um pouco de fantasia para a vida corrida e focada na realidade, que temos.

Quero muito ler esse livro

Anônimo disse...

Eu li o livro quase todo. Estão faltando umas 40 pgs. É muito bom. Mas não concordo que não tenha a ver com o AbdA, pois todas as vênias, o básico sobre anjos e demônios, a questão do descanso de Deus, tudo é igual. Mas vale a pena ler. Ele tira menos o fôlego do que o AbdA, mas talvez por ser menos denso. MUITO BOA LEITURA

Fellipe ramos disse...

Eu ainda não li o outro do livro do autor, mas tenho muita vontade, porque todos falam bem dos livros que ele escreve, Filhos do Eden é o que eu tenho mais vontade de ler já que se prende mais aqui no terreno dos humanos e com isso se torna mais real, não que seja ruim que seja no plano celestial. Quero muito ler também pela parte da ação e de romance que você mencionou!
Muito legal a resenha dupla!!

Nathália Vieira disse...

Amoo A batalha do apocalipse, é simplimente sublime, sem contar que sou apaixonada por Ablon. Comprei Filhos do Éden mais ainda não li.
Adoro o blog, é muito bem construído.
Estão de parabéns.
X)

Jesus Murilo disse...

Nossa, to lendo (ainda) "ABdA" é estou completamente abobado... o livro é simplesmente magnífico!!!! É aí que eu me lembro "Putz, é BRASILEIRO", nossa, dá um orgulho indescritivel. Depois de passar anos adorando histórias e sagas internacionais, agora temos simplesmente uma espécie de "Senhor dos Anéis brasileiro"! Simplesmente não consigo expressar meu orgulho e felicidade aqui!!!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela