"O Chamado do Cuco" de Robert Galbraith

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014



Escreveram que ela era desequilibrada, instável, inadequada para o superestrelato em que a rebeldia e a beleza a capturaram; que passara a vida com uma classe endinheirada e imoral que a corrompera; que a decadência de sua nova vida atordoou uma personalidade já frágil. Ela se tornou uma densa fábula moral de Schadenfreude, e tantos colunistas fizeram alusão a Ícaro que a revista Private Eye publicou uma matéria especial.
E então, finalmente, o frenesi se esgotou a tal ponto que até mesmo os jornalistas nada mais tinham a dizer, exceto que muito já havia sido dito. (Pág. 14)

Em O Chamado do Cuco conhecemos Cormoran Strike, detetive, veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, falido e endividado, ainda por cima perde a noiva para outro homem, enfim... Sua vida está uma desordem enorme. 

Lula Landry era uma modelo altamente requisitada pelos melhores estilistas e revistas e também desejada por todos que a cercavam. Sua vida era contada nos mínimos detalhes nos tabloides e sempre era perseguida pelos paparazzi. Além dos conflitos de ser cobiçada por seu dinheiro e fama, Lula também tem problemas psicológicos, tratados desde adolescência que lhe rendeu até uma internação em uma clínica de reabilitação. Todos esse fatores levaram a polícia a crer que Lula se jogou da sacada de sua varanda, cometendo suicídio. 

Quando o irmão de Lula, procura Cormoran Strike para investigar o caso, mesmo que a polícia tenha dito que foi suicídio, ele não acredita nessa hipótese e quer provar que sua irmã foi assassinada. Assumindo o caso, Strike não somente garante o pagamento de algumas dívidas e para manter um padrão mínimo de vida, como também embarca em uma investigação que se mostrará mais sombrio e perigosa do que inicialmente aparentava ser... 

❤ ~   

O Chamado do Cuco da diva J.K. Rowling/Robert Galbraith não decepciona o leitor. Claro que se você quiser ler o livro, imaginando que se trata de algo semelhante a HP, desista. O gênero narrativo é totalmente oposto - ficção policial x literatura fantástica. No entanto, para quem aprecia seguir pistas através da dedução, no estilo Sherlock Holmes, com certeza, apreciará a leitura.

Escrito com maestria, inteligente e com personagens bem construídos, a narrativa é lenta, nos convidando a entrar com um olhar atento e cuidadoso nos recônditos da vida de Lula Landry e sua morte trágica. Confesso que eu levantei diversas hipóteses para vários personagens assassinarem a modelo, acreditem: todos tem um motivo, seja por inveja, cobiça, amor... Mas, não acertei quem era o assassino, o que me deixou verdadeiramente surpresa, pois eu não esperava tal revelação e a autora brinca o tempo inteiro com as pistas, nos fazendo acreditar ser um determinado personagem, quando é outro totalmente diferente. 

Strike é uma figura, aliás. Um daqueles personagens inesquecíveis pelos seus feitos e pela sua personalidade. O cara é taciturno, antipático e um verdadeiro ferrado pela vida. É todo grandão, pesado, amarrotado. Mas, também é inteligente, sagaz e detalhista em toda a investigação. Todo e qualquer detalhe é anotado e analisado, a fim de montar o quebra-cabeça Lula Landry. Também conhecemos Robin, sua secretaria temporária, que tem um desejo oculto desde novinha em participar de uma investigação. Ela é companhia perfeito para Strike, pois faz de tudo para ajudá-lo, mesmo quando ele não solicita. É minuciosa e caprichosa em tudo o que faz, além disso, é atenciosa com o grandão que ganha sua simpatia. 

Durante a narrativa é fácil nos situarmos na leitura, muito bem detalhada de todos os lugares, ambientes e personagens. Além desse fator, a história é narrada em primeira pessoa, alternando entre Strike e Robin, também outros personagens, ajudando assim, a compor todo o cenário. Os personagens são vívidos e cheios de falhas.

Eu apreciei bastante a leitura e os mistérios. Não é um livro que se devora de uma hora para outra, e sim, um livro para usar a imaginação e tentar junto ao detetive, desvendar o mistério, por isso, todo detalhe é importante e indispensável. Eu super indico a leitura!


Minha classificação para esse livro é de  5/7- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

O Chamado do Cuco. Cormoran Strike, vol. 1. Galbraith, Robert. Editora Rocco, 448p.


13 comentários:

Oliveira disse...

Apesar de gostar de livros de investigação, policiais esse livro não me chama tanto a atenção, mas não digo que nunca vou ler. Já mudei tanto de ideia.

Amanda T. disse...

Só pela resenha já vi que vou adorar o Strike! Ele parece ser mesmo uma figura. Tô doida pra ler!

Beijos
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Michelli Santos Prado disse...

Olha, só de saber que é da J. K. eu ja me aventuraria. Sem saber quem é o autor eu já leria, pois adoro essa temática. Já li várias criticas positivas sobre ele e com certeza está na minha lista.
Adorei a resenha =)

Feer Tavares disse...

Já comprei o livro da J.K , falta agora é ter um tempinho pra ler.
Estou com muitas expectativas! E eu amo como a J.K. descreve tão detalhadamente as coisas, não fica cansativo mesmo com tanta informação :)

Laura Zardo disse...

Sei que muitas pessoas amam a autora por causa de Harry Potter, mas eu não gosto muito, então quando este livro foi lançado não fiquei interessada, não que a autora seja ruim, só não gosto do estilo dela. Então no momento não pretendo ler este livro!

Rayme disse...

confesso que nunca li nada da autora, nem HP hehe, mas não estou muito curiosa para ler este ai não...
a história parece ser interessante, mas não me deixa muito curiosa =/
parece ser um livro cheio de mistério, e os personagens parecem ter sido muito bem criados...

Pamela Simões disse...

Apenas os dois primeiros livros da
saga HP, e gostei muito da escrita da autora...
Tua resenha de O Chamado do Cuco deixou-me bastante curiosa a respeito da estória.
Quando puder o comprarei...
Bjs

Andréia Renata disse...

Ainda não li nenhum livro da J.K. e espero mudar essa situação em breve, rs. A premissa desse livro me interessou então já o adicionei a minha lista de desejados (que só cresce) e pela sua resenha parece ser um ótimo livro investigativo.

Larissa Santos disse...

Gosto muito de livros que contém suspense, principalmente quando tem detalhes sobre lugares e personagens <3 isso me faz mergulhar na narrativa.
Espero lê-lo em breve.
Beijocas ^^

Camylla Carvalho disse...

To super curiosa pra ler esse livro. Acho q vou gostar

http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

Danii Kaulitz disse...

Achei bem interessante o enredo deste livro, ainda não tinha lido nenhuma sinopse e despertou bastante meu interesse! Amo investigações e adorei saber que é tudo muito diferente de Harry Potter, fiquei muito curiosa para saber como eles desvendarão este caso e que desfecho a estória irá levar :)

Mah Barbosa disse...

Já faz uns bons meses que não leio nada policial e estou bem curiosa para conhecer esse novo rumo de temática da autora.
Amei que você não acertou quem era o verdadeiro assassino, pois é maravilhoso quando temos certeza de que é tal personagem e acabamos sendo completamente enganados! Esse é o dever do autor! Não gosto de quando fica previsível e no fim, é aquilo mesmo.
Pena que não entrou em seus favoritos. Adorei a resenha!

Adrianatbnu disse...

Eu nunca li HP, não tenho interesse em literatura fantástica, então acho que esse livro é uma boa opção para conhecer a autora.
Gostei da resenha, faz tempo que tenho vontade de ler, mas ficava em dúvida, agora decidi.
Obs: Acho essa capa tão linda!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela