Bienal do Livro 2013 #1: Nicholas Sparks e outras emoções...

segunda-feira, 2 de setembro de 2013


Olá, queridos! Tudo bem???

A Bienal do Livro ainda nem acabou, mas eu já estou cheia de saudades. Trinta anos de Bienal do Rio é comemorado esse ano e eu acredito que essa edição foi a melhor dos últimos tempos. Tinha eventos para todos os gostos e idades, os estandes estavam lindos como sempre e os preços estavam maravilhosos.

Particularmente, o que mais aprecio na Bienal do Rio e nos eventos literários em geral, é a oportunidade de conhecer outras pessoas que compartilham com você, o mesmo amor pelos livros. Também é a oportunidade ideal para trocar ideias e dicas literárias, conhecer desde leitores a autores e também editores de livros. O próprio clima de animação e expectativa oportuniza a interação entre os visitantes seja aguardando sua vez em uma fila para pagar pelo livro, pesquisando o que comprar, ao sentar ao lado de desconhecidos para comer e, claro, nos diversos eventos (Conexão Jovem, Café Literário, Encontros de Leitores, Encontro de Blogueiros, Sessões de Autógrafos, etc, etc).

Eu fui a bienal na companhia incrível do meu maridão - Cristiano e da minha melhor amiga, Karine. Apesar de eu ficar de um lado para outro, de estande para estande, admito que admiro a paciência que eles tiveram comigo. Rs! Meu marido, principalmente, foi um amor. Encheu-me de mimos, de carinho e ainda curtiu de montão, o maior hobbie da esposa. Não é qualquer mulher que tem um marido assim... =D

Com meu amor!
Meu primeiro dia de bienal - sábado (31/08), foi marcado pela histeria dos leitores que são fãs do autor Nicholas Sparks. Quando eu cheguei ao Riocentro, os portões ainda estavam fechados, mas a entrada já estava cheia de leitores querendo disputar uma única senha para conseguir o autógrafo do Nicholas Sparks. O povo gritava, empurrava e também dava cotovelada em que estava perto, tudo para ter uma oportunidade de ficar perto durante alguns segundos do seu autor favorito. Claro que eu também queria uma senha. Entrei no meio do povo, quando os portões foram abertos, a correria foi intensa. Teve gente perdendo sapatos, sandálias, óculos, carteira, entre outros objetos na ânsia de chegar antes. Eu nunca tinha visto nada igual.

Infelizmente, eu não consegui pegar o autógrafo do autor. Mesmo depois que a fagga (empresa que organiza a bienal), decidiu realizar a sessão de autógrafos sem senhas, a fila estava quilométrica. Tenho amigos que chegaram a ficar mais de três horas em pé aguardando a chance de conhecer o Nicholas Sparks. Estima-se que ele autografou mais de mil livros.
Com a Diva Emily Giffin. Ela é linda demais!
Não consegui o autógrafo do Sparks, mas consegui um autógrafo da linda e simpática, Emily Giffin. Na minha opinião, o estande da Novo Conceito era o mais bonito da Bienal. Eles arrasaram no designer com livros gigantescos no teto do estande. A presença da autora e também os ótimos preços dos livros, fizeram o estande bombar e ficar repleto de pessoas. Ah, destaque para a presenças das autoras Graciela Mayrink (Até eu te encontrar) e Marina Carvalho (Simplesmente Ana e Ela é uma fera), que estavam autografando na Novo Conceito.

Entre Marina Carvalho e Graciela Mayrink.
Também participei da Festa de Blogueiros da Novo Conceito e Encontro de Blogueiros da Seguinte. Ganhei lindos brindes em ambos eventos. Uhuuuu!!! E reencontrei amigos queridos como: Hérida, Nanda, Natália, Andy, Cibele, Leninha, Mônica, entre outras blogueiras. Também encontrei de passagem a autora Janda Montenegro e a Babi Dewet. 

Pontos positivos: 

Os preços dos livros estavam mais acessíveis do que nas outras edições da Bienal do Livro. A editora Intrínseca colocou diversos títulos ótimos a preços de R$ 2, R$5, R$9, R$19, R$24. Eu, particularmente, acredito que até R$30, um livro está barato. Novo Conceito, Suma da Letras, Universo dos Livros e Farol Literário também estavam com valores semelhantes entre R$19,90 e R$29,90. Para quem teve paciência em garimpar livros no Sebo São Marcos também encontrou vários títulos a R$10, R$15 e R$20.

Nesta edição, havia mais opções de lanches, guloseimas e restaurantes.

Pontos Negativos:

Ao mesmo tempo que havia mais opções de lanchonetes e restaurantes, os preços dos lanches e bebidas estavam muito caros. Uma lata de refrigerante estava saindo por R$5 e uma garrafa de água por R$4. Lanches em geral estavam a partir de R$8. Um café simples estava R$3. A comida a quilo estava por R$5,50 / 100 gr. Bem caro!!!

Aliás, a maioria dos pontos de comida não aceitavam cartão de crédito. Como assimmmmmmm??? Atualmente, é raro eu sair com dinheiro na carteira, prefiro optar por comprar qualquer coisa no crédito ou débito.

E as filas dos caixas eletrônicos, nem preciso comentar que estavam gigantescas.

Destaque:

Arte & Reciclagem.

Acreditem: boa parte do estande da Editora Cortez foi construída com material reutilizável - papelão. Estamos sentadas em um banco feito de papelão. Parabéns, a Editora.

Gostaria de destacar que eu estou apaixonada pelo catálogo de livros das editoras Farol Literário e Jangada. Eu não conhecia muito bem os títulos dessas editoras, logo, fiquei surpresa ao descobrir ótimos livros. Eu queria levar todos para casa, isso nem é novidade. Rs!!!


Comprinhas boas para lá de metro.
SALDÃO:

  • 06 livros para mim: Ninguém como você - Os Videntes - Precisamos falar sobre Kevin - Reiniciados - A Falsa Princesa - Morra Por Mim. 
  • 04 livros para Luiza: ARGH! - Abra com cuidado - A princesa que tudo sabia... Menos uma coisa - Romeu e Julieta - Douglas quer um abraço.
  • 01 livro em sorteio - Ganhei o livro Três é demais no Encontro de Blogueiros da Editora Seguinte.
  • Vários marcadores e sacolinhas lindas. =)




Você foi a Bienal do Rio? Quais foram suas impressões?
Não foi a Bienal? Já, já farei uma promoção especial em homenagem a você.


 ~ ~   Galeria  ~ ~   

Divei totalmente no trono da Editora Leya,
em homenagem ao livro "A Guerra dos Tronos".
Adorei esse móbiles gigantescos dos personagens do Ziraldo.
Eu & Leninha (Sempre Romântica)
Nanda (Viagem Literária) e Hérida (Lendo nas Entrelinhas).
Diana Passy da Editora Seguinte. Uma fofa!





16 comentários:

Amanda T. disse...

Oi flor!

Fui na Bienal ontem, e aproveitei muuuuito, Comprei nada mais nada menos que 13 livros, ganhei um no sorteio da Novo Conceito (o estande era o mais bonito mesmo) e mais 3 de trocas com blogueiros. O almoço realmente estava caríssimo, mas eu acabei pagando, estava morta de fome! Hoje acordei toda dolorida de ficar andando o dia inteiro e o peso da mochila. Mas valeu a pena viu? Uma pena eu não poder ir nos outros dias :/

Um beijo
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Karine disse...

Tem coisa melhor do que duas best friends no meio do que mais gostam, os livros??? Dá pra imaginar a piração! Cristiano e eu nos divertimos enquanto te seguíamos, rindo das esquisitices que tinham por lá (e não eram poucas).
Concordo que os preços estavam mais acessíveis. A Intrínseca, por exemplo, teve uma grande sacada ao colocar os livros tão baratos. E muitas editoras tinham desconto progressivo, o que ajudava muito quem tava em grupo. Com um pouquinho de paciência, vc saía de lá com bons livros baratinhos. Quanto aos lanches, realmente tinha MUITO mais opções! Porééééém, todos os estandes de lanches onde fui não aceitavam vale refeição. Se eu tivesse ido sozinha, teria morrido de fome!
Pra mim, a Bienal é um mundo mágico! A atmosfera do lugar, os livros, as pessoas sentadas no chão mexendo em suas sacolas, lendo encostadas nas paredes... É muito lindo! As crianças no meio dos livros, mexendo em tudo... Vale a pena ser atropelada na entrada por causa do Sparks, congelar no ônibus para Del Castilho, ir em pé do Riocentro ao terminal Alvorada, ficar na fila enorme da Intrínseca...

Rayme disse...

a novo conceito sempre arrasa né? *-*
que fofa você com a Emily! ela parece ser linda mesmo ;~~
eu não fui, nem vou, na bienal, mas fui para Curitiba e consegui autógrafo com o Nicholas *----*
nossa, que absurdo que eles cobram nos lanches eim? compensa levar de casa!!!

adorei as fotos e adorei conhecer a sua experiencia *-*

Viagem Literária disse...

Ei Nique


Adorei! Ri muito de vc divando no trono hauhauhauhau.
Que dia vc volta? rs
Ontem fomos almoçar no Barra, fizemos unha, e ficamos por lá o dia todo.
Hoje vamos na bienal depois do almoço. ^^
bjs

Hérida Ruyz disse...

Ei nique,
Menina... vc sentou mesmo no trono hein? kkkk
Vai estar na Bienal no fim de semana?
Quero "bater perna" com vc de novo!! kkk
Bjs

Anna Gabriella disse...

Eu estou morrendo... são tantas fotos da bienal e tantas coisas legais... por que eu não pude ir?! buáááá rs

Oliveira disse...

Não fui a bienal, mas agradeço por mostrar um pouquinho dela aqui.
Todos comentaram sobre o estande da Novo Conceito, e das promoções de lá também, fiquei (o tempo que pude) acompanhando pelo twitter. Amei ler tudo a cada segundo. Cada surpresa e cada encanto! Foi muito bom, gosto de felicidade.
Suas fotos ficaram lindas, está de parabéns!
O estande da Editora Cortes, sinceramente, foi surpreendente, esse banco *uau*, um banco feito de papel!

Ana Ferraz disse...

Eu fui nos dias 29/08 e 31/08, no sábado estava realmente muito cheio e com muitas filas, mas ainda assim foi ótimo, pude aproveitar mais no 1° dia, pois tava mais tranquilo e sem aquele tumulto dos finais de semana *o*
Novo conceito foi o estante de que mais gostei, além de lindo os livros estavam com um ótimo preço!!!!
Achei os livros com preços muito bons mesmo, no total comprei uns 12 livros, o ponto negativo pra mim são os preços da praça de alimentação um absurdo de caros.

Hosana Nanah disse...

Ai que invejinha boa de vocês *---* sério, sou de PE e não deu para eu ir :(

Leninha disse...

Foi um imenso prazer te conhecer pessoalmente Dominique!
E se não fosse eu né? kkkkk
Beijo enorme e que esse seja apenas nosso primeiro encontro de muitos que ainda virão!
P.S.: Posso pegar nossa foto juntas para meu post de Encontros na Bienal?!
beijos!

apaixonadasporlivros disse...

Adorei o post!!

Estive na Bienal na quinta,sábado e terça e fiquei louca com os preços,autores,e a beleza dos estandes!!!

É o paraíso!!!

bjsss

Bianca

http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

Gilmara Lourenço disse...

Queria ter participadooo :( mimimi

http://manialiteraria.blogspot.com.br/

Carissa Vieira disse...

Queria muito ter ido, mas não deu. Vendo muitos posts legais nos blogs.
Vou ter que me contentar com a Bienal de Recife.


Beijos,
Carissa
www.carissavieira.com

Rafaela Saturnino disse...

Queria muito ter ido, principalmente esse dia, mas não pelo Nicholas, porque nem sou muito fã dele. Eu queria ter ido pela Emily Giffin e pela Marina Carvalho.
Espero conseguir ir na próxima vez...
Beijos

Mandaah Nunes disse...

Aquela hora que eu queria morar no Rio T---T Amei as fotos :3 Parabéns pelos novos livros!!

Ingrid Sodré disse...

A Bienal do livro é um paraíso pra quem adora livros, definitivamente. É normal que nesse tipo de evento o número de pessoas seja muito grande. No entanto, isso não é empecilho para não ir. É incrível! Já fui algumas vezes na Bienal daqui de São Paulo. Há todos os tipos de livro, todos os tipos de preços, só não aproveita quem não quer. Infelizmente não tive a oportunidade de visitar a do Rio, mas li em vários blogs que foi demais.
Aposto que o stand da Novo Conceito estava incrível! A editora tem um capricho enorme com as capas, fico imaginando com o stand. rs Adorei a ideia da Editora Cortez. Gostaria muito de ter ido, ano que vem irei.

http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela