"O teorema Katherine" de John Green

terça-feira, 14 de maio de 2013


É possível amar muito alguém, mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela.”

John Green é o autor do amado best seller "A culpa é das estrelas", e recentemente a editora Intrínseca lançou mais um livro do autor no Brasil; trata-se de "O teorema Katherine". O outro livro dele publicado por aqui é "Quem é você, Alasca?" pela editora Martins Fontes. 

"O teorema Katherine" conta a historia de Colin Singleton, um garoto prodígio que aprendeu a ler com 2 anos de idade, é obcecado por anagramas, adora ler e que já namorou 19 garotas chamadas Katherine. A Katherine XIX terminou recentemente o relacionamento com ele, e agora o garoto está no fundo do poço pelo fim do seu namoro. Pior ainda é o fato que este seja seu décimo nono pé de bunda de uma Katherine. Mera coincidência ou seria um padrão do qual pudesse ser matematicamente comprovado? 

A fim de superar sua tristeza, Colin, junto com seu melhor amigo Hassan - um gordinho super divertido que gosta do fato de fazer nada da sua vida -, cai na estrada rumo a lugar algum. Os dois param em uma cidadezinha do Tennessee chamada Gutshot. Tudo o que eles queriam ali era ver o túmulo do Arquiduque Francisco Ferdinando, e então conhecem Lindsay que é a guia turística - além de trabalhar na  Mercearia e ser também paramédica -, e a mãe de Lindsey, que lhe oferecem um emprego na cidade. Hassan e Colin decidem ficar por tempo na cidade, pelo menos até as férias de verão acabar. 

“Como Colin já explicara várias vezes a Hassan, há uma diferença enorme entre as palavras prodígio e gênio. Prodígios conseguem aprender rapidamente o que outras pessoas inventaram; gênios descobrem o que ninguém descobriu. Prodígios aprendem; gênios realizam. A maioria das crianças prodígio não se torna um gênio na idade adulta. Colin tinha quase certeza de que fazia parte dessa maioria desafortunada.”

O maior desejo de Colin é não passar despercebido por este mundo. Ele quer mais que ser apenas um prodígio. Para que serve tanta capacidade de absorver o conhecimento se não puder fazer a diferença no mundo? Então, em Gutshot ele finalmente tem um momento Eureca! Eis que lhe surge a ideia que talvez, devida sua experiência com as Katherines, ele possa comprovar matematicamente como funciona um relacionamento que, ao seu ver, sempre possui um Terminante e um Terminado. Seria uma descoberta incrível que faria com sua existência no mundo não fosse em vão. Mas será possível encontrar uma fórmula para o amor?

"(...) a mente de Colin ficou a mil por hora com as implicações: se o futuro é para sempre, ele pensou, então um dia vai acabar nos engolindo a todos". 

Eu confesso: "O teorema Katherine" foi decepcionante. Achei o livro bem chatinho. Talvez por ter achado o protagonista bem chatinho. E como é ele quem narra a história... Resultado: chatice. Demorei duas semanas para ler todo o livro, e sempre que começava a leitura, eu ficava com sono. O que salvou o livro foi o melhor amigo de Colin, Hassan. Ele deixou a trama um pouco mais divertida. 

Outro ponto que deixou o livro desinteressante para mim foi a matemática - algo que nunca me agradou. Contudo, acho que toda a reflexão por trás desse teorema e de Colin acreditar que relacionamentos podem ser matematicamente previstos, algo notável. Afinal, há uma reflexão que se possa tirar da história, como normalmente ocorre nos livros de John Green. E todo livro que traz alguma reflexão ao leitor, merece ser lido. Portanto, "O teorema Katherine" não foi uma completa perda de tempo, mas ainda assim foi uma leitura que não me agradou muito.

Quero deixar claro que sou muito fã do autor. Os dois livros que li - "Quem é você, Alasca?" e "A Culpa é das Estrelas" - estão na minha lista de favoritos. São livros que marcaram de alguma forma a minha vida. Contudo, o mesmo não aconteceu com "O teorema Katherine". O livro não é de todo ruim, mas com toda a minha honestidade, não foi uma trama que me emocionou ou cativou. Nem por isso posso dizer que não estou ansiosa por mais livros do autor. Reconheço seu talento para escrever YA. Então, que venha o próximo!


Minha classificação para esse livro é de  3/6- "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

teorema Katherine, O. Green, John. Editora Intrínseca, 2013, 304 p. 




25 comentários:

ana caroline basto fonseca disse...

eu li esse livro e terminei sem sentir nada ,axei muito chato, todos dizem q a culpa das estrelas dele é melhor

Cristiane Silva disse...

Eu achei fofo, virou favorito também. Mas é certo que A culpa é das estrelas é bem melhor, o outro ainda não consegui ler...É um livro bom pra passar o tempo, daquele jeitinho do autor fofo de escrever. Não é a melhor trama dele, mas é bom de qualquer forma e amei de qualquer jeito!

Rayme disse...

ah, que pena que você não gostou! :(
acho essa história toda meio doida, mas estou bem curiosa para ler o livro, apenas por ser do Green... :P

Respiramos Livros disse...

A maioria dos leitores não gostaram muito desse livro, e agora eu entendo por que!

Adorei A Culpa é das Estrelas e Quem é Você, Alasca?, mas esse livro não está em deixando muito ansiosa. Pretendo lê-lo em breve para ter uma opinião própria, mas só por incluir matemática, já estou com um pé atrás...

Pô, John Green ):

http://respiramoslivros.blogspot.com.br/

Amanda Péres disse...

Já li muitas resenhas de que 'O Teorema Katherine' não é tão bom quanto os outros, muito menos do que ACEDE.
Mesmo assim não me desanimei, pensando até em lê-lo antes de ACEDE para não me decepcionar. rsrsrs

Ana disse...

A capa americana é uma gracinha mas eu adorei a brasileira, clean e cute. Eu nunca li nenhum livro dele, mas tem tantas resenhas e criticas positivas que fico curiosa pra ler. Nao vou comecar pelo teorema de katherine, melhor ler logo os outrospra nao desgostar do autor de cara né? haha

Maianerossi disse...

Ainda não terminei de ler nenhum livro do John Green. Pelo que dizem, "A culpa é das estrelas" parece ser muito bom, mas eu só quero terminar quando tiver ele, por enquanto só tenho em pdf :P Mas "O teorema Katherine" eu não gostei muito, tanto pelas descrições, quanto pelas resenhas. Parece meio chatinho mesmo e eu desisti de ler, apesar da capa ser muito lindinha :P

Regilene Dias disse...

Eu vi algumas resenhas em relação a este livro, mas eu não me emploguei em lê-lo, talvez não seja o que estou procuranso para ler.

Naty C disse...

Que pena que você não gostou. Eu gosto de matemática e do autor, então acho que vou gostar muito do livro, só estou precisando de um tempo para lê-lo.

Karen Senoo disse...

Nossa, o livro pelo título faz parecer ser bem inteligente e inovador mas pela resenha o conteúdo não empolgou tanto assim. Fiquei curiosa pois vi que o autor incorporou a matemática no meio. Apesar das críticas negativas, pretendo lê-lo com certeza =]


Bjs
@tibiux

stefanigoulart disse...

Olá!

É a primeira resenha que leio sobre esse livro. Já ouvi falar muito do John Green, principalmente por A culpa é das estrelas (o qual estou muito curiosa para ler) e de tantos comentários ótimos sobre ele, sempre tive uma certa curiosidade pelas obras dele, e não foi diferente com O teorema Katherine.
Infelizmente, odeio quando o protagonista da história é chato e principalmente pelo livro ser narrado por ele, acho que personagens chatos nos desanimam muito para ler uma história, porém, é John Green né? Então tenho certeza que de qualquer modo, será uma boa leitura mas se ler esse livro, pelo menos já estarei ciente de que o protagonista é um mala! hehe

Beeijos,
iSteh

Viagem Literária disse...

Ei Dani,


Eu ainda não li nada do autor acredita? A culpa é das estrelas eu tenho, mas não li ainda. Quem é você Alasca está na minha lista de desejados há séculos, e pelo jeito este é o mais fraco dele. Bom, não li outras resenhas dele ainda, mas pela sua opinião este não fiquei com vontade de ler, até pq tbm não sou muito fã de matemática rsrs.
bjs

Daniela Tiemi disse...

Oi, Nanda! Obrigada pela visita! Eu to sempre lah no seu blog, mas jah te disse q nao consigo mais comentar neh?! Nao sei oq acontece... Enfim, estou adorando seus videos, sua estante eh maravilhosa! Soh livros incriveis! rs.

Leia os livros de John Green, sim! Soh nao comece por "O teorema Katherine" hahaha! Bjo.

Nattacha disse...

Bem, eu já li todos s livros do autor lançados aqui no Brasil, e tenho que dizer, esse fica atrás de A Culpa é das Estrelas e Quem é você, Alaska?. Não é que o livro seja ruim, só gostei mais dos outros entende?
eu achei essa necessidade do Colin de ser importante meio irritante sabe, as K's largam ele, ele não é importante, ele não consegue terminar seu teorema, ele não é importante..... enfim, pelo menos até ao fina da trama vemos a evolução do protagonista, o que me fez superar!
Mas o que gostei mesmo no livro foi todo o conhecimento que o autor usou para escrever, pois eu gosto de matematica xD mas não só nesses detalhes, mas em conhecimentos gerais e tudo mais! É realmente notório o trabalho e carinho que o autor deu ao livro. E outro ponto positivo achei as notas de rodapé.... adoooro né. Mas nesse livro ele fava algumas explicações que nos davam mas detalhes sobre o personagem ou sobre o acontecimento sem a necessidade de uma longo história/explicação para isso!
Recomendo a leitura, mas só alerto para não ir esperando algo super!
Beijinhos :*

Viagem Literária disse...

Ei Dani,
Eu tbm leio mais do celular e não estava tendo tempo de entrar para comentar.
Agora estranho isso, algumas pessoas já me falaram isso, mas são poucas pessoas e eu já tentei testar de vários micros diferentes e sempre abre o comentário.
Vou tentar descobrir o que pode estar acontecendo. :/
Ah obrigada, da uma preguiça de gravar bookshelf, mas até os meus eu gosto de ver de novo kkk
bjs

Folhas de Sonhos disse...

Poxa, acho que é a primeira resenha que leio falando que o livro foi assim meio chato. Que pena! Mas de todos do autor, quero ler os outros já lançados.
O livro Quem é Você Alasca quero muito, mas está sempre com um preço bem salgado!


abraços,
Luciana

Inês Gabriela A. disse...

Bom, a ideia central do livo é muito legal, isso é inegável, mas parece que as pessoas não estão apreciando tanto quanto A Culpa é das Estrelas. É triste que vc não tenha gostado tanto, eu não li nenhum dele ainda, ganhei O Teorema de Katherine aqui mesmo e espero gostar...

larissa santos disse...

Eu ainda não li esse livro, mas li a Culpa é das Estrelas e a leitura realmente me impressionou eu me vi sofrendo, rindo e chorando junto com os personagens. Eu to ansiosa pra ler o teorema katherine, pois achei a história bem criativa e ela realmente me despertou a curiosadade ! Eu realmente espero gostar!!

Rafaela Saturnino disse...

Fiquei com mais vontade ainda de ler ^.^
Sempre quis ler algo do John Green, e se eu não puder começar por A Culpa é das Estrelas, vou querer começar por O Teorema Katherine, que me pareceu ser bem divertido. Adorei a resenha!!

Ana Paula Barreto disse...

Acho que de alguma forma este livro foi direcionado a um outro público, que também merece uma boa obra do John. Particularmente eu gostei da premissa e gostei da caracterização dos personagens. Quem é um pouco nerd vai se identificar, com certeza. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas estou com boas expectativas.
bjs

Amanda T. disse...

Oi! Tô acompanhando seu blog e adorando! Li O Teorema Katherine semana passada. Eu gostei bastante. Achei original, engraçado e com personagens maravilhosos! Collin me irritou apenas em alguns momentos em que passou do ponto no drama; mas no geral gostei dele. Mas Lindsey e Hassan roubam a cena, sem duvidas! Preciso nem dizer que pulei o apendice ne? haha matematica não é meu forte!

Um beijo
escolhasliterarias.blogspot.com.br

Nátila Peixoto disse...

Que chato você não ter gostado do livro. Ainda não li nada do autor e tenho muita curiosidade para conhecer a sua escrita. Mas não vou me esquecer de começar pelos melhores livros.

Lívia & Suas Carolinices disse...

Oi Dani
Eu li A culpa é das estrelas e não achei essa coca cola toda... rsrsrs
Esse novo livro do autor em nada chamou minha atenção...
Esse não quero ler!

darlyanne disse...

eu já li dois livros (a Culpa é das Estrelas e o Teorema Katherine) são otimos sou muito fã.

Betânia Sampaio disse...

Amei todos os livros que já li do Green (Quem é você, Alasca?, A Culpa é das Estrelas e O Teorema Katherine). Eu gostei de todos, chorei muito com Quem é você, Alasca? e com a A Culpa é das Estrelas, me marcaram muito mesmo, amei. Mas para falar a verdade, eu prefiro O Teorema Katherine. Ele é um complexo gostoso de ler e quem gosta de ler livros fáceis e difíceis vai amá-lo, porque ele consegue ser os dois; Amo, kafir!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela