"Die For Me" de Amy Plum

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014


Sinopse: Minha vida sempre foi alegre e maravilhosamente normal. Mas em apenas um momento tudo mudou.
De repente, minha irmã, Georgia, e eu estávamos órfãos. Nós empacotamos nossas vidas e nos mudamos para Paris para morar com nossos avós. E eu sabia que com meu coração despedaçado, minha vida despedaçada, nunca iria me sentir normal novamente. Então eu conheci Vincent.
Misterioso, sexy e irritantemente encantador, Vincent Delacroix apareceu do nada e me arrebatou. Eu corria o perigo de perder o meu coração de novo. Mas estava pronta para deixar isso acontecer.
Claro, nada é assim tão fácil. Porque Vincent é nenhum ser humano normal. Ele tem um destino terrível, um que coloca sua vida em risco todos os dias. Ele também tem inimigos. . . imortais, inimigos assassinos que estão determinados a destruí-lo e todos os da sua espécie.
Enquanto eu estou lutando para juntar os restos de minha vida, posso colocar meu coração em risco, assim como minha vida e a da minha família, por uma chance no amor?

Kate perdeu os pais recentemente em um acidente de carro e ela e sua irmã Georgia mudaram-se para Paris, onde moram com os avós. Georgia e Kate  lidam com a dor de tão grande perda de forma bem diferente, já que possuem personalidades tão distintas. O que não impede de serem bem próximas uma da outra. Georgia é extrovertida, cheia de amigos e baladeira, enquanto Kate gosta muito de ler e frequentar museus e deste que chegou a Paris mal saiu de casa e fez amigos. Apenas depois de muita insistência de seus avós e sua irmã, acompanhada de um bom livro, Kate resolve sair um pouco mais de casa, e começa a passar seus dias em um café da redondeza completamente imersa em suas leituras.

Em um desses dias, repara que há um grupo de garotos sentados por lá, e um deles não para de encará-la. E ele é lindo. Possui uma beleza sobre-humana. E deste dia em diante, parece que ela o encontra com mais frequência e em situações inusitadas. Ela sente medo, como um sentimento que a alerta para se distanciar, mas também sente uma atração intensa por ele.

(...) "Eu sou um cavalheiro por completo", ele respondeu em voz baixa. "Eu jogaria meu casaco sobre a poça para você todo o dia."
"Eu não sou donzela em perigo", retorqui com o trem a parar.
"Ufa - bem, isso é uma coisa boa", disse ele, dando um falso suspiro de alívio.
Eu já li algumas resenhas sobre o livro, mas como eu leio diversas resenhas todos os dias, eu confesso que não me recordava sobre o quê se tratava a história. E isto foi um ponto positivo, pois fui pega totalmente de surpresa! E é por isto que fiz uma sinopse bem curtinha, mesmo que por aí tenham resenhas que contam sobre que ser sobrenatural se trata nesta trama. A história tendia a seguir por um lado e de repente, Amy Plum introduz algo que, para mim, foi bem diferente. No início até estranhei, mas aos poucos ela introduz explicações e elementos interessantes aos tais seres sobrenaturais e no fim gostei da ideia. Não se trata de nenhum ser sobrenatural original, criado pela autora, mas ela transformou um ser que existe em algo interessante... Pelo menos, eu achei.Além disso, o enredo se passa nas ruas de Paris, entre cafés, museus e boates, e não em uma escola do ensino médio americana, então mais um ponto para o livro!

Outro ponto em que o livro me ganhou foi o fato de eu me identificar bastante com a protagonista, e sua irmã Georgia me lembrou uma grande amiga que tenho.

Apesar do ser sobrenatural e do cenário diferentes,  e do romance entre Vicent e Kate ser bonito, a leitura não me arrebatou. Vicent é um fofo, mas não entrou para lista de Literary Crush, e os trechos românticos não me fizeram suspirar... E, a história é essencialmente a mesma que temos visto por aí. Não é um livro ruim. Não mesmo. É uma leitura rápida, há personagens carismáticos - inclusive os secundários -, e tem até alguma ação entre a história de amor. Mas o tema já está bem gasto. Eu não sei o que acontece comigo, mas estou me sentindo um tanto crítica com as minhas leituras ultimamente... Deve ser a falta de tempo que está me tornando seletiva. 

Ps.: Die For Me (Morra Por Mim) foi lançado aqui no Brasil pela Editora Farol Literário.


Minha classificação para esse livro é de  3/7- "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Die For Me. Plum, Amy. Atom, 2011, 344 p.


6 comentários:

Amanda T. disse...

Esse diferencial de ser em Paris me deixou bem animada pela história. Sem falar nas várias resenhas positivas e nessa capa linda! Mesmo com o tema "batido", estou louca pra ler!

Beijos
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Bruna Souza disse...

A capa desse livro é maravilhosa!
O livro me parece ser muito bom mesmo.
Já vi que vou gostar do Vincent, ele me despertou curiosidade. Também quero descobrir os mistérios que essa história, fascinante ao meu ver, tem.

Camylla Carvalho disse...

A capa desse livro e linda... E pela sinopse parece ser bem legal;) ja ouvi varias resenhas positivas

http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

Michelli Santos Prado disse...

Olá Dani, tudo bem??
Apesar deste pena ter sido bem "usado" este livro já esta na minha lestante, pois li tantas resenhas positivas sobre o livro e por ter esta edição linda, não resisti e acabei adquirindo, mas fico feliz de ter lido sua resenha, pois creio que quando por ler não irei com tantas expectativa para não me decepcionar.
Beijos ♥

Oliveira disse...

Esses tempos tenho lido alguns livros em que se passa em Paris e tenho amado, creio que esse seria o mesmo.

Blair Boo disse...

Também achei o plot repetitivo... A garota com problemas que encontra o garoto - lindo, maravilhoso, perfeito... Mas a capa é linda, gente *-*

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela