"Stravaganza" de Mary Hoffman

terça-feira, 19 de junho de 2012

Lucien é um jovem de apenas 16 anos, mas que já conhece o sabor amargo da doença e convive constantemente com a possibilidade morte prematura. Ele está com câncer, sente-se sempre muito cansado. A quimioterapia apesar de combater a doença, deixa-o ainda mais arrasado, a ponto dele não saber até que ponto o que sente é reflexo da doença ou do tratamento.

Sua vida sofre uma reviravolta quando muito cansado até para falar, seu pai dá-lhe de presente um belíssimo caderno para ele escrever o que passa por sua mente, para conversar. Mais próximo do filho, o pai de Lucien, conta-lhe história sobre Veneza, a cidade das águas e deixa o menino encantado.

É a partir daí que começa a aventura de Lucien...

O caderno que seu pai lhe dera, era um precioso e raro amuleto capaz de levar uma pessoa para o país de Tália. Lucien é transportado para a esplendorosa cidade de Belezza, similar a nossa conhecida Veneza, porém, mais bonita e enigmática. 

A primeira vista, Lucien não sabe o que está acontecendo com ele, na realidade, ele acredita que tudo não passa de um sonho, um sonho bom, onde ele se sente bem, saudável, seus cabelos voltaram a crescer, não há vestígios da doença que o mata lentamente em sua casa. Ele também não sabe que chegou na cidade de Belezza, exatamente no dia proibido, o dia em que estrangeiros não podem pisar em Belezza, somente as pessoas nascidas naturalmente na cidade. E a penalidade para quem pisar lá nesse dia é a morte. 

Mas ele não é o único a transgredir as leis, mesmo tendo consciência do  crime, Arianne, uma bela jovem, também estava lá. É ela quem o salva! 

Em sua segunda visita a Belezza, depois de descobrir que não era um sonho o que estava vivendo, e sim, realidade, em um tempo diferente do seu, em um mundo que não era o seu, mas era muito semelhante, Lucien descobre através de Rodolfo, que é um Stravagante, um ser capaz de se transportar de um mundo para outro, mas que deve obedecer as leis que regem a viagem, se não os dois mundo podem correr um grave perigo. 

Stravagante é um livro para ser lido com calma e para ser apreciado. Longe de ser uma leitura leve, o leitor precisará de bastante atenção para entender os mecanismos que regem as viagens entre os mundos e para entender a política da cidade de Belezza. Esse fator contribui bastante para tornar a leitura rica em detalhes e acontecimentos bem encadeados

O ritmo da leitura também é um dos fatores que contribuem muito, pois conforme a trama evolui, ocorre uma série de acontecimentos, que deixam o leitor aflito pelo destino de seus personagens.

O personagem principal é um fofo. O fato dele estar com câncer, torna tudo melhor, pois enquanto sua vida encontra-se em suspensão no seu mundo real, sua rotina em Belezza fervilha de novidades, emoções e aventuras. Outra personagem igualmente interessante é Arianne. Mas nenhum ganha de Sir Rodolpho. Que homem inteligente! Mas quem realmente me conquistou foi a Duquezza  e a elegi como minha personagem preferida. Além de bela, inteligente, ela também é vingativa, cruel, mas piedosa quando necessitam dela. A Duquezza de Belezza é uma lider nata.

A autora Mary Hoffman conseguiu me surpreender com aquele final bombástico. Admito que eu cheguei a cogitá-lo, mas não pensei que a autora teria a audácia de realmente torná-lo veritico. Fiquei com lágrimas nos olhos quando Rodolpho vê a mãe de Lucien através do espelho... [Chega de spoiler]

Enfim, Stravaganza é uma leitura super recomendada para todos aqueles que apreciam viagens no tempo e no espaço, livros bem escritos e muita, muita aventura. =)

Obs.: A capa e o acabamento interno do livro são primorosos. Parabéns, a editora iD pelo capricho!


Minha classificação para esse livro é de ♥ 5/7- "Muito Bom".

Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.


17 comentários:

Sora Seishin disse...

Oi Dominique!
Não fazia ideia de que esse livro era tão bom!
Eu também me encanto com Veneza desde criança, apesar de nunca ter ido para lá. Fiquei com vontade de ler.
Só não gostei dessa capa.

Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

Cristiane dornelas disse...

Hummm... interessante. Nunca tinha visto esse livro mas já gostei pela capa e a sinopse é interessante. Acho que daria uma chance sim e gostaria de ler. Ele é legal pelo visto.

Maianerossi disse...

A capa não chama muita atenção, mas a resenha me deixou bem curiosa, mesmo apesar de até mesmo a resenha não ter sido uma leitura muito leve. rs

Luciana Pimenta disse...

Oie...
Tudo bom?
Nossa eu amei a capa.... nunca tinha visto este livro.... Parabéns pela resenha....

Adorei seu blog... Já estou seguindo...
Depois dá uma passadinha no meu para conhecer... Relíquias da Lylu =D
http://reliquiasdalylu.blogspot.com.br

Cláudia Charão disse...

Oi Dominique

Não sabia sobre o que era esse livro, o enredo lembra um pouco A Maldição da Pedra, eu gosto dessa ideia de universo paralelo e a cidade que a autora inventou parece impressionante. Gostaria de ler.

:)

Kézia Lôbo disse...

Surteiii completamente, eu quero esse livro pra mim, com certeza... Achei o titulo perfeito, a capa demais e a resenha entaum, me deixou morrendo de curiosidade.... Bahh

Karolyne Kazakeviche disse...

Que capa linda, apaixonei =O Realmente muito bem feito =)
A história bem envolvente tbm.

Andressa disse...

Poxa que bacana este livro. A capa parece muito linda e detalhada, ainda bem que o livro segue este padrão! A história é linda e emocionante, no começo da resenha cheguei a acreditar que seria triste mas agora vejo que há bastante aventura e esperança... Fiquei com vontade de ler! E estou adorando os lançamentos da Editora ID.
Parabéns pela resenha
Beijos

Dominique disse...

É uma leitura deliciosa e as descrições são incríveis. =D

Vale a pena se aventurar.

Bjs!

Dominique disse...

A leitura não é difícil, mas os detalhes formam um quebra-cabeça, que você tem que estar atento para não perder nenhum detalhe. O bacana é você ver e entender o castelo de cartas sendo construído e depois, vê-lo derrubado. Rs! Leia!

Bjs!

Dominique disse...

Cláudia, ele não tem nada a ver com A MALDIÇÃO DA PEDRA. Juro!

Comparado os dois, A MALDIÇÃO DA PEDRA é bem melhor, mas STRAVAGANZA não fica atrás.

É um enredo diferente, garanto.

Bjs!

Dominique disse...

Também achei a capa linda e o livro não me decepcionou. Qdo você lê-lo, me conta o que achou.

Bjs!

Dominique disse...

Ah, querida, tb pensei que haveria um final triste e de certa forma houve, mas foi compensado de uma forma surpreendente. Acho que você gostará da leitura. =D

Bjs!

Andressa disse...

Pelo menos a história compensa o final triste né, às vezes se a autora tivesse escrito um final feliz não seria um livro tão bom...
Obrigada pela resposta,
Beijos!

Suzy ♥ disse...

Adoro livros sobre Veneza, ele vai virar filme?

Julianacocentino disse...

Nem acredito q vão relançar este livro, e finalmente, lançar os outros da série no Brasil. A anos espero por isso e até e-mail pra escritora mandei.
Estou muito feliz q vou poder ler os outros. Finalmente!

Duda disse...

Eu Quero os próximos :'( !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
essa é mesmo uma ótima leitura eu amei, ja terminei o primeiro e o segundo, queria ler os outros, mas a editora ainda não publicou aqui no Brasil

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela