"Katy Perry: a vida da nova rainha do pop" de Chloe Govan

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

“When I’m rich, you’ll be my bitch”


Em determinado momento da sua carreira em ascensão, Katy registrou a frase acima, já “predestinando” o que viria a seguir. Filha do meio de três irmãos em uma família extremamente-ultra-über católica, Katy passou boa parte de sua infância e adolescência sem ter contato nenhum com o “mundo externo”, pois era proibida de ouvir músicas pop e rock, não usava maquiagem, não conhecia garotos – na verdade, sentia-se como um deles. Aos poucos, descobriu a música e, desde então, vem lutando por seu espaço ao sol.

Nesta biografia (que não é oficial, diga-se de passagem – inocência a minha achar que era), a autora fez um apanhado histórico da vida pessoal da cantora pop, mesclando informações retiradas da imprensa com comentários de pessoas que conhecem(ram) a cantora. Chloe Govan exagera um pouco na repetição desses comentários, seja em seu conteúdo redundante (não sei quantas vezes “alguém” “supostamente falou” o quanto Katy estava se afastando de suas raízes), ainda mais porque eram comentários anônimos, então, a meu ver, neste caso não seria necessária sua inserção. Também os dois primeiros capítulos podiam ter virado um só, pois esse negócio de vida enfurnada na religião é muito chato.

“A vida da nova rainha do pop” é um livro interessante, que todos os fãs da Katy irão amar, fato! Chloe Govan fez um bom apanhado do material e conseguiu acompanhar a linearidade, embora ela, enquanto autora, deixe a desejar; toda vez ela terminava com uns comentários pessoais, que se repetiram ao longo do livro, realçando por demais os pontos centrais que o leitor já tinha entendido da primeira vez – a vida controversa, a indecisão de Katy em entregar-se ao pop e deixar pra trás a vida carola, etc. O livro tem um tom leve, assim como a cantora, mas a última página desanda, justamente porque a autora resolveu, novamente, colocar seus questionamentos pessoais, de modo que a leitura, em vez de acabar num ponto positivo, cai um ponto.

O projeto gráfico é lindo, atraente, e a seleção de fotos foi bem bacana. Dá vontade de mandar fazer TODOS aqueles vestidos!! *_* Na verdade, ao longo da leitura, você vai ficando com vontade de se maquiar, de se jogar nas festas, colocar um pouco de cor no mundo ao redor. Se é fachada ou não, não importa: Katy é uma pessoa divertida e bem-humorada, e podemos reparar isso em todos os detalhes de sua vida. Apesar do seu gosto duvidoso em escolher marido, ela se tornou um ícone que ela mesma gostaria de adorar quando criança: uma mulher forte, segura de si e de seu próprio corpo, bonita, colorida, que se permite se divertir e se recusa a sofrer por causa de homem. Well done, Katy!


Janda Montenegro.

10 comentários:

Sora Seishin disse...

Oi!!
Gosto bastante das músicas da Katy Perry! Não sei se leria a biografia, mas achei legal o livro ter fotos junto. Quero dar uma olhada nele :)
Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

Lari disse...

Oii!

Adoro as músicas da Katy mas não sei se leria a biografia dela não.
Não é meu gênero favorito, rs.

Beijocas

Lari - www.booksandwhatever.blogspot.com

Cacá SS disse...

Olha, eu gosto da Katy Perry, das músicas dela, mas não tenho paciência para biografias... esse eu vou passar, rss
Beijos

Nickinha23 disse...

Pois é, como todas as meninas abaixo, tb deixaria passar o livro da Katy Perry. Simplesmente, eu não curto o gênero biografia e nem me [e interessante saber os pormenores sobre a vida de um artista.

Mas a resenha está ótima!

Os fãs é que irão adorar o livro.

Bjs.

Isabela Carvalho disse...

Eu adoro demais a Katy mas não curto muito biografias!
Eu fiquei um pouco chateada por ela ter acabado o casamento com o Russell (que só durou 14 meses!)
Mas mesmo assim, desejo muito sucesso pra ela

Malucky disse...

Adoro a Katy Perry desde do primeiro minuto que ouvi I KISSED A GIRL, a acho super divertida e suas musicas sempre me animam. Não sou muito de ficar procurando saber tudo da vida dos artistas que me interessam, mais do que sobre seus trabalhos. Mas para quem curte ficar sabendo da vida completa de seus idolos acho que seria uma divertida dica.

Fellipe ramos disse...

Eu não sou fã da Katy Perry e nem de biografias, então não tenho vontade de ler esse livro, ainda mais agora sabendo que a autora exagera em certas partes do livro. Agora foi uma surpresa pra saber que ela não ouvia musicas de pop e rock e todas essas coisas enquanto era adolescente, eu nunca poderia imaginar!

Márcia disse...

Gosto das músicas, mas não sou fããããã da Katy ao ponto de querer ler sua biografia, então, esse eu passo. Mas pra quem gosta...

@Only_Mah

Daniele Alves disse...

Adoro as musicas da Katy Perry, o show dela no Brasil foi maravilhoso...mas não sou muito fã de biografias tbm, mas para quem gosta de conhecer um pouquinho da vida de seu idolo esta é uma boa dica!

Dani disse...

Adoro as musicas da Katy Perry, o show dela no Brasil foi maravilhoso...mas não sou muito fã de biografias tbm, mas para quem gosta de conhecer um pouquinho da vida de seu idolo esta é uma boa dica!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela