À procura da felicidade

terça-feira, 4 de setembro de 2012


Olá, amigos!

Há mais de um mês, eu tento buscar coragem e forças para escrever esse post e colocá-los a par das novidades. Mas por mil razões, eu nunca conseguia organizar as ideias e expô-las para vocês. Mas, eis que o derradeiro momento chegou e finalmente, eu me senti pronta para falar.

Mês passado, eu me demiti da escola em que eu trabalhava, após dois e meio de dedicação. Não foi uma decisão fácil de tomar, pois eu adorava trabalhar lá, mas por motivos variados, eu me decepcionei um pouco e percebi que os meus objetivos profissionais, estavam longe de serem realizados se eu continuasse lá. 

Há alguns meses atrás, eu já vinha estudando para passar no concurso de Magistério do Rio de Janeiro. Confesso que dentre tantas prefeituras, eu sempre sonhei em trabalhar na prefeitura da minha própria cidade, então, quando saiu o edital, entrei em um preparatório e comecei a estudar. Mas trabalhar o dia inteiro, levar a bebê comigo - ela estava matriculada no berçário da escola -, chegar em casa e cuidar dela e depois ter que estudar, estava sendo exaustivo para mim. Tomei minha decisão pensando em primeiro lugar o que seria melhor para mim e depois para minha filha, que terá muito mais tempo para ficar comigo se eu for chamada nesse concurso. 

Aliás, eu não tinha mais tempo para nada na minha vida e não estava no cargo que eu almejava e para qual eu estudei, não estava feliz profissionalmente. Não valia tanto sacrifício! 

Olhando para trás, eu não me arrependo. Ontem, dia 02 de setembro, eu fiz a prova do concurso e sai de lá confiante, apesar de muito chateada, pois marquei uma resposta errada no cartão resposta. Argh! Deu uma vontade enorme de chorar, mas não vacilei e continuei marcando as respostas com atenção redobrada, afinal, eu não estudei tanto para surtar nos últimos minutos. 

O gabarito da prova saiu hoje. Admito que estava com muito medo de olhar e pedi silenciosamente a Deus em meu coração, que meu sacrifício não tivesse sido em vão. E a notícia mais que demais é que eu passei na prova. Uhuuuuuu! Acertei 76% da prova. Quase chorei quando vi o resultado. Rsrsrs!

Mas tenho os pés no chão, pois ainda falta avaliar a prova discursiva e depois ainda terá a prova prática. Mas tenho fé que irei conseguir sair vitoriosa de todas as etapas.

Esse post é para explicar o motivo da minha ausência no último mês e pedir desculpas aos meus parceiros pelas resenhas atrasadas, alguns ganhadores pela demora em enviar os prêmios e aos nossos leitores por encontrar a casa vazia. Minha cabeça estava cheia demais! =D Sei que vocês irão compreender. 

Ao conversar com a Daniela um dia desses, eu salientei que por objetivos diferentes, ambas tomaram decisões importantes para suas próprias vidas no mês de agosto. O mais importante de tudo e essa é a mensagem que eu quero deixar para você: persiga seus sonhos, não desista de alcançar seus objetivos. Mesmo que você não consiga realizá-lo imediatamente, continue tentando. Um dia você conseguirá realizá-lo!

Por fim, eu não poderia deixar de agradecer a Deus pela família maravilhosa, após avaliar todos os fatores, prós e contras, apoiaram minha decisão e resolveram apostar no meu potencial. A minha mãe, eu agradeço pela força e por cuidar da Luiza. E ao meu marido por garantir o pagamento das minhas inúmeras contas. E ao mesmo tempo, eu agradeço muito aos dois, por nos momentos de falta de confiança repetirem para mim: você vai passar, estuda mais, para de ser pessimista! 

Não sei se felicidade no trabalho existe, mas sei que existe satisfação pessoal. Eu escolhi o magistério com o coração e tenho absoluta certeza de que posso fazer a diferença na vida das minhas crianças. E sei também que não seria feliz e/ou satisfeita em qualquer outra profissão por melhor que ela seja. Meu lugar é dentro da sala de aula com crianças gritando, agitando o ambiente. Louca? Só um pouco. Rsrss!

Ah, estou tão feliz! =D


13 comentários:

Daniela Tiemi disse...

Nique, to torcendo muitoooo aqui por você! E, que todos os nossos se realizem, né?! A jornada nunca é fácil, mas o importante é jamais desistir. No fim, teremos nossa recompensa!

Abraços.

Beliminhaversao disse...

Parabéns! Sua força é admirável!! Você vai conseguir!

Folhas de Sonhos disse...

Parabéns! Também trabalharei em Educação, e é gostoso demais. Sucesso pra você!

abraços,
Luciana
http://folhasdesonhos.blogspot.com

Viagem Literária disse...

Ei Nique,

Saudade das nossas conversas na net!
E a vida é isso mesmo, é lutar pelos nossos sonhos e correr atrás de tudo agora para garantir o que for melhor para a sua filhinha.
Torcendo muito por vc, mesmo de longe, boa sorte e bom estudo nas próximas etapas do concurso!

beijos

Gizeli Regina Meister disse...

Parabéns, e boa sorte, a vida é assim cheia de escolhas e vc teve coragem de mudar. Parabéns!!!

Gladys Sena disse...

Desejo que você consiga realizar seu projetos e seja muito feliz sempre!

=D

Maianerossi disse...

É bem difícil a gente encontrar profissionais da educação satisfeitos com sua escolha de vida profissional. E quando encontramos pessoas como você, isso só nos deixa mais felizes e confiantes de que a educação pode sim mudar muita coisa. Sou estudante de Pedagogia e espero, assim como você, sentir muito prazer em estar na sala de aula, as poucas experiências que tive até agora só me deixaram com mais vontade de me formar logo e assumir uma turma.

Parabéns, Dominique!

Ana Paula Barreto disse...

Entendo perfeitamente!! Não deve ser nada fácil abrir mão do que é "seguro" e confortável para lutar por um sonho, que por hora não é palpável. Mas sem se aventurar no novo a gente nunca sai do velho.
Espero que você passe no concurso e que aproveite muito a nova etapa de vida.
Acho que felicidade no trabalho não existe. Penso que felicidade é um todo, um contentamento com a vida! Mas com toda certeza a satisfação no trabalho existe e é fundamental para uma vida feliz!
Boa sorte!
bjs

Manu Hitz disse...

Que lindo, Dominique! Quanta sensibilidade nas palavras, me emocionei. Parece que este post veio como uma mensagem para mim, tb estou chateada e quero dar uma guinada na minha vida profissional.
Imaginar q, com bebê e trabalho, além do blog, vc conseguiu estudar e passar... nossa, quanta garra!
Precisava ler isso, hj. Tocou meu coração de modo especial. Estou estudando, mas um tanto desmotivada e relapsa.
Obrigada.

Luciane Herbst Valim disse...

A vida é feita de escolhas. Quando me formei também optei em ficar um tempo só estudando para passar em concurso. Valeu a pena, fiquei 10 meses em casa, e meu filho tinha 03 anos naquela época, estudei muito e hoje já tenho doze anos como engenheira concursada da prefeitura da minha cidade. Estou torcendo para sua aprovação. Parabéns pelo sucesso já obtido. Um abraço.

Cristiane Silva disse...

Eu que estou aqui acabando o ensino médio... esse post me fez pensar. Bem, parabéns, sorte e felicidade ness anova etapa! E que dê tudo certo!
ps: e que você não enlouqueça de vez xD

Fabianne disse...

Que legal!Parabéns pelo desempenho e muito sucesso nessa carreira desafiadora!
Bjs

JessicaLisboa disse...

Parabens guria, que tu consiga alcançar seus sonhos (novamente). Para alcançar nossos objetivos temos que abrir mão de outros.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela