"Anjo mecânico" de Cassandra Clare

terça-feira, 22 de maio de 2012


"Ele abriu a boca. As palavras estavam lá. Estava prestes a dizê-las quando uma onda de pânico passou por ele. O pavor de alguém que, vagando em uma bruma, para e percebe que está a poucos centímetros do abismo. A maneira como olhava para ele - podia ler o que tinha em seus olhos, percebeu Will. Devia estar escrito com clareza ali, como palavras na página de um livro. Não teve tempo, nem chance, de esconder."
(p. 366)

Inglaterra. Século XIX. Tessa Gray sai de Nova York após o falecimento de sua tia Harriet e parte para a Inglaterra para se encontrar com seu único parente: o irmão, Nathaniel. Mas ao desembacar do navio naquele país frio e nebuloso, a garota se depara com duas senhoras que dizem estar lá para buscá-la, pois Nathaniel estaria muito ocupado. É quando Tessa é sequestrada pelas irmãs Sombrias: a Sra. Dark e a Sra. Black.

Após dois meses sendo treinada pelas Irmãs Sombrias para desenvolver - sob ameaças e açoites - um poder que não sabia que possuia, Tessa parece que finalmente está pronta para ser entregue ao Magistrado com quem deverá se casar. Ela não sabe quem é este Magistrado que as Irmãs Sombrias tanto temem e está ciente do risco de ter seu irmão - que é mantido em cativeiro - morto se tentar fugir.
É quando um estranho invade seu quarto. Um Nephilim de 17 anos de cabelos negros e olhos azuis que a ajuda a escapar. E assim, Tessa é integrada ao mundo dos Caçadores Sombras que estão dispostos a ajudá-la a resgatar seu irmão e desvendar os mistérios que envolvem a família Gray. Tessa tem o poder raro de se transformar na aparência de qualquer pessoa se tiver em mãos um objeto pessoal desta. Ela seria então uma feiticeira? Mas todos os feiticeiros possuem uma marca que a garota não tem; e seus pais e irmão são humanos... Não são? E, quem seria o Magistrado e qual seu interesse em Tessa? Como ele sabia de seu poder de Transformação quando nem ela ao menos imaginava que possuia?

Quem já leu algum dos livros da série "Os instrumentos mortais" sabe o quanto é viciante uma obra escrita por Cassandra Clare. "Anjo mecânico" (Editora Galera Record, 392 páginas) - primero livro da série "As peças infernais" - não é diferente. Com uma história envolta em mistérios, mergulhar na trama e se envolver com o drama de cada personagem é fácil, difícil mesmo é finalizar a leitura sem o próximo exemplar em mãos (por sorte, já tenho "Clockwork Prince" aqui! \o/). É finalizar a leitura sem estar apaixonada por Jem e/ou Will. E, não sentir aquele sentimento de abandono quando a história chega ao fim.

Os personagens são incríveis. Tessa é uma personagem forte e corajosa, inteligente e curiosa. O tempo todo faz perguntas e busca por respostas. E, ela é ainda uma leitora voraz! Claro que me identifiquei muito com a personagem e me deliciei a cada citação de outros livros feita por ela ou Will - também apaixonado por livros. Mas o grande destaque entre as citações é uma obra de Charles Dickens chamada "Um conto de duas cidades" que retrata um triângulo amoroso entre Lucie Manette, Sydney -  um frequentador de bares - e o bondoso Charles. O que parece ser o mesmo rumo que está seguindo a história de Cassandra Clare: um triângulo amoroso doloroso e intenso.

"Sim, tinha sido grosseiro quase o tempo todo desde que a conheceu, mas isso sempre acontecia em romances. Veja como Darcy foi grosso com Elizabeth Bennet antes de pedi-la em casamento, e até mesmo quando pediu. E Heathcliff nunca foi nada além de rude com Cathy. Mas tinha que admitir que em Um conto de duas cidades, tanto Sydney Carton quanto Charles Darnay tinham sido muito gentis com Lucie Manette. No entanto tive a fraqueza, e ainda tenho, de desejar que soubesse com que mestria me acendeu, o monte de cinzas que sou, em fogo..."
(p. 369)

E tem William e James. Eles são mais que dois amigos Caçadores de Sombras. Eles são parabatai - estão ligados a um juramento de fidelidade e proteção um ao outro. Uma ligação forte que não pode ser desfeita a não ser pela morte.
Will é arrogante e sombrio. Encontra sempre uma forma de dizer algo desagrádavel e até ofensivo às pessoas - mesmo com aqueles que o acolheram no Instituto de Londres. Parece não se importar com o que as pessoas sentem ou pensam sobre ele. É muito bonito, com seus cabelos escuros e olhos azuis. Há algo mais: um segredo e uma intensidade que me deixaram fascinada por ele.
Jem é calmo e sensato. Toca violino e trata a todos com muita educação, mas é também determinado. Dois personagens incríveis e que facilmente nos apaixonam.

Toda a aventura do universo dos Caçadores de Sombras entre as sombrias noites nebulosas da Londres Vitoriana faz com que cada luta e mistério a ser desvendado seja ainda mais emocionante. Acreditem, vale muito a pena!

Minha classificação para esse livro é de  6/7- "Excelente".

Veja a cotação do livro no SKOOB  e a opinião de outros leitores.


Série "As peças infernais*":

♥ Anjo mecânico #1
♥ Clockwork Prince #2 (ainda não publicado no Brasil)
♥ Clockwork Princess #3 (lançamento previsto para 19 de março de 2013 nos EUA)

*Esta é uma série independente da série "Os instrumentos mortais", apesar de também retratar o universo dos Caçadores de Sombras. Mesmo se você não leu - ou não finalizou - "Os instrumentos mortais",  pode iniciar a leitura desta série sem medo de spoilers.

Daniela Tiemi

22 comentários:

Sora Seishin disse...

Oi Dani!
Gostei da sua resenha, mas fiquei com uma dúvida: esse livro é continuação da série Os Instrumentos Mortais, ou é independente?
Eu li o 1º e 2º volume de Os Instrumentos Mortais, gostei mas não me empolguei muuuito com a série.

Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

Daniela Tiemi disse...

Oi, Sora! Não é continuação, não. É uma série independente, porém retrata ainda o universo dos Caçadores de Sombras. A história se passa em outro século e são outros personagens - apesar de terem parentesco com os personagens de Instrumentos Mortais. E, personagens como Magnus Bane, tb fazem parte da trama, oq eh bem legal!
Vou acrescentar esta informação à resenha, é um detalhe importante de esclarecer q deixei passar. Obrigada.
rs.
Bjo.

Daniela Tiemi disse...

Eu gostei bastante da Tessa, ela não é daquelas mocinhas estúpidas que fazem tudo errado por teimosia ou burrice mesmo. rsrsrs.
=0)

Nattacha disse...

Adooorei a sua resenha! E tenho que confessar, não sei porque, mais eu vou mais com a cara dessa serie do que Os Intrumentos Mortais em sí, e olha que tenho os três primeiros volumes e sempre deixo para depois, mas esse livro esta sendo tipo: Preciso dele! Adooorei a mocinha, ela não tem jeito de quem é idiotinha, serio, tenho raiva de livros com mocinhas bobas demais!
Espero poder ler esse livro logo, estou bem curiosa, ainda mais por ele se classificar nesse novo genero literario: steampunk!
Bjos :*

Cristiane dornelas disse...

Todos falando super, mas super, mas suuuuuper bem desse livro e eu só boiando...Tenho um livro dessa autora, mas ainda não li, então não sei o que esperar dela. Mas pelo visto a mulher escreve e muito heim. Nossa...estão me deixando curiosa com esse livro!

Stories and Advice disse...

Oiee
Nossa hein esse livro é assunto, acabei de passar em alguns blogs e li 3 resenhas desse livro.
A sua resenha só me animou mais para essa leitura, fiquei curiosa viu rs.
Beijos

Carolinices disse...

Oi Dani!
Cadê tempo pra ler tudo? rs

Tenho os 2 primeiros livros dos Instrumentos Mortais, mas ainda não consegui ler.

E pra piorar, já quero essa série nova! rs

Adorei!

Beijo

Suzy ♥ disse...

Pois eu vou ler, pq gostei de Instrumentos Mortais.

Daniela Tiemi disse...

Leia, sim! É bom demais!

Daniela Tiemi disse...

Livia! Arranja um tempinho para os livros da Cassandra Clare, pois são superrrr legais! ;-)

Tyele disse...

Estou louca para ler esse livro e fora que ele é tão lindoooo!!
O problema é o precinho!!
kkkkk
beijinhos

http://tyelehopes.blogspot.com.br/

Aline Coelho disse...

Ainda não li nada dessa autora mas todos adoram, tô curiosa.
Agradço a visita que fez ao meu blog LVP.
Sucesso e boas leituras.

Adrianatbnu disse...

Gostei do fato de mencionar os livros clássicos que eu tanto amo, deve ser mesmo interessante.

Ananda Martins Oliveira disse...

esse livro é muito bom, vale a pena ler!

Fábia Gon disse...

já gostei só por citar meu adoravél "orgulho e preconceito"

Maianerossi disse...

Já li algumas resenhas desse livro reclamando que em alguma partes do texto, a leitura fica meio cansativa ou não acompanha o fato da história não se passar nos dias atuais. Mas a capa me conquistou desde a primeira vez que eu bati os olhos. Quero ler! *-*

Aryane Campideli disse...

faz muito tempo que to afim deste livro, serio leio todas as resenhas *-*, achei a sua super fofa! este livro para ser muito bom, ta na minha lista de top desejados!

Gizeli Meister disse...

Anjo mecânico está com uma resenha melhor que a outra...
Vou ter que ler ......rsrssr

Blog da Lilica disse...

Oi
Já vi vários comentários sobre esse livro tanto positivos como negativos também. Eu quero muito ler e espero que goste pois até agora todas as resenhas que li só me deixaram com mais vontade de ler.
Beijokas

Wallace Alves disse...

Muitas pessoas estão dizendo que Will e Jace são muito parecidos, masu eu discordo, Will é bem mais sombrio e rude que Jace, que apesar de ser como é sempre demonstrou amor para com a família que o criou ao contrário de Will que se mostra tão frio nesse ponto, que a sua “mãe de criação” acha que ele não sente nada por ela. Tirando o costume de usar o sarcasmo para se esconder dos outros, eu os acho muito diferentes.

Thayla Carvalho disse...

Esse livro é muito disputado. Eu tento ter esse livro faz muito tempo, mas não obtenho sucesso. Espero conseguir tê-lo agora.

Luana Backes disse...

To terminando de ler . MUITO bom!!!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela