{Admirável Mundo Literário} Entre a realidade e os livros

sábado, 4 de fevereiro de 2012

O livro é um baú secreto recheado de tesouros da imaginação. Lá, tudo é possível. E, eu (Daniela Tiemi) e a Dominique, assim como muitos leitores, adoramos explorá-lo. Aventuramo-nos nos mais diversos lugares e vivemos os mais excêntricos personagens; alcançamos a capacidade de viajar através do tempo e do espaço.  

Através da vontade de compartilharmos com os leitores do blog nosso olhar sob o mundo da literatura, resolvemos criar esta coluna quinzenal para que vocês explorem junto conosco tudo o que for condizente ao universo literário.

Para iniciar a coluna, escrevi um texto em que expresso meu amor à leitura. Espero que apreciem.

Entre a relidade e os livros



Não é difícil encontrar livros cuja trama se trata de histórias que intercalam entre a fantasia e a realidade. Entre os que li estão “Trilogia Mundo de Tinta”, “Série Os Encantados de Ferro”, e a leitura que finalizei recentemente foi “A dança da floresta”. Este tipo de livro me fascina. Não só por adorar os lugares mágicos em que os protagonistas se deparam durante o enredo, mas também pelo fato de que antes disso acontecer, eles possuíam uma vida medíocre e entediante. De repente, estão rodeados de seres encantados, reis e rainhas, príncipes e princesas, bruxas malignas, e em meio a uma aventura inimaginável até então em suas vidas, e com direito a encontrar um herói apaixonante pelo caminho. Sim, tudo isto é inegavelmente fascinante e não é incomum desejar me perder em tal encanto. 

Durante a leitura de “A dança da floresta” – já resenhado no blog pela Dominique -, conheci cinco irmãs que encontram no quarto em que dividem um portal para o Outro Reino e por anos, a cada Lua Cheia, elas ultrapassam o portal para passar a noite na Clareira das Danças, divertindo-se entre os seres míticos. Contudo, elas preocupam-se em sempre voltar para a casa, por mais difícil que seja, pois sabem que não pertencem àquele lugar fantástico. Então, têm que esperar ansiosas pela próxima Lua Cheia.

Eu não pude deixar de comparar esta história com minha paixão pela leitura. A cada vez que abro um livro, sinto-me ultrapassando um portal que pode me carregar a algo ilimitável. Temos a dádiva de possuir algo de extremo valor: a imaginação. Ela não possui barreiras, fronteiras, não tem fim. É algo como o Universo em que vivemos.

Mas ao fecharmos as portas da imaginação, ao fecharmos as páginas de um livro, voltamos à realidade que não é nada além do concreto, palpável, limitado. Os “bruxos” da vida real são aqueles que conseguem transformar a imaginação em realidade, temos como exemplo Thomas Edison (deu a luz ao inventar a lâmpada!); Graham Bell (diminui a distância ao inventar o telefone) e  Santos Dumont* (ao dar asas aos seres humanos e fazê-los alcançar o céu em seu 14-Bis). Contudo, os tão pouco valorizados escritores são os criadores de algo que carrega um valor inestimável. Criadores dos relicários da imaginação. Preciosidades que carregam conhecimento, sonhos, prazeres inimagináveis ao leitor.

E, tudo que causa muito prazer e felicidade, às vezes é difícil de largar. Nem que seja por apenas um período, estar distante de algo incrivelmente bom é difícil. Principalmente quando nos deparamos com uma realidade muitas vezes insossa de se preocupar em pagar contas, passar horas em uma reunião de trabalho entediante, trânsito enervante e tantas obrigações chatas e não prazerosas que temos de viver. São nesses dias estressantes, muitas vezes rotineiros que os livros me salvam. Liberam endorfina em meu cérebro quando vivo uma aventura, transportam calor ao meu corpo quando vivo uma paixão, me fazem chorar de tanto rir ou derramar lágrimas de uma tristeza que na verdade não me pertence. 

Assim, eu me sinto como tais personagens que me deparo em alguns livros fantásticos, saindo de uma vida pacata, e algumas vezes entediante por conta da rotina inevitável, para um lugar transbordando de encanto e magia. Um lugar onde tudo é possível. Onde não se encontra o limite, pois esta palavra nem sequer existe. Mas como as irmãs de “A dança da floresta” eu sei que aquele lugar não me pertence. Tenho que “voltar para casa quando a dança acaba”, por mais doloroso que seja algumas vezes. Por que muitas vezes dói abandonar meus personagens favoritos, interromper um momento de extasiante emoção, para retornar a uma reunião enfadonha. Sim, às vezes, temos que aceitar que é um processo doloroso viver entre a realidade e os livros. Mas vale a pena, sem dúvida alguma.


*Não entrarei na questão de que se foi ou não Santos Dumont que inventou o avião.

Por Daniela Tiemi

15 comentários:

Folhas de Sonhos disse...

Essa pintura da Josephine Wal é linda, né?
Ótimo texto... literatura é um passo pra sentir mais a vida. Literatura é um soco no estômago para pensarmos mais profundamente sobre questões que nos cercam e vermos beleza, mas também náusea, sobre o mundo tão cheio de contradições.
É a atividade de sentir constantemente...

abraços,
Luciana
http://www.folhasdesonhos.blogspot.com

Hérida Ruyz disse...

Oi Dani!
Adorei o texto! Eu tbm sou fascinada por tramas de fantasia. Eu tenho o livro A Dança da Floresta, mas ainda não li :(
As vezes tenho a sensação de que estou deixando de viver a minha vida p/ viver no mundo da ilusão. rsrs
Os livros me consomem, mas eu adoro esse mundo imaginário!
Só outro viciado p/ entender. rsrs
Bjs

Daniela Tiemi disse...

A Nique q escolheu esta imagem! Não conhecia Josephine Wall, mas achei realmente lindoo seu trabalho! ;-)
Bjo.

Daiane Santo disse...

Realmente, um livro nos proporciona um contato diferente, nos conduzindo a um patamar melhor e maior que nossa realidade, onde tudo é permitido e vivido. Sou uma apaixonada por literatura e livros e acredito que é uma paixão que muda sua vida de diversas maneiras e sempre para melhor

Aline Maziero disse...

oi Dani,
este é sem sombra de dúvida, meu tipo de leitura predileto. Mundos alternativos em que cada desejo nosso se realiza com um toque de magia. Adoro. Ainda não li A dança na floresta, mas ouço falar tão bem, que já de algum tempo está na fila.

Bjs,

Aline Maziero
www.letrasdesonho.com.br

Daniela Tiemi disse...

Leia "A dança da floresta"! É ótimooO! Super fofoo! rsrs.
=0)

Kel Costa disse...

Adoro livros recheados de fantasia! Não li ainda nenhum dos que vc citou, mas tenho O Rei de Ferro aqui, esperando que eu tenha um tempinho para pegá-lo rs

É sempre uma delícia nos desligar um pouco de nossa vidinha tão comum e viajar num mundo mágico, com seres misteriosos e encantados. Quem não gosta disso, não pode ser normal rs

Bjs,
Kel - It Cultura
www.itcultura.com

Niii disse...

Verdade Dani,
livros como esses tbém me fascinam. Quando bem escritos e bem desenvolvidos são incríveis mesmo!
adorei o texto =)

nii
faz parte...

Naniedias disse...

Ai, que texto lindo *-*
Eu vivo no mundo imaginário criado por esses autores tão incríveis! E adoro isso!

Beijos,
Nanie - Nanie's World

Daniela Tiemi disse...

Entendo perfeitamente, Hérida! Eu tb adoro este mundo imaginário, e às vezes eu necessito dele para fugir um pouco da realidade. rsrs.

Daniela Tiemi disse...

Daiane! Q bom t ver por aqui! =0)
Sim, exatamente como penso. A literatura muda a vida de forma extraordinária. Pena q tem pessoas q não se permitem vivenciar esta paixão...

Daniela Tiemi disse...

É mto bom se perder em um mundo de fantasia e desligar em alguns momentos. E, olha, tem mta gente q diz não gostar... Oq é uma pena!

Leia, sim, O Rei de Ferro. É mto bom! Se vc gosta deste estilo, vai adorar! ;-)

Daniela Tiemi disse...

Eu tb adorooo demais! Deus abençõe estes autores e a incrível imaginação de cada um deles! ;-) Não sei oq seria de mim sem eles... kkkkkkkkk!

Meyre Christina disse...

TAmbém amooo fantasia. Fadas, duendes, faunos, feiticeiras, leões e guarda-roupas, heheh! Como não viajar numa historia assim? Como não voltar a ser criança? Amo, amo. Agora fiquei louca por esse livro “A dança da floresta” . Otima dica. Bjssssssss

FlaviaMolina disse...

Adorei seu texto , muito lindo , me sinto exatamente como você, pra mim é maravilhoso começar um livro novo , conhecer novos personagens, novos lugares ....

Parabéns pelo texto mesmo, esta realmente lindissimo !!

Bjinhusss !!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela