"Eva" de Anna Carey

domingo, 29 de dezembro de 2013



Apesar da minha vontade, apesar de todas aquelas horas sendo testadas  sobre o Perigo de Meninos e Meninas, eu gostava dele. Só dele. (Pág. 180)

Em Eva, uma praga mortal, aniquilou quase toda população do planeta. Os poucos que sobreviveram, dividiram-se entre rebeldes e súditos do rei. Homens e mulheres não se misturam. Enquanto, as meninas vão para um internato, os meninos são enviados para campos de trabalho forçado. Na escola, as professoras ensinam que os homens são maus, corruptos e que devem ser punidos. O único homem a ser venerado e amado é o rei. Lá na escola, elas devem ser preparadas para uma futura profissão chave, que assegurará a reconstrução mundial... Ou não! Pois Eva está prestes a descobrir a verdade e ela se revelará pior do que a praga que dizimou seu país. 

Entre segredos e mentiras... A verdade é um bálsamo ou a chave para a morte. Eva está prestes a descobrir que seu destino pode ser muito diferente daquele sonhado por ela.

❤ ❤ 

Mais uma série, mais uma distopia para nos apaixonarmos. Eva, lançamento da Galera Record, nos convida a embarcar em um mundo repleto de segredos, intrigas e guerra entre os sexos. Sim, sim, sim... Homens e mulheres divididos, odiando-se mutuamente, um não pode confiar no outro, tudo o que existiu no passado, foi distorcido ou completamente modificado. A mulher deve odiar e temer os homens. Os homens devem trabalhar nos campos para reconstruir a nação destruída pela praga. 

O mundo pós-apocalíptico construído por Anna Carey esbanja realismo ao retratar a falta de alimentos, casas abandonadas, caveiras para todos os lados, pois na época da praga, não havia pessoas o suficiente capazes para enterrar os mortos. Retrata com bastante precisão um mundo tomado pelo medo e pela doença, onde os pais doentes, imploravam para o governo levarem seus filhos para eles não morrerem pela doença ou pela fome. O próprio clima criado pela autora é de medo, repleto de mistério e expectativa quanto ao futuro incerto dos personagens.  

Eva é apenas uma adolescente que sonha em viver na cidade, governada pelo rei, onde deverá exercer uma profissão escolhida por ela e ser muito feliz e bem sucedida. Tudo o que aconteceu em sua infância, a morte da mãe provocada pela praga, será recompensada no dia em que puder contribuir pelo futuro da nação, afinal, o rei quer o melhor para suas pupilas. Mas tudo desmorona, quando ela descobre a verdade. 

Ao contrário de muitas mocinhas destemidas e até "invencíveis" que vemos nas distopias, Eva é doce, estudiosa, vulnerável, mas ao mesmo tempo, forte e corajosa com um desejo imenso de fazer a coisa certa. O oposto da sua amiga Arden, que é voluntariosa, não tem medo do perigo e sabe qual seu objetivo e faz qualquer coisa para alcançá-lo. Essa sensibilidade de Eva a torna mais real e humana. 

Apesar da guerra entre os sexos, no livro há romance, uma atração inevitável entre Eva e um certo rebelde chamado Caleb, um jovem lindo, corajoso e leal, que colocará a própria vida em risco se for para protegê-la. Um fofo!!! 

Acredito que a história de Eva evoluíra bastante nos próximos livros. Anna Carey deixou muitas pontes para dar continuidade a história, deixando muitas perguntas sem respostas e mistérios a serem solucionados. Todos os personagens sem exceção são magníficos, bem construídos, surpreendem por não serem previsíveis. 

Se você ainda não leu Eva, não perca tempo. É uma deliciosa aventura em um mundo pós-apocalíptico. Recomendo!


Minha classificação para esse livro é de  3/6 - " Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Eva. Carey, Anna. Galera Record, 2013, 288 p.


16 comentários:

Oliveira disse...

Quero iniciar essa série, parece muito boa. Espero que não seja daquelas séries enormes. Mas, gosto muito de distopias e sei que vou amar.

Ingrid Sodré disse...

Ainda não li nada com o tema distopias, mas atualmente estão criando enredos engenhosos com esse tema. Não gostei muito do enredo, pra ser sincera. Ainda menos ao saber que trata-se de uma série, estou dando preferência para histórias únicas.

Amanda T. disse...

Sou doida por distopias! É a primeira vez que escuto falar dessa, e já estou convencida que preciso ler. Muito interessante essa guerra entre os sexos, as reflexões sobre família... Entrou pros meus desejados!

Beijos
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Andréia Renata disse...

Adoro distopias e Eva já está na minha lista de desejados, estou muito ansiosa por esse livro e fico feliz que tenha gostado, espero partilhar da sua opinião ^^. Agora fiquei curiosa para saber o que a protagonista descobre.

Pamela Liu disse...

Gosto muito de distopias e achei a sinopse de Eva bem interessante. Ela parece ser uma personagem um pouco frágil, depois de ler Divergente, é um pouco estranho rs
Adorei a capa e pretendo ler o livro futuramente.

Julia disse...

Adoro distopias e achei o modo que a história foi construída incrível isso de homens e mulheres ficar separados não li muitos livros assim e parece que os homens desse livro são fofos

Danii Kaulitz disse...

Que legal a resenha, adorei! Ainda não conhecia este livro e me interessou bastante! Adoro distopias e estórias em mundos pós-apocalípticos e esta obra me chamou bastante atenção, parece ser muito boa. Também gostei de saber que a personagem principal é forte e corajosa, ao contrário da maioria das garotas que vemos por aí em outros livros e que mesmo com a guerra, terá um romance, me deixou bem curiosa para saber como termina essa estória!

beijos ♥

quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

Thaynara Ribeiro disse...

Eu já queria ler esse livro por ser uma dispotia e eu gostar do genero.
Eve é diferente das outras mocinhas deste tipo d livro e estou bem curiosa p ver como ela vai reagir ao Caleb e ao saber a verdade.

Feer Tavares disse...

Quando vi a resenha pensei: AI MEU DEUS OUTRA DISTOPIA NÃO! haha
Mas eu confesso que Eva me ganhou, seja pela capa linda ou pelo trecho da resenha que diz que ela não é invencível haha obrigada Nique!


Gosto muito dos livros da Galera, pena que são tão carinhos -.-
Mas já vai pros meus desejados , tomara que o bolso aguente rs

Rayme disse...

ah, não me interesso por livros distópicos, e sei que este livro não irá me agradar em nada =/
e essa coisa ai de série também não me grada mais :P

Laura Zardo disse...

Amo amo amo amo distopias, meu gênero preferido! Esta é a primeira resenha que leio deste livro e fiquei encantada pela história. E já gostei da protagonista, acho que vamos nos dar muito bem. Uma pena ser uma série, pois eu decidi que só vou começar uma quando todos os livros já forem publicados no Brasil, mas acho que vou acabar não me aguentando, hahah.

Paula Zawatski disse...

Olá Dominique, parabéns pela resenha, me fez querer ainda mais ler o livro, que me encantei ao ver nos lançamentos da editora. Não sabia eu que ia ser série. E essa guerra de sexos me parece bem interessante, e claro, sempre tem que ter rebeldes, ainda mais lutando por justiça e amor. Logo me vinha a duvida, se homens e mulheres se odeiam tanto, como se dará continuidade a raça humana? Adoro distopias, as vezes sinto que são simples reflexos do que está por vir mesmo, quem sabe essa praga venha a existir, só deveremos saber qual é a mentira tramada por ela, como no livro. Qual é a verdade? Só lendo irei descobrir.
Bjs mil

pamela simoes disse...

Sério, eu amo livro de distopias,
mundo pós apocaliptíco e afins...
Já havia ouvido falar deste livro, mas
esta é a primeira resenha dele que
leio.
Sério, como que eles querem
reconstruir a humanidade com as
mulheres e homens sendo ensinados a
se odiar???
Estou morrendo de vontade de ler esse
livro!!
bjs

Mah Barbosa disse...

Aaaaamo distopias e amei saber dessa guerra entre os sexos nessa história, pois acho que nunca li nenhum livro com esse acontecimento. Fora que adoro essas temáticas apocalípticas.
Deve ser um ótimo livro e você deve estar se roendo para saber das coisas não explicadas.

Michelli Santos Prado disse...

Olá Dominique, tudo bem??
Sou apaixonada por distopias!! Essa capa já havia me chamado atenção, mas ainda não tinha procurado informações sobre o livro, mas agora com a resenha fiquei muito interessada e é mais um que vai pra minha lista!!!

Beijos ♥

carol disse...

Mais um livro na minha lista! Adorei a resenha.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela