"Os arquivos de Sherlock Holmes" de Sir Arthur Conan Doyle

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012


"Sou cérebro, Watson. O resto de mim é mero apêndice do meu cerébro."
("A pedra Mazarino")

Antes de falar sobre os contos deste livro de Sir Arthur Conan Doyle, contarei um pouco sobre as suas outras obras.
Sherlock Holmes teve sua estreia no universo literário em 1887 com o romance "Um estudo em vermelho" e alguns anos depois em "O signo dos quatro". Sua série de contos começou a ser publicada em 1891 na revista "The Strand Magazine" com o conto "Um escândalo na Boêmia". Ao todo, 56 contos foram criados e reeditados em cinco livros: "As aventuras de Sherlock Holmes", "Memórias de Sherlock Holmes", "A volta de Sherlock Holmes", "O último adeus de Sherlock Holmes" e, por fim, "Os arquivos de Sherlock Holmes". Entre estas publicações, houve dois outros romances: "O vale do terror" e "O cão dos Baskervilles".

Assim, como podem perceber, minha leitura dos contos sobre o famoso detetive foram iniciadas com o último livro publicado por Sir Arthur Conan Doyle. Mas em nada interferiu em minha leitura.
Antes desta obra - já a algum tempo atrás -, li dois romances de Sherlock Holmes: "O vale do terror" e "O cão dos Baskervilles", duas histórias muito boas, especialmente a última.

Em "Os arquivos de Sherlock Holmes" foram reunidos em 12 contos, a maioria narrados pelo Dr. Watson - grande amigo de Holmes que o acompanha em suas investigações -, exceto dois deles que foram narrados pelo próprio Sherlock Holmes ( “O soldado pálido” e “A juba do leão"). São eles:

A pedra Mazarino
O problema da ponte de Thor
O homem que andava de rastros
 O vampiro Sussex
Os três Garridebs
O cliente ilustre
Os três Frontões
O soldado pálido
A juba do leão
O fabricante de tintas aposentado
A inquilina de rosto coberto
O velho solar de Shoscombe

Gosto demais de Sherlock Holmes, sua personalidade marcante e cheia de peculiaridades o tornam um personagem carismático. Sua maior arma para desvendar os casos é sua astúcia; seu cérebro é sua maior ferramenta de trabalho - o que não impede que utilize de outros artifícios para emboscar seus suspeitos. Armando ciladas e utilizando de trajes para se fantasiar e passar despercebido ao seguir seus suspeitos; Holmes é observador - repara em detalhes que ninguém antes notara - e possui sua própria lógica para chegar a solução de um problema. O que não significa que tenha sido bem sucedido em todos os casos. Mas ele não trabalha pelo mérito, mas pelo desafio. Ele pouco se importa com a fama.

Existem muitos detetives excelentes na literatura, mas Sherlock é único. Se você ainda não o conhece através dos livros de Conan Doyle, eu recomendo que busque por esta leitura. Há vários filmes e séries - alguns realmente muito bons - sobre Holmes, mas nada substitui a leitura de uma obra, especialmente uma obra clássica como esta. Eu recomendo! E a Editora Martin Claret fez uma ótima edição deste livro. Vale a pena conferir.

“Sou um leitor que devora tudo. (...) Eu sabia que tinha lido em alguma parte num contexto inesperado.” 
("A juba do leão")


Minha classificação para esse livro é de  5/7- "Muito bom".

Por Daniela Tiemi

21 comentários:

Max disse...

Olá Daniela,

Ótima dica de leitura. Li várias vezes cada romance e cada um dos contos do Conan Doyle com o S. H. Sou fã do personagem. Creio que não exista na literatura, personagem que tenha tamanho poder de atração como Holmes, para se ter uma ideia, eu nunca vi nenhuma bibliografia de outro personagem fictício. Holmes possui estudiosos de sua vida, fã clubes espalhados no mundo, etc. Além de não se curva ao tempo. Continua fazendo tanto sucesso quanto na época em que foi criado. Tornou-se sinônimo de detetive e é tão palpável, cheio de vida, que muitos acreditavam que ele realmente existia e enviavam cartas com problemas cuja solução esperavam que ele desse.
Todo esse sucesso sem que o autor ao menos gostasse do personagem, já imaginou se fosse o contrário?
Abraços.
http://maxliteratura.blogspot.com/

Ângela Graziela disse...

Infelizmente eu nunca peguei nenhum livro do Sherlock Holmes para ler
Mas sempre falam muito bem e é um clássico
Quem sabe um dia eu ainda pegue para ler

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Meyre Christina disse...

Nunca gostei de Sherlock, sempre achei ele meio sei lá, esnobe. Não tenho paciencia com ele,rsrsr. Bjss

Fellipe ramos disse...

Eu ainda não li nada do Sherlock, mas quero seguir seu conselho e sair em busca de um livro dele, parece ser muito bom!

Naniedias disse...

Eu sou super fã de Sherlock Holmes e já li todos os romances e contos protagonizados pelo detetive (dentre os escritor por Conan Doyle, ao menos >< hahahaha).
Um dos livros que mais gosto é justamente a primeira aventura com ele - Um Estudo em Vermelho - e é também o livro que é o culpado em quase todas as vezes que não gosto de alguma versão cinematrográfica ><

Beijos, Nanie - Nanie's World

Carol Santos disse...

Preciso ler esses livros [aa]

Luciara disse...

oi Dani,
a única coisa que li do Sherlock foi o juvenil lançado pela intrínseca. Tenho muita vontade de ler e ainda vou adquirir todos.
Gostei muito da resenha querida, adoro histórias nesse estilo. ^^

beijos.

Adrianatbnu disse...

Nunca li nenhum livro do Holmes :(
Imperdoável...Vou ter que ler em breve.
Beijos

Daniela Tiemi disse...

Oi, Max! Eu percebi q vc gosta bastante de Sherlock pelas postagens no seu blog. Tb acho interessante o fato de que o autor não gostava do personagem enqto o resto do mundo é até hoje fascinado por Holmes. rs.
Bjo.

Daniela Tiemi disse...

Leia, sim, Adriana! É muitooo bom!

Daniela Tiemi disse...

Ainda tenho vontade de ler este livro que a Intrínseca lançou, "O jovem Sherlock Holmes". Curiosa *_* rsrs.

Daniela Tiemi disse...

Ainda quero todoooos os livros tb! ;-)
Bjo.

FlaviaMolina disse...

Gosto muito do Sherlock Holmes , mas tenho que discordar de você , pra mim o melhor é o Poirot , acho ele sensacional !!!

Bjinhusss !!!

Driely disse...

Adoro as aventuras de Sherlock Holmes..
Já li várias, não consigo parar de ler...
Adorei a resenha!!!!

Cristiane dornelas disse...

Eu sou doida pra ler pelo menos um dos livros de Sherlock; Os filmes já demonstram um pouco da personalidade desse personagem, mas mesmo assim nunca tem comparação com o original. Queria loucamente esse livro e uma vez cheguei quaaaaase a pegar na biblioteca da minha antiga escola, mas aí eu não peguei e quando fui lá de novo já estava com outro aluno. Me fufu né, e depois eu nunca mais tive interesse. Mas agora lendo a resenha me deu uma saudade, uma vontade de pegar pra ler. Muito bom.

RoseFuri disse...

Oi, Dani!
Comecei a ler Sherlock Holmes por acaso. Um dia me deu vontade de ler aí eu baixei (era só pra ver se era bom msm). Li o e-book e me apaixonei por esse personagem incrível de sir Arthur Conan Doyle! Por mais que tenha lido os 4 romances em e-book, aos poucos vou comprando os livros (e lendo novamente, pq é mto bom). Já comprei um de contos e já vi outro lindo com capa dura e vou comprar em breve.
Ainda não li nenhum desses contos, mas já ouvi falando q A Juba do Leão é ótimo!
Bem, nem preciso dizer q vou participar. Adorei a promo!
Bjs

@RoseFuri

Iranildo Jr disse...

Fanzaço de Sherlock!

J. Stanesco disse...

Oi, eu simplesmente adorei a dica. Já estava querendo mudar um pouco meu estilo de leitura, sair dos livros adolescentes básicos. Gostei muito mesmo, e eu adoro o S. H. ... Parabéns.

Samyle disse...

Nosssa, é uma história certamente diferente, eu quero ler...

Adriana disse...

participando...

Cris Aragão disse...

Li apenas um livro com o personagem Sherlock Holmes mas o conheço bastante através de diversos filmes com suas aventuras e investigações. Contos sempre são uma boa maneira de conhecer melhor um personagem em seu meio original. Embora literatura policial não seja exatamente a minha preferida, Sherlock vai bem além disso sendo um personagem interessantíssimo.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela