"Matilda" de Roald Dahl

quarta-feira, 12 de junho de 2013


Matilda é uma menininha de inteligência excepcional. Com apenas um ano e meio de idade já falava perfeitamente e possuía um vocabulário tão amplo quanto um adulto; aos três anos já tinha aprendido a ler e aos quatro frequentava a biblioteca da cidade. Antes de ter idade para frequentar a escola, ela já tinha lido todos os livros infantis da biblioteca e muitos dos clássicos adultos, como as obras de Charles Dickens, Jane Austen, Ernest Hemingway, George Orwell e outros. 
Os pais de Matilda não aprovavam o comportamento da menina e a consideravam estranha por preferir ler a assistir televisão.

"- Papai, será que você pode me comprar um livro? - ela pediu.

- Um livro? - o pai se espantou - Para que você quer um livro?

- Para ler, papai.

- Mas e a televisão? Compramos uma TV linda, de doze polegadas, e você vem me pedir um livro! Você anda muito cheia de vontades, menina!" (pág. 06)

O pai dela, Sr. Losna é um vendedor de carros dos mais pilantras que adora contar vantagens sobre como engana os seus clientes, especialmente para o seu filho Michael para quem gosta de ensinar suas trambiques.
É claro que Matilda - que mesmo tão pequena sabe que o que seu pai faz é desonesto - desaprova as atitudes dele. Cansada de ser maltratada e injustiçada por ele a menina planeja muitas travessuras como: passar cola no chapéu do pai para que fique colado em sua cabeça e trocar o seu tônico capilar por tintura loiro platinado extra forte.
A Sra. Losna estava sempre apoiando seu marido e ignorando por completo a filha.

"O pai de Matilda tinha cabelos pretos que usava repartidos no meio e dos quais tinha muito orgulho.

- Cabelos bons e fortes significam que há um cérebro bom e forte por baixo - ele dizia.

- Como Shakespeare - Matilda comentou certa vez.

- Como quem?

- Shakespeare, papai.

- Ele era inteligente?

- Muito, pai.

- E ele tinha muito cabelo, não é?

- Ele era careca, pai."  (pág. 55)

Logo Matilda começa a frequentar a escola e já em seu primeiro dia de aula deixa sua professora, a Srta. Mel, boquiaberta com sua facilidade em fazer cálculos e sua leitura fluente. Além de inteligente, a menina demonstra ser muito bem comportada e assim nasce uma bela amizade entre aluna e professora.
Entretanto, os alunos daquela escola têm de enfrentar um pesadelo: a diretora, a Sra. Taurino, é uma mulher grande e forte que detesta crianças e adora maltratá-las e humilhá-las, inclusive Matilda!

O livro é divertido e de leitura fácil, como um livro infantil deve ser. Mas o que dá este ar cômico são os exageros, principalmente na caracterização dos personagens, pois o enredo em si é triste por se tratar da história de uma criança que é desprezada pelos pais - ignorantes! - que não sabem lidar com precocidade da filha. As travessuras da menina são as únicas defesas que ela encontra contra isto. E eu me vi torcendo por ela e as demais crianças da escola em cada uma de suas armações! Ou seja, voltei a ser uma criança durante a leitura!



Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Matilda. Dahl, Roald. Editora Martin Fontes, 1999, 264 p.




10 comentários:

Maianerossi disse...

Eita, o filme surgiu do livro, o livro surgiu do filme ou nenhuma das opções? Eu não sabia da existência desse livro. O.o

Viagem Literária disse...

Ei Dani,


Ah que fofo! Eu quero!!
Além do filme eu acho que já li esta história em algum lugar, não lembro se já li o livro quando criança aff.
bjs

Daniela Tiemi disse...

Oi, Ma! O filme eh baseado no filme. Esse autor eh bem famoso, ele tb escreveu o livro "A fantastica fabrica de chocolates" (q tb virou filme neh?) alem de outros livros infantis. =D
Bjokas.

ana caroline bastos disse...

ah já vi o filme e é um classico da sessão da tarde nem sabia q era baseado em um livro amei vou ler :)

Sora Seishin disse...

Oi Dani!

Acho que tem um filme desse livro né? Mas nunca assisti.

Eu achei engraçado isso que você comentou, que os pais achavam estranho ela preferir ler a ver tv. Porque já falaram isso pra mim! Acredita?!

Beijos,

Sora - Meu Jardim de Livros

Amanda Péres disse...

Já assisti ao filme e não fazia idéia de que era baseado num livro!
Dá dózinha da Matilda e o filme até que é legal, já assisti várias vezes, daí nem me interesso em ler o livro. :D

stefanigoulart disse...

Oi Daniela!
Eu não sabia que tinha um livro sobre Matilda :o hehe
Inclusive ontem assisti ao filme que passou na Globo. Amo esse filme e a inteligência da Matilda me espanta! Além, é claro, dos seus pais horríveis!
Então, agora que soube que tem o livro fiquei muito curiosa para ler! Apesar de ser um livro infantil, acredito que traz muita lição para os adultos também =)
Beeijos,
iSteh

Patricia Gomes disse...

Amo o filme e gostaria muito de ler o livro, eu só li uma edição simplificada para estudantes de inglês, e mesmo assim, adorei!! Matilda é uma criança adorável, e talvez, por ser negligenciada pelos pais (li isso aqui, acho que na versão que li isso não é muito desenvolvido) nos torna mais afeiçoados a ela... e com certeza, assim como seu amor pelos livros (fato que nos faz amá-la)!!!

Naty C disse...

Eu já o filme e ela um dos meus preferidos quando era criança pelo amor da protagonista pelos livros.
Só não sabia que ele foi inspirado em um livro, vou tentar lê-lo o mais breve possível.

Ana Paula Barreto disse...

Olha só, é o filme da sessão da tarde! rs
Vou confessar que detestava aquele filme, muito mesmo. Provavelmente pelo ar meio bizarro dos personagens, não sei. E acho que não teria "coragem" de ler o livro. Se for parecido com o filme, sei que não vou gostar (trauma de infância feelings! rs).
bjs

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela