"No Escuro" de Elizabeth Haynes

quinta-feira, 4 de abril de 2013


A dor que ele me impunha ao me comer violentamente, de todas as maneiras, de algum modo não chegava a ser pior do que todo o resto. Eu já havia passado por aquilo antes, afinal de contas. Enquanto estivesse me estuprando, ele não estaria fazendo mais nada. Não estaria me matando. (Pág. 256)

Catherine é uma mulher linda, vibrante e independente. É bem sucedida profissionalmente, todas as noites, Catherine e suas amigas saem para noite londrina a fim de divertir-se até não se aguentarem mais em pé. Azarar um ou outro rapaz faz parte também da diversão.

Quando conhece Lee, a moça pensa ter dado a sorte grande  ao encontrar um partido tão bom. Lee reúne tudo o que um mulher deseja em um homem: lindo, carismático, atencioso e apaixonado. Até as melhores amigas de Catherine rende-se ao charme do bonitão, secretamente invejando a sorte da amiga.

O homem perfeito e que causa frisson e admiração em todos ao seu redor, aos poucos começa a revelar sua verdadeira personalidade: controlador e possessivo, Lee começa a isolar Catherine dos seus amigos e a controlar sua vida nos mínimos detalhes. Amedrontada pela possessividade e pelo comportamento cada vez mais estranho de Lee, Catherine decide terminar o relacionamento, mas quando procura apoio em seus amigos, ninguém acredita nela. Sentindo-se sozinha e sem poder contar com a ajuda de ninguém, ela planeja como se livrar dele, antes que algo pior aconteça.

Alguns anos mais tarde, Catherine mudou de nome e cidade, mas Lee continua em sua vida, em sua mente - mesmo tendo sido condenado há três anos de prisão. Após todas as atrocidades vividas, Cathy desenvolveu uma compulsão obsessiva-compulsiva por sua segurança, ela checa várias vezes portas e janelas antes de sair de casa e quando retornar, pratica novamente o mesmo ritual, todos os dias até a exaustão. Quando sua vida começa a entrar novamente nos eixos, uma ligação muda tudo.

~ ~ ❤ ~ ~

No Escuro é uma leitura avassaladora, arrebatadora. A partir do momento em que iniciei a leitura, fui tomada pela brilhante escrita de Elizabeth Haynes, que nos conduz pelos escombros da vida de uma mulher que outrora fora cheia de energia, esbanjava sensualidade e independência e, agora, vive isolada, cheia de medo e perturbada pelas memórias do passado e pelo o que futuro lhe reserva. 

A história intercala dois momentos diferentes da vida de Catherine: o momento em que ela conhece Lee no final do ano de 2002 e a evolução de seu relacionamento com ele; depois no ano de 2007, quando Cathy tenta viver um dia após os outros, após sua mente ter sido destruída pelas atrocidades vividas. A narração em primeira pessoa, narrando as vivências de Catherine dia após dia, dá a sensação de que estamos em sua mente, compartilhando sentimentos, emoções e toda a confusão em que se transformou sua vida, inclusive, até quando sua compulsão e ansiedade atinge picos astronômicos, compartilhamos de toda sua agonia. 

A história de Catherine é hipnotizante. A partir do momento em que ela conhece Lee, sabe-se que algo de muito ruim irá acontecer, mas não dá para ter noção da dimensão do estrago que ele causará na vida dela. Ao mesmo tempo, ficamos encantada por quem Lee aparenta ser: um homem sedutor, carismático e atencioso, bom demais para ser verdade, mas que oculta um verdadeiro monstro. 

O mais impressionante é que Elizabeth Haynes conseguiu deixar verossímil o drama vivido por Cathy. Violência doméstica aliado a perseguição, o sentimento de impotência vivido pela vítima que não encontra saída para seu problema e o medo vivo de ser morta, de sofrer as maiores crueldades que nenhum ser humano deveria sequer sonhar em passar. É a realidade nua e crua de milhares mulheres anônimas.

Sem sombras de dúvidas foi a melhor leitura que realizei até momento. História bem construída, personagens marcantes e leitura eletrizante, impossível largar o livro. Um suspense e drama psicológico de tirar o fôlego. Leitura recomendada!


Minha classificação para esse livro é de  5/6- "Excelente".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.


No Escuro. Haynes, Elizabeth. Editora Intrínseca, 2013, 336 p. 





30 comentários:

Ana Paula Barreto disse...

Gente, estava ansiosa para ler este livro, mas agora estou necessitando urgentemente! rs
Eu gosto bastante destas histórias que conseguem ser "verossímeis", misturando suspense, drama psicológico, etc. Gosto de me envolver com a história e com os personagens e sentir suas dores e alegrias. E aparentemente NO ESCURO tem estas qualidades.
Espero que seja uma das melhores leituras para mim também!
bjs

Rayme disse...

acho que li em torno de 3 resenhas deste livro até agora, e todas falavam super bem dele e classificaram ele como "melhor leitura"
estou bem animada e ansiosa para lê-lo! espero não me decepcionar :S:S

sei que é uma coisa estranha, mas o tipo de narrativa deste livro me agrada bastante! (é estranho né?)

Kelry Caroline disse...

Não conhecia o livro, mas gostei bastante da história de Catherine. Acho que ela vai sofrer um bocado.

Amanda Péres disse...

Violência contra a mulher me deixa possessa. Esse é um tipo de livro que me deixa tensa mas que não consigo largar...
Um que li que abordava esse tema foi 'Segredos - Nora Roberts' e que foi para os favoritos. Esse já estava nos desejados e agora estou com ainda mais vontade de ler. Ótima resenha!

Leninha disse...

Tá na minha lista de desejados fervorosamente!
Adoro livros fortes com tramas bem construídas, ainda mais em se tratando de um trailer psicológico.
Quer muito ler esse livro.
Ótima resenha Nique!

Eduarda Menezes disse...

Oi Dominique,
Esse é outro livro que estou louca pra ler. De novo, suspense psicológico. Adoro esse tema.
A trama em si não é muito inovadora. Já li uns dois livros que abordam esse assunto (e vi vários filmes), mas imagino que a forma como a autora desenvolveu a história tenha causado o seu diferencial. Ela parece ter conseguido passar toda a agonia e revolta ao leitor, fazendo com que torçamos para a sua protagonista.
Gostei da intercalação entre passado e presente; acho que torna tudo ainda mais inquietante; os dois pontos de vista cada qual caminhando para o seu clímax.
Beijos!

alex disse...

Tenso. Muito Tenso a trama desse livro. Só pela resenha me deu uma agonia grande, imagina lendo ele? Vejo todos falando muito bem dele, e ele deve ser bom mesmo. Fiquei curioso em saber o final do livro, e esse toque misterioso: .. Um ligação muda tudo. Deu vontade de lê-lo

Karen Senoo disse...

Nossa, esse livro parece ser bem intenso. Basta ler o trecho em destaque. Já li alguns livros que falam de obsessão/perseguição (Um Lugar para Ficar) e de violência sexual (Identidade Roubada) mas os dois juntos em uma trama de tirar o fôlego acho que nunca encontrei. Fiquei curiosa depois de ler a resenha! =)


Bjs
@Tibiux

Naty C disse...

O livro parece bem forte, até demais. Por isso não pretendo lê-lo, não me sinto bem lendo livros assim, se começasse provavelmente abandoaria.

JessicaLisboa disse...

Esse livro é um thriller psicológico nao é? Sempre tenho problema pra identificar esse genero. Mas enfim ja gostei desse livro, gosto de livros que são mais fortes, pois minha imaginação vai alem do que a autora tenta me passar *0* Bem eu o quero, ja deu pra perceber né!

Inês Gabriela A. disse...

Outro livro que não faz meu estilo. Fico doida com esse tipo de leitura sempre que acabo, por isso prefiro nem começar. Sério, eu tenho problemas mesmo em realizar leituras desse tipo. O livro tem uma premissa interessante e talz, mas prefiro não arriscar.

Folhas de Sonhos disse...

Triste saber que ninguém acreditou nela e ela não teve apoio dos amigos. Uma história intensa. Abraços!


Luciana

Livia Braga disse...

Eu fiquei chocada com a parte do livro que vc iniciou a postagem '.'

pela a primeira descrição da personagem jamais iria fazer um ligamento com a violência domestica! Despois ela me pareceu tão ''frágil''

Andreza disse...

Não esperava muito do livro! Sei lá, a capa e o título não me faziam ter qualquer interesse nele. Mas percebi que ele tem uma história bem eletrizante!
Achei bem interessante os capítulos
intercalados entre o presente e o passado. Com certeza dá uma ótima
visão sobre a trama toda!
GFC: Andreza Galvão

Stephanie disse...

Resenha maravilhosa (só acho que faltou uma quote pra complementar). Adorei como descreveu o enredo, a escrita da autora e os personagens, só me deixou ainda com mais vontade de ler o livro. Não sou acostumada com thrillers psicológicos, mas sei que vou adorar esse, por ser uma história tão intensa e bem escrita, como você disse.
Beijos!

Milena Monteiro disse...

Adorei, quero muito ganhar!! que a sorte esteja a meu favor, fora isso, boa sorte á todas!

Magiasbook disse...

Olha pela capa do livro até que não se diz muito,mas pela sua resenha o conteúdo deve ser ótimo.
Pois a autora reune,suspense,medo e tudo aquilo que mulheres passam mesmo dia apos dia e ficam caladas com medo.
Esse realmente quero ler para saber o final,pois gostei muito.

Lucia Marina disse...

Pela capa e chamada, achei que fosse um policial, não um thriller psicológico. Mas nem me decepcionei, a resenha está fantástica, penso que é uma excelente história. O que me deixa triste é pensar que casos assim, como o apresentado no livro, sejam tão comuns. Mulheres passando por uma violência que modifica completamente suas vidas. Terrível.

Adriana disse...

Já li diversas resenhas desse livro e todas foram unânimes, é um excelente livro! Eu gosto muito de thriller psicológico e quando o autor consegue passar verdade, o sofrimento, as atrocidades vivenciadas pela personagens, a gente fica até arrepiada, pois entramos na historia, só lendo a resenha, eu já fiquei imaginando o psicopata que Lee é, e td que a Cathy passou nas mãos dele...preciso urgente ler No Escuro! Parabéns pela resenha tão bem escrita, bjão!

Manu Hitz disse...

Concordo 100% com você, Dominique. Sua resenha está perfeita! Abordou os pontos principais do livro, situando o leitor na narrativa!
Sem dúvidas foi o melhor thriller que já li (só agora me aventuro nesse estilo) e um dos melhores livros deste ano!
As personagens são ricamente construídas e altamente empáticas com o leitor. Como não compreender a dor de Cathy e se sensiilizar com seu drama? Como não amar Stuart(lindo, lindo!)?
Já sou fã da autora e espero que ela não demore a publicar outros livros!

Manu Hitz disse...

Sim, Adriana, essa história é maravilhosa!

Vanessa Riper disse...

Olá! Dominique Tudo bem?
Faz muito tempo que eu quero ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade.
A história parece ser muito boa e muito bem construída! Prende o leitor. E o tema abordado é de muita importância, quantas mulheres hoje em dia passam por algo semelhante, muitas delas sofrem calada por vários e vários anos por medo. É muito triste!
Mas quero muito ler o livro!
Beijos ;)

ELIZABETH MACHADO DE SALLES disse...

Nossa a história me parece ser chocante e emocionante. sua resenha me fez ficar interessada na história da personagem e nos seus conflitos.

Amanda Péres disse...

Eu devo ter algum botão trocado na cabeça porque adoro livros que tratam de violência doméstica. Acho que nos mostram que nem sempre os relacionamentos são como aparentam... Li esse livro emprestado essa semana, e a autora conseguiu me fazer sentir toda angústia, medo e felicidade ao ver Cathy recomeçar. Me surpreendi e agora estou louca para tê-lo na minha estante!

Rosiane Olímpia disse...

Gostei muito do que li, o livro parece ser muito bom, só elogios!

Guest disse...

No Escuro está na minha lista de livros a ler. O tema abordado é
muito interessante. A superação de Cathy surpreendente, pois mesmo sem ler fica
bem claro pra min sua superação, afinal, ela continuou vivendo apesar do trauma
pelo que passou...



Li
uma entrevista da Elizabeth Haynes e amei. Ela é uma fofa, muito humilde!!



Amei
a resenha, Dominique. O inicio muito marcante. Parabéns!!



Bjos,

Any.

Any disse...

No Escuro está na minha lista de livros a ler. O tema abordado é
muito interessante. A superação de Cathy surpreendente,
pois mesmo sem ler fica bem claro pra min sua superação, afinal,
ela continuou vivendo apesar do trauma pelo que passou...

Li uma entrevista da Elizabeth Haynes e amei. Ela é uma fofa. Muito humilde!!

Amei a resenha, Dominique. O inicio muito marcante.
Parabéns!!

Bjos,
Any.

Andressa Nunes disse...

Resenha bem elaborada, abordando pontos relevantes do livro, nos dando uma boa noção sobre o conteúdo do livro, despertando o interesse dos leitores.

liliangabi disse...

Fiquei um pouco assustada com esse livro, na primeira vez que o vi. Não sei porque, mas me lembra Cuco e Garota Exemplar. Me parece um drama muito bem elaborado e eu estou muito tentada a lê-lo, principalmente depois dessa resenha.

Gizeli Meister disse...

Que resenha é essa! Chega a arrepiar! Adorei a resenha e estou louca
para ler esse livro, já faz um bom tempo! Infelizmente ando sem tempo,
mas vou dar um jeito! Esse livro merece!!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela