"Laços de Sangue" de Richelle Mead

sexta-feira, 20 de setembro de 2013



Tinha que admitir que ele estava lindo - mas não parecia preparado para um entrevista de emprego. Parecia que estava pronto para cair na noite. Isso me causou um certo conflito. Ainda assim, me peguei admirando-o, e mais uma vez me lembrei da impressão que tinha de vez em quando, de que ele era uma espécie de obra de arte. Era um pouco desconcertante, principalmente porque eu tinha que ficar relembrando a mim mesma que vampiros não eram bonitos do mesmo jeito que humanos.

Sidney é uma alquimista dedicada e inteligente. Educada de forma tradicional e rigorosa pelo pai, ela cresceu consciente da importância do seu papel de proteger os humanos do mundo sobrenatural, em outras palavras, dos vampiros, sejam eles, dampiros, moroi ou strigoi. Evitar contato com os vampiros é outra lição importante, nenhum envolvimento além do estritamente profissional, afinal, eles são seres perversos e antinaturais. 

Em sua última missão, no entanto, Sidney se encrencou completamente ao ajudar a dampira fugitiva, Rose Hathaway. Essa aliança foi o suficiente para causar problemas com seus superiores alquimistas, que consideraram uma traição grave. Afinal, sua missão é proteger os humanos dos vampiros, não confraternizar com eles.

Disposta a fazer qualquer coisa para se redimir perante seus superiores e, principalmente, perante ao próprio pai, Sidney aceita trabalhar em uma missão importante e de caráter secreto, mas nada satisfatória: proteger a princesa Moroi, Jill Dragomir, dos rebeldes que desejam o poder. Se a rainha Lissa Dragomir ficar sem um parente vivo, perante a lei, ela tem que abdicar o trono, culminando em uma guerra civil sangrenta entre aqueles que apoiam seu governo e os rebeldes, afetando, inclusive, a humanidade.

Proteger a humanidade é prioridade, logo, Sidney aceita a missão de se disfarçar de irmã de Jill e Eddie, guardião da princesa Moroi. Juntos eles são matriculados na Escola Preparatória Amberwood, em Palm Springs, na Califórnia, onde precisam conviver juntos, se quiserem que a farsa não seja descoberta. Afinal, que lugar melhor para esconder um vampiro do que em um colégio humano e também no meio de um deserto escaldante?

Nada nunca foi simples para Sidney. Tachada de adoradora de vampiros pelos alquimista, Sidney tem que provar que não simpatiza com eles, mas a missão se torna quase impossível quando ela tem que cuidar de Jill, uma adolescente em crise e ainda de quebra, sair para passear, dividir uma pizza, entre outras atividades que somente a fazem se aproximar deles. Principalmente, de um certo vampiro fanfarrão... Adrian. 

No entanto, não é somente sua atração pelo vampiro que a preocupa. Os alunos de Amberwood estão viciados em umas tatuagens que conferem certos poderes em quem as usa... Tatuagens parecidas com as que os alquimistas usam... Mistérios, perigos, traições, romances, lealdade e amizade... Dilemas e problemas que Sidney terá que resolver. 

❤ ~   

Em Laços de Sangue mais uma vez, Richelle Mead se consagra uma das minhas autoras preferidas do gênero romance sobrenatural. Apaixonada pela autora e fã de Academia de Vampiros, quando descobri que uma personagem secundária da série seria a protagonista de Bloodlines, eu não quis me encher de expectativas para não fazer comparações injustas, mas não me decepcionei, a história de Sidney também é muito boa.

Sidney é uma alquimista jovem, mas inteligente e perspicaz, no entanto, sofre de baixa estima por sempre ser considerada incapaz e imatura por seu pai, que não enxerga o potencial de sua filha. Ela é uma personagem surpreendente, a verdadeira Sidney é revelada aos poucos, repleta de segredos, intrigas e que possui um lado sombrio que deseja a todo custo esconder. O mais interessante é o combate íntimo que Sidney trava consigo mesma, pois ao mesmo tempo que sua criação e educação a ensinaram a temer os vampiros e a considerá-los antinaturais, na convivência diária, ela descobre que eles também possuem sentimentos, crenças, medos e desejos...

Rever os personagens de Vampire Academy - Adrian, Jill e Eddie é sempre um prazer, principalmente, sendo eles, personagens principais da história. Adrian, principalmente, nos encanta e compadece mais uma vez com sua personalidade irreverente e seus conflitos causados pelo dom do espírito. Sidney é dura demais com o vampiro bonitão sempre, mas ao mesmo tempo sente uma atração por ele... Deixando os fãs de Adrian ansiosos para saber como se desenvolverá esse romance impossível, entre uma humana alquimista e um moroi.

Um das características que mais aprecio nos livros da Richelle Mead é a forma como seus personagens evoluem aos poucos, junto com o desenrolar da história. Os acontecimentos se desenvolvem a medida que surgem novas informações, fomentando a curiosidade do leitor. Também aprecio o fato de seus personagens não serem puritanos, todos possuem virtudes, assim como, possuem defeitos, o que os tornam quase reais.

Admito que estou ansiosa para ler Lírio Dourado, quero saber mais sobre a ligação entre Jill e Adrian, como foi o ataque dos rebeldes contra a princesa, como ocorrerá o romance entre Adrian e Sidney (ele merece tanto um amor verdadeiro), entre outros mistérios. Para quem ama, Richelle Mead, Laços de Sangue não decepcionará. Para quem ainda não leu nenhum livro da autora, fica o convite para embarcar em suas aventuras pelo mundo sobrenatural. Recomendo!!!


Minha classificação para esse livro é de  4/6 - "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Laços de Sangue. Mead, Richelle. Editora Seguinte, 2013, 440 p.

❤ Série Bloodlines
  • Laços de Sangue #1
  • Lírio Dourado #2
  • O Feitiço Azul #3

21 comentários:

Oliveira disse...

Não gostei do final do livro academia de Vampiros. Mas, que a autora faz personagens incríveis, isso sim, mas também sabe como matá-los sem realmente matá-los nos livros. Acredito que por isso estou tentando tantos problemas em iniciar a leitura dessa série. Amo o Adrian, ele é ótimo, personagem e tanto. E a Sidney também, Jill, enfim, todos. Não quero ficar com raiva como fiquei com a Rose e o Dimitri.

Dominique disse...

Oliveira, por que vc ficou com raiva deles? Realmente, eu não esperava aquele final lá, mas não me decepcionou de todo modo. Eu gostei muito da Sidney em VA e estou me surpreendendo muito com ela em Bloodlines. A moça é repleta de facetas ocultas. Rs!


Quando você ler, Laços de Sangue, venha conversar comigo.


Bjs.

Amanda T. disse...

Flor, me tire uma duvida: essa resenha tem spoilers da serie Vampire Academy? Se não, me avise que volto pra ler!

Um beijo
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Oliveira disse...

Na verdade, devido o que a autora fez com eles. Sinceramente, para que criar dois personagens com tanta bagagem de tudo para fazer os dois mudarem tanto de forma tão tosca e dar um final tão ruim a eles. Teve uma série, não sei se leu. Midnighters, o autor de Feios, deu um final tão ridículo aos personagens (ficou parecendo mangás - tem o fim mas fica em aberto) que para mim era preferível que tivesse matado principalmente a Jessica. Igual a Rose, era preferível se ela tivesse virado Strigoi e vivido com o Dimitri Strigoi. Sinceramente, aquilo nem é final. A Lissa... aquele poder todo a explorar no livro, poderia ter tido mil maneiras... não é bom ficar escrevendo aqui, quem leu depois pode ficar com raiva, acaba que haverá spoilers. Mas, você deve entender, para mim muita decepção.

Estou com medo de séries, pois fazem fama daí querem estender a série e acabam fazendo anarquia com os personagens. Adrian é um dos meus preferidos, prefiro ter ele em mente como fiquei no livro do que a autora acabar com ele.

A autora sabe construir personagens, mas não sabe finalizar suas séries e isso não ajuda muito!

Karine Marinho disse...

Estou beeeeem curiosa para ler essa série principalmente porque é com meu personagem favorito. *---* Mas tenho medo de comprar e me arrepender porque euzinha não consigo ter vontade de terminar VA desde aquele terceiro livro que, para mim, foi todo errado.
Beijos,K.
Girl Spoiled

Mandaah Nunes disse...

Eu estou no meio do livro, kkkkkk, bom.. talvez eu tenha parado um pouquinho, mas realmente estou gostando. Amei a resenha, bjos

Dominique disse...

Nossa, Karine. Eu amadorei VA. Sei bem do que vc está falando, mas acredite que a autora conserta o estrago. Lembro que fiquei inconformada no terceiro livro. kkkkkkkkkk!


Aconselho você a terminar a série e ler depois Bloodlines, já que possui muitas referências a VA.


Obrigada pelo comentário!

Dominique disse...

Amanda, tem alguns spoilers sim. Que podem acabar com a surpresa do final de VA. =S Rs! Se você ler dos corações para baixo, não terá surpresas, mas na sinopse, sim.


Beijos!

Dominique disse...

Realmente, ela é genial na construção dos personagens. Acho que ela não tinha outro final para Dimitri e Rose, a não ser deixá-los como guardiões da Lissa mesmo. Foi tosco, mas na verdade é o futuro de todos os dampiros, né? Eles não faziam muito o perfil casal que teriam uma vida normal.


Também tenho medo dos finais das séries. Nos apaixonamos pelos personagens, suas histórias e o autor acaba detonando tudo. Ainda não li FEIOS, apesar de ter a série completa. Mas, de certa forma, fiquei arruinada no final de Jogos Vorazes. Ainda não aceito a morte de alguns personagens e o destino de Peeta e Katniss.


Obrigada pela troca de ideias.


Bjs.

Dominique disse...

Mandaah,


Quando terminar, quero saber sua opinião. Volta aqui e me conta o que achou.


Bjs.

Amanda T. disse...

Obrigada querida, li só a parte que você falou! E me fez perceber que Richelle Mead está com tudo hein? Quando terminar Academia dos vampiros vou passar pra essa série!

Ingrid Sodré disse...

Não sabia que esse livro tem relação com a saga "Vampire Academy", que aliás, não conheço a fundo. Sou suspeita, adoro histórias de vampiros, mas espero que tanto "Laços de Sangue" e a saga "Vampire Academy" não tenha vampiros do naipe de Twilight, eu não suportaria. Haha
Gostei do enredo.

Rafaela Saturnino disse...

Eu também amo essa série, eu estava louca querendo esse livro, e finalmente chegou no Brasil :)
Estou muito ansiosa pra começar a ler ele, e espero gostar dele também. E eu achei que essa capa está linda *-*
Beijos

Rosiane Olímpia disse...

Gosto muito dos livros com personagens sobrenaturais, mitos, fantasia, enfim, adorei sua resenha, e espero em breve ler este livro. Obrigada!

Ana Rita Aguiar disse...

Odeie a cara ): mds a capa americana e tão melhor ehaoue Mas a historia continua ótima, morrendo de vontade de ler

Lucas Grima disse...

Eu ainda não terminei de ler a série VA. Quero muito terminar de ler antes de começar Bloodlines. Pelas resenhas que eu já li, incluindo esta, Bloodlines parece ser mil vezes melhor. Achei mega interessante. Parabéns!

Thaysa Rocha disse...

Meu Deus!!! O que são isso: dampiros, moroi e strigoi?????
Fiquei curiosa! Quero ler esse livro já! rs


Beijos
www.livrosqueinspiram.blogspot.com

Paloma disse...

muito boa a resenha parabéns :)

Gizeli Meister disse...

Ansiosa pra começar a ler essa série...Com certeza tá na minha lista de
livro, que por sinal está enorme, kkkk... Mas acho que vou terminar
algumas series primeiro antes de começar outra...Resenha maravilhosa!

JessicaLisboa disse...

Bem eu nao conheço a narrativa da autora, mas vejo que ela é muito criativa no livro e me deixou curiosa. Espero ler esse livro em breve!!

David Lucas Bromsson disse...

Mais uma bela história. E por incrível que pareça, a terceira editora diferente de Mead no Brasil!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela