{Admirável Mundo Literário} Esse seu olhar...

sexta-feira, 16 de março de 2012


Em algum momento da sua vida, você já trocou um olhar com um desconhecido e sentiu um tremor dentro do seu corpo, como se uma corrente elétrica passasse por suas veias ao invés de sangue? Ou ao trocar um olhar com uma pessoa especial sentir-se ruborizada e/ou hipnotizada? E se nessa troca de olhar, você perceber que os mesmos sentimentos que percorrem seu coração, também se passam no outro? E se a pessoa possui aquele olhar capaz de fazer você se entregar, de desejar afundar-se em uma lagoa calma ou rio revolto, o que fazer?

Sentimentos e emoções como essas que ocorrem em um simples olhar, que nos fazem desmoronar, amolecer por dentro, suspirar, nos encantar e nos apaixonar... 

"Ele olha para mim de um jeito engraçado, mas acho que ele está lendo nos meus olhos o que se passa na mente, porque seus olhos meio que se ampliam e brilham, antes de rapidamente desviar olhar…
A arte se espelha na vida. A literatura como obra da arte, não deixa de evidenciar certos detalhes da vida, como, por exemplo, o poder que apenas um olhar tem sob outra pessoa. Tão forte, invasivo, abrasador....

Contemplando seus olhos... - sussurra. - Nunca senti nada assim. Joe Fontaine para Lennie. (O céu está em todo lugar - p. 251) 

A emoção que sentimos quando olhamos nos olhos daquela pessoa especial e percebemos que no meio de tanta gente, ele foi o eleito. Seja como for, você o deseja para si, pois o mundo estará para sempre fora de eixo se não for dessa forma.

Se com um único olhar, milhões de sensações podem atravessar nosso corpo, quem dirá com um toque:

"Quando ele me tocou, minha mão foi atingida como se uma corrente elétrica tivesse passado entre nós." (Crepúsculo - p. 41)

Porém, o olhar, ah, o olhar, ele sim pode dizer tudo o que não temos coragem em expressar:

- Ele ergueu os gloriosos olhos angustiados para os meus. - Você é, agora, a coisa mais importante do mundo para mim. A mais importante de toda a minha vida. (Crepúsculo - p. 201)

O olhar reflete quem somos, o que sentimos, o que desejamos...

Em Crepúsculo, Edward demontra em seu olhar o quanto deseja Bella, tanto por estar intensamente apaixonado, quanto por sua essência predadora, a parte em que deseja beber do sangue da amada, que é sobretudo, atrativo para ele.

Em O céu vai ter que esperar, Lennie Walker está de luto pela morte da irmã, mas também descobre que está se apaixonando e melhor ainda, que é correspondida e o olhar de Joe Fontaine transmite tudo o que ele sente: amor, paixão, ternura, orgulho...

Em No Fundo do Amor, apesar de Lily detestar seu vizinho Quince, quando vê seus olhos azuis como o mar, lembra imediatamente de seu lar, de seu reino marinho em Thalassínia. E não demora muito para ver também uma mistura intensa de diversos sentimentos refletidos nele.

Na Série Mortal, protagonizado pela tenente Eve Dallas e pelo deslumbrante Roarke, a tira durona sempre revela em cada livro que ao encontrar o olhar do marido derrete sempre por dentro, o único ser humano capaz de entender seus sentimentos, motivações e de conhecer seu ser profundamente. O mesmo acontece com Roarke, que ao encontrar os olhos de Eve, da cor do conhaque como descreve, desmorona e se enternece e enche-se de desejo.

O amor é mestre em achar caminhos para demostrar seus sentimentos e o olhar é um dos seus principais veículos. Traduzidos em milhares de livros, na música e até no cinema, o olhar com sua força avassaladora é capaz de provar para o mais cético dos homens, que o amor existe. O segredo é estar atento para os sinais!

                                                                                                                                                      

9 comentários:

Hérida Ruyz disse...

Eu acho maravilhoso esse tipo de declaração nos livros. Mas, na vida real, acredito que essa paixão avassaladora seja passageira. O amor de verdade se constrói no dia a dia, enfrentando os momentos bons e ruim justos.
BJs

Cristiane dornelas disse...

Nossa, pasma aqui. Que lindo *-* A maioria eu já li e amei. Livros lindos esses.

Daniela Tiemi disse...

Ai, o amor... Faz tempo q não sinto esta corrente elétrica, este poderoso olhar por alguém... rs. Mas é bom demais! rs
Adoro encontrar estes romances fofos ou intensos nos livros... Fico suspirando pelos cantos. Fico apaixonada pelos personagens! rsrs
Bjo.

Fabianne Almeida disse...

Quantas declarações profundas!"O segredo é estar atento para os sinais".Vou ver se a partir de agora presta atenção.

Fabianne

Andreia Rainha disse...

Quando ele me tocou, minha mão foi atingida como se uma corrente elétrica tivesse passado entre nós."tão lindo <33

Folhas de Sonhos disse...

Estar apaixonado é bom demais... post super inspirado :)

Nattacha disse...

Aii que texto mais lindo *-* Nada melhor do que o poder que o amor tem sob as pessoas, das varias maneiras como se manifesta, como um olhar, e é tão maravilhoso quando nos deparamos durante uma leitura com um amor assim, tão encantador :D Eu adooooro um bom romance e quando esse tipo de "olhar" acontece é puro deleite, como no caso do Joe Fontaine *-* ahh esse rapaz é puro amor xD
Beijos :*

Marianna Santos disse...

Adorei o texto. A arte realmente se baseia na vida real e creio que um olhar pode expressar muito mais que as palavras.

Jessmesquita disse...

Nada se iguala ao poder de um olhar...

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela