"Firmin" de Sam Savage

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014



Sinopse - Nascido no porão de uma livraria na cidade de Boston nos anos 1960, Firmin aprende a ler devorando as páginas de um livro. Mas um rato culto é um rato solitário. Marginalizado por sua família, busca a amizade de seu herói, o livreiro, e de um escritor fracassado. À medida que Firmin aperfeiçoa uma fome insaciável pelos livros, sua emoção e seus medos se tornam humanos. Original, brilhante e cheio de alegorias, Firmin esbanja humor e tristeza, encanto e saudade de um mundo que entende o poder redentor da literatura, um mundo que se desvanece deixando para trás um rato com uma alma criativa, uma amizade excepcional e uma livraria bagunçada.
"Sempre imaginei que a história de minha vida, deveria ter uma primeira linha espetacular: alguma coisa lírica como 'Lolita, luz da minha vida, fogo de minhas entranhas'; ou, se não conseguisse fazer algo lírico, alguma coisa dramática como 'Todas as famílias felizes se parecem, mas cada família infeliz é infeliz à sua maneira', de Tolstoi... Quando se pensa em aberturas, porém, a melhor de todas, para mim, é o começo de 'O Bom Soldado', deFord Madox Ford: 'Esta é a história mais triste que já ouvi'."

Vocês podem até fazer cara feia ao visualizar a capa desse livro, mas não se enganem, pois vocês estão diante do ratinho mais inteligente e leitor voraz do mundo. Como Firmin, vocês jamais irão encontrar outro rato no planeta.

Firmin nasceu no porão de uma livraria. Nada mais delicioso para um rato do que ter milhares de páginas de livros para roer literalmente todos os dias, porém, entre uma roída de uma página e outra, Firmin começa a aprender a ler e seus sentimentos começam a brotar, tornando-o quase humano. Ao descobrir, o prazer da leitura, Firmin se abstém de comer os livros, para somente lê-los e apreciar as histórias com um senso crítico agudíssimo. Solitário, Firmin tem como única companhia um escritor fracassado e o dono da livraria. 

Ah, aposto como vocês pensaram que Firmin, por ser um rato, leria qualquer coisa, não é? Puro engano! Ele adora clássicos da literatura, viajar e se emocionar com grandes aventuras e enamorar-se das paixões avassaladoras do passado. Filmes e músicas clássica também fazem parte do hobbie desse ratinho culto.

Firmin é uma leitura simplesmente encantadora, que transborda emoção e sentimentos. A solidão humana é retratada através de Firmin e de seu amigo escritor, que encontraram entre as páginas dos livros, a companhia que tanto ansiavam. Narrado em primeira pessoa, em muitos momentos da narrativa, somos surpreendidos pelo nobre ratinho, que fala diretamente com o leitor, nos arrancando lágrimas e sorrisos. 

Firmin é um daqueles livros que poucos leitores conhecem, mas que todos deveriam ler. Recomendo!



Minha classificação para esse livro é de  6/7- "Excelente".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Firmin. Savage, Sam. Editora Planeta, 2008, 248 p.




6 comentários:

Amanda T. disse...

É, realmente eu faria cara feia para a capa. A história por outro lado me deixou bem curiosa, e depois de uma resenha tão animada, não vejo a hora de lê-lo. Um livro assim deveria ser mais divulgado.

Beijos
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Rayme disse...

não conhecia mesmo o livro, mas só pela sua resenha já me apaixonei pelo Firmin hahaha
vou procurá-lo para ler :D
realmente, é uma pena a capa ser tão feinha e simplesinha =/

Bruna Souza disse...

Meu Deus, que capa é essa? Hahahaha, achei... feia. Mas por outro lado, Firmin me parece ser um ratinho gente boa. Eu, com certeza, o criaria como bichinho de estimação. E adorei a resenha do livro.

Oliveira disse...

Pela imagem fiquei na repulsiva, eca! Mas, que mente linda desse ratinho?! Apaixonei, vou lê-lo. Parece muito bom e realmente não conhecia.

Karyme Carvalho disse...

O livro parece ser tão doce e fofo! Vou procurar este livro para ler.

Michelli Santos Prado disse...

Olá Dominique, não conhecia o livro,mas sua resenha me deixou encantada para conhecer e ler o livro, sempre bom variar as leituras e não ler somente o que é " febre" no momento. Dica mais que anotada.
Beijos ♥

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela