[Filme] "Um dia"

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012


"O que quer que aconteça amanhã, tivemos o hoje."

Em 2011, assisti a muitos, muitos filmes. Alguns  muito bons, outros nem tanto, mas se eu tivesse que escolher apenas um de todos que assisti o ano passado para indicar a vocês, sem dúvida, escolheria "Um dia". Este é um daqueles filmes que faço questão de comprar o DVD - assim que for lançado - para ter em casa e assistir várias e várias vezes.

Pretendia ler a obra que inspirou ao filme, mas com tantas outras leituras e tantas opiniões divergentes sobre o livro, não o li ainda. O bom disto é que vocês lerão nesta postagem uma opinião sob um olhar totalmente cinematográfico e sem comparações entre filme e obra literária. Não tenho dúvidas que na leitura encontraria uma história mais detalhada e, por isso, pretendo ler "Um Dia" de David Nicholls - já resenhado pela Dominique AQUI no blog - em breve. Meu receio é durante a leitura ter os sentimentos, que ao assistir ao filme já foram intensos, triplicados. Será que suportarei o tanto que detestei Dexter em alguns momentos em dose três vezes maior? Ou sentir o desfecho trágico e emocionante ainda mais profundamente?


Em "Um Dia" nos deparamos com a história de amor entre Emma Morley e Dexter Mayhew. Tudo se inicia no dia 15 de julho de 1988, quando se formam na universidade. Naquela noite, nada além de uma duradoura amizade surge entre os dois, apesar de um ser completamente diferente do outro. Vinte anos da vida deles são contados ao dia 15 de julho de cada ano, mostrando os caminhos que cada um percorre, e como conciliam a estrada paralela que cada um segue na vida com esta amizade. Há desavenças e decepções entre eles, mas também há risadas e confidencias. Este é um romance contubardo que só o tempo poderia se encarregar de consertar, pois Dexter e Emma não estavam preparados um para o outro ainda. Eles precisavam amadurecer. O maior impedimento para ficarem juntos são eles mesmos. Dexter é imaturo, promíscuo, ou como Emma mesma diz, mimado; já Emma é insegura e possui uma autoestima baixíssima. Eles conhecem bem os defeitos um do outro, e são o YIN e o YANG - os opostos que se completam.

"Se eu pudesse te dar um presente. Um presente que durasse toda a vida. Sabe o que eu daria a você? Confiança. Isso ou uma vela aromática".

O filme todo é lindo demais - mesmo tendo aqueles trechos em que senti vontade de estapear o Dexter pelas suas atitudes -, mas os vintes minutos finais são o ápice da trama, pois se retorna ao início do enredo e conhecemos totalmente o primeiro 15 de julho de Dexter e Emma. Ali, surgem as imagens e cenários mais belos (como a da capa do filme), os diálogos mais marcantes, e o desfecho não poderia ser mais perfeito. Tive a sensação de que a história começava novamente, mas já sabendo como tudo terminaria. E eu realmente desejei que começasse tudo de novo, mas que desta vez, tudo fosse diferente para Emma e Dexter. Fiquei angustiada pensando no quanto tudo poderia ser diferente, se eles tivessem feitos outras escolhas... Se tivessem percorrido outros caminhos, se tivessem tomado decisões diferentes... "Se...Se.." Mas não existe "se...", existe o que foi feito e não se pode voltar atrás.

O filme "Um dia" entrou para o rol dos meus favoritos por possuir: um drama emocionante; uma pitada de cenas divertidas; belos cenários; ótima trilha sonora (adoro o trabalho de Rachel Portman!); diálogos interessantes e boas atuações - realmente gostei do trabalho de Anne Hathaway e Jim Sturgess. Enfim, um belo romance que não me canso de assistir. Sim, já assisti várias vezes. Chorei em todas.

Não sei se depois que eu ler o livro minha visão sobre a história e os personagens mudarão. Ou se daqui a alguns anos, quando eu rever este filme, eu tenha uma perspectiva diferente de tudo isto. Mas uma coisa é certa, não deixarei de me emocionar com a linda história de Emma e Dexter. Acredite, vale a pena conferir.





Por Daniela Tiemi

14 comentários:

Fellipe ramos disse...

OI!!
Esse filme é um dos que eu tenho vontade de ler logo, parece ser bem emocionante e muito bom já que tem bons dialogos, boa atuação e uma boa trilha sonora para completar o enredo que já é bem interessante! Quero assisti-lo em breve e ler o livro também!

Daniela Tiemi disse...

Assista, sim, Fellipe! É um romance de qualidade! ;-)

Lili disse...

Lindo mesmo né Dani!? E tive a mesma vontade de estapear várias vezes o Dex em algumas cenas rsrs
Gostei muito da sua resenha e fico feliz que vc tb tenha gostado do filme tanto quanto eu :)
Beijos

Meyre Christina disse...

Não gosto de assistir filmes, se insisto sempre acabo com uma bela enxaqueca. Mas ando louca pelo livro, ainda mais depois que saiu a capa com os personagens do filme. Preciso ler! Bjkss

Lariane disse...

Daniela,

tem final feliz? Ou q nem o Querido John alternaram o final?

Confesso ter pedido e saber todo o enredo, por isso não quero ler.
Fujo de livros como esse, que me fazer chorar.
Heresia, não é? Principalmente por serem esses os melhores.

Beijo,
Lariane - Leituras & Devaneios

Daniela Tiemi disse...

Não li o livro para saber se alteraram o final, mas acho q não mudaram, não. Se quer mesmo saber, não tem final feliz não... É triste...rs.
=0/

Folhas de Sonhos disse...

Se a história é triste eu me interesso... Parece ser bonito, imagino que o livro seja mais ainda!

Abraços,
Luciana

Giu Fernandes disse...

Daniii!
EU PRECISO VER ESSE FILME, mas só o farei depois de ter lido o livro!! AHHH Deve ser um filme lindo mesmo! *-*
Adorei o post!!!
Beijos!

Kel Costa disse...

Ai, estou na sua situação: não tenho como ler o livro agora e toda hora fico pensando se devo ou não assistir ao filme. O meu problema é que depois de assistir uma obra, eu nunca me animo em ler a história, mesmo eu tendo gostado muito. Fico com preguiça de repetir tudo, sabe? Nunca fui de reler livros...

Então fico aqui, me remoendo e controlando para não ver esse filme, por mais que veja opiniões ótimas sobre ele. Tenho o livro aqui, qualquer dia vou colocá-lo na lista de leitura, como se tivesse sido enviado pela própria Intrínseca hahahaha

Bjs,
Kel - It Cultura
www.itcultura.com

Thais L Cavalcante31 disse...

Ainda não li nem o livro e nem vi o filme. Mas quero muito lê-lo! A história parece ser encantadora e pelo que vi em sua resenha, bem construída! Adorei!

Um beijão,
Pronome Interrogativo.
http://www.pronomeinterrogativo.com

FlaviaMolina disse...

Eu estava com tanta vontade de ver esse filme, so que queria ler o livro primeiro , ate que vendo umas resenhas sobre ele , li um comentario com um spoiler gigante , fiquei com tanta raiva que vou deixar esse livro pra bem depois.. quem sabe eu nao esqueça o spoiler rsrsrs . O bom que com isso aprendi a não ler os comentarios das resenhas !!!

Bjinhusss

Daniela Tiemi disse...

Eu assisti ao filme já sabendo o final... Mas me emocionei assim mesmo. Agora quero ler o livro. Acho q vou gostar mtooo. =0)
Spoiler é um problema... Nunca é bom ler os comentários, para evitar isto. rsrs. ;-)
Bjooo.

Carol santos disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU PRECISO DESSE LIVRO

Camila disse...

Simplesmente amei o filme! Adorei a dica! Esterei de olho no blog para a postagens de mais dicas sobre filmes! Obrigada!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela