"As Vantagens de Ser Invisível" de Stephen Chbosky

segunda-feira, 18 de março de 2013


(...) Patrick começou a acelerar o carro, e antes que chegássemos ao túnel, Sam se levantou e o vento transformou seu vestido em ondas do mar. Quando chegamos ao túnel, todo o som foi engolido num vácuo e substituído por uma música no toca-fitas. Uma linda canção chamada "Landslide". Quando chegamos ao fim do túnel, Sam deu um grito muito divertido, e foi isso. Chegamos ao centro. As luzes nos prédios e todo o resto eram maravilhosos. Sam se sentou e começou a rir. Patrick também riu. Eu comecei a rir. E naquele momento eu seria capaz de jurar que éramos infinitos. (Pág. 49)

Em As Vantagens de Ser Invisível conhecemos Charlie, um garoto de quinze anos com uma vida inteira pela frente, mas com o enorme desejo de vivê-la intensamente, de senti-la passar entre os dedos, de tocá-la, saboreá-la. 

A história de Charlie se passa no ano de 1991, onde se ouvia músicas em discos e toca-fitas, falar sobre sexo, homossexualismo com os pais era tabu, entre outras características da década. Charlie é ingênuo, não compreende ainda sobre vários assuntos, mas é também inteligentíssimo, possui uma mente aberta e um olhar indagador sobre tudo, observador, sensível e amigo, ele conquista sempre a todos ao redor.

Sua vida realmente começa quando ele começa a sair com is irmãos, Sam e Patrick, alunos veteranos de seu colégio e também mais velhos. Imediatamente, ele se apaixona por Sam, mas não é correspondido, o que não lhe impede de andar com a moça e sua turma de amigos. A partir daí, ele começa frequentar festas badaladas, trava contato com drogas e bebidas alcoólicas, conhece o amor, beija pela primeira vez, entre outras experiências doces e amargas. 

Sobretudo, Charlie parte em busca da descoberta de si mesmo, do que gosta e do que não gosta. Aprende através da experiência o que é magoar e ser magoado, amar e ser amado, do significado de ser amigo, de expor o que pensa, de ter uma opinião própria e não se deixar levar pela corrente. 

As vantagens de ser invisível é uma doce viagem de volta a adolescência, aos tempos das dúvidas, do primeiro amor, das brigas e do sabor do futuro tão incerto, inseguro. A história é contada em primeira pessoa, a partir das cartas que Charlie escreve para um destinatário desconhecido sobre tudo o que acontece em sua vida, na escola, em casa , nas baladas e também na vida de seus amigos. Ele decide começar a escrever quando não compreende o motivo pelo qual seu melhor amigo se suicida, quando poderia ter simplesmente conversado com ele sobre os motivos que lhe afligiam.

Sam e Patrick seus melhores amigos lhe ensinam tudo o que há para saber para passar pela adolescência tendo aproveitado dos melhores momentos e a passar pelos piores do melhor jeito, amadurecendo com as experiências, não se deixando abater. E o amor e a admiração de Charlie por eles não tem limites, é lindo!

O autor Stephen Chbosky recheia as cartas de Charlie com momentos alegres, tristes, despretensiosos e até tensos, surpreendendo com um final inimaginável. Stephen Chbosky criou personagens verossímeis aos da vida real com suas virtudes e defeitos, alegrias e tristezas. 

As passagens que mais gostei da leitura foram as citações de livros e músicas. O professor de Língua Inglesa de Charlie lhe indica várias leituras, algumas o garoto adora, outras admite não entender absolutamente nada como acontece também conosco. As citações de músicas marcam momentos especiais de sua história com os amigos, dando um ar meio nostálgico a trama. Quando ouve uma música muito especial, Charlie se questiona sobre o que o compositor sentiu ao escrevê-la ou até como outras pessoas sentem-se a respeito daquela canção, se ela os faz relembrar algum momento especial, se as emociona. 

Leitura recomendada. 


Minha classificação para esse livro é de  3/6 - "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

As Vantagens de Ser Invisível. Chbosky, Stephen. Editora Rocco, 2012, 223 p. 



31 comentários:

Naty C disse...

Quero muito ler esse livro, só ouvi comentários positivos. Adorei o fato dele se passar nos anos 90 (minha infância) *-*

Carolina Estrella disse...

Oi, Dominique
Muito interessante o livro. Ano passado o povo comentou muito sobre o livro no facebook, mas não tinha me interessado. Depois da sua resenha fiquei com vontade de ler.
Mudando de assunto...
Adorei te conhecer e adorei o laytou do seu blog! Lindoooo :) O que são os selinhos das colunas? Perfeitos!


Beijos,

Larissa Alves disse...

Em praticamente todo os sites que eu entro estão falando desse livro e eu não tinha me interessado até ler sua resenha.

Inês Gabriela A. disse...

Na verdade você cometeu um erro, li esse livro e tudo, mas o nome do protagonista é Charlie e não Sam. Me surpreendi com a sua nota, sinceramente achei que seria maior, não é um livro sobre fantasia nem nada do tipo, na verdade é até bem simples, mas me cativou.

Dominique disse...

Oi, Inês!


Obrigada por sinalizar que eu confundi o nome de Charlie por Sam, a garota. Rss!


Então, dei essa nota pq apesar de ter apreciado bastante a leitura, não mudou minha vida, não fiquei vidrada. Sabe? Tb me cativou, mas sei lá, não me impressionou. Rs.


Beijos.

Inês Gabriela A. disse...

De nada ^.^

Eu tbm gostei do livro, apesar de não ter sido a melhor leitura foi bacana, mas como você disse não impressionou. Parabéns pela resenha, ficou bem bacana ^.^

Karen Senoo disse...

Estou ansiosa para ler este livro há um tempo. Claro que minha curiosidade veio junto com a estreia do filme e muito por conta do elenco. Parece ser um livro bastante irreverente e sempre gosto quando no livro há trechos de cartas. Eu adoro, traz um ar diferente à narrativa =) Quero ler.


Bjs
@Tibiux

Ana Paula Barreto disse...

Não li o livro ainda, mas gostei bastante do filme. E se a história seguir mais ou menos na mesma direção, deve ser uma boa obra. Acho que vai muito além das confusões psicológicas de um adolescente. É a descoberta, a "cura", a volta por cima, a amizade e o amor. Eu gostei e quero ler o livro um dia desses.
bjs

Livia Braga disse...

Olha quando eu vi o filme achei que livro seria muito mais interresante porém estou errada...

Larissa Siriani disse...

eu amei o filme, e tenho a sensação de que o livro vai me deixar ainda mais emocionada. As Vantagens de Ser Invisível é realmente uma história de autodescoberta, e de amizade e de crescimento. Tudo é retratado com tanta sutileza e delicadeza, e os personagens são tão reais... não pude evitar me apaixonar loucamente pela história =] Agora quero o livro pra poder comparar ^^

Beijão!

http://nossosromancesadolescentes.blogspot.com.br/

Viagem Literária disse...

Ei Nique,

Eu já tinha entrando no blog e babado no seu banner novo, tão lindo! Mas não tinha comentando ainda rsrs, estou numa correria só no serviço e está complicado.



Este livro está na minha lista de desejados, mas ainda não comprei.


Ah eu quero um slide também!! rsrs


bjs

GreicielySantos disse...

Eu queria ver primeiro o filme pra saber se vou querer ler. Esse livro já entrou, já saiu, já entrou de novo na lista de desejados, mas não sei o que esperar dele, sei do que se trata pelas resenhas que li mas não sei se irei gostar.
Pelo visto é bem mediano mesmo, coisa adolescente que eu adoro, mas isso de contado em cartas me deixa com o pé atras.
Bem, espero ver o filme em breve e decidi se vou querer ler rs
Bj

Vanessa Riper disse...

Ola!
Eu adoro histórias em que os personagens começam a se descobrir, do que gostam, do que não gostam, novas experiências, frustrações, aprendizagem com os erros, etc.
Está faz mto tempo na minha lista de desejados *-*
Bejos!

Nattacha disse...

As Vantagens de Ser Invisivel era um livro que estava louca para ler, e acho que fui com expectativas demais, pois eu gostei quando li, mas não foi tuuuuuuudo aqui sabe..... Concordo com tudo que você falou, mais tenho que acrescentar que eu o achei meio chorão sei lá, rapazes de 15 anos choram tanto quanto ele? Não que eu tenho algo contra isso, só porque na minha opinião era meio demais! Mas se formos levar em conta tudo o que ele passa e todo o conhecimento que ele vai tendo sobre a vida e sobre si.....
Adooorei mesmo o livro pelos personagens que pareciam tão reais, realmente qualquer um deles poderia estar no meu grupo de amigos! Achei isso muito incrivel *-*
Recomendo a leitura!
Beijinhos :*

Angela dos Santos Silva disse...

Eu achei esse livro simplesmente lindo!

www.geehzbookshelf.blogspot.com.br

Lais Eufrade disse...

muito boa a resenha, quero ler o livro !!

Viviane Lucena disse...

Já li e assisti, e adorei! Meu consumismo fala mais alto, em breve comprarei e irei reler.

mgrezender disse...

Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro e quero muito fazer isso esse semestre ainda. Amei sua resenha, está maravilhosa.
Maristela G Rezende

Juliana Rodrigues disse...

Estou anciosa para ler esse livro
Adorei a capa e a resenha
Estou torcendo muito pra ganha-lo!!!

Tânia Regina disse...

Já ouvi falar deste filme, espero que o livro seja bem melhor.

Ana Cristina disse...

Já vi o filme e amei (Fim até um resenha no meu blog... http://somundomeu.blogspot.com/2013/03/resenha-filme-as-vantagens-de-ser.html)! Muitas pessoas falam que o filme é bem fiel ao livro, se for mesmo tenho ctz que eu irei gostar. Mesmo assim, estou louca para ler haha

Monica Meirelles disse...

Não vi nem o filme e também não li o livro ainda, mas depois dessa resenha quero ver o filmem mas antes ler o livro!!

Jéssica Caroline disse...

O meu amigo foi assistir o filme mas nao leu o livro mas eu pretendo ler,parece ser legal.

Ariana Alves disse...

Parece ser um retrato delicado de um jovem se descobrindo.

Desejado.


Bjus!

Zilda Helena de Paulo da Silva disse...

Não assisti o filme, tampouco li o livro, porém de todas as resenhas já li, essa mais motivou para a leitura do livro, e sinceramente, não vejo a hora de parar pra ler o show da Emma Watson.

ㅤㅤㅤAnita † disse...

estou doida pra ler, nunca vi o filme, mas parece ser otimo, *-*

ㅤㅤㅤAnita † disse...

nome de seguidora - Ana Rita Barros Aguiar

Juliana Rodrigues disse...

Anciosa opara lê-lo!

Stephanie Remohi disse...

Já li várias resenhas sobre esse livro e todas são positivas, o que me motiva ainda mais a querer lê-lo. Adoro livros que remetam a adolescência, nos faz lembrar de nossas experiências passadas, é um momento pelo qual todos nós passamos. Ler este livro deve nos fazer sentir novamente todas essas emoções, e imaginar como poderia ter sido de outra maneira também. Ter a Emma Watson no elenco me chamou muito a atenção tbm.

Luciana Brito disse...

Tenho uma relação de amor e ódio com esse livro, eis a verdade. Gosto do Charlie, mas ele é tão chorão que chega a dar agonia. Mas de um modo geral, o fato do livro ser em formato de cartas deixa as coisas bem interessantes. Sem falar na própria história dos personagens, que é bem interessante. Li o livro e vi o filme, acabei gostando mais do segundo. hahaha

Rebecca Campelo disse...

Tô muito curiosa pra ler esse livro, baixei em pdf mas ainda não li porque quero o físico!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela