"A garota que você deixou para trás" de Jojo Moyes

terça-feira, 11 de março de 2014



Sinopse - Durante a Primeira Guerra Mundial, o jovem pintor francês Édouard Lefèvre é obrigado a se separar de sua esposa, Sophie, para lutar no front. Vivendo com os irmãos e os sobrinhos em sua pequena cidade natal, agora ocupada pelos soldados alemães, Sophie apega-se às lembranças do marido admirando um retrato seu pintado por Édouard. Quando o quadro chama a atenção do novo comandante alemão, Sophie arrisca tudo — a família, a reputação e a vida — na esperança de rever Édouard, agora prisioneiro de guerra. Quase um século depois, na Londres dos anos 2000, a jovem viúva Liv Halston mora sozinha numa moderna casa com paredes de vidro. Ocupando lugar de destaque, um retrato de uma bela jovem, presente do seu marido pouco antes de sua morte prematura, a mantém ligada ao passado. Quando Liv finalmente parece disposta a voltar à vida, um encontro inesperado vai revelar o verdadeiro valor daquela pintura e sua tumultuada trajetória. Ao mergulhar na história da garota do quadro, Liv vê, mais uma vez, sua própria vida virar de cabeça para baixo. Tecido com habilidade, A garota que você deixou para trás alterna momentos tristes e alegres, sem descuidar dos meandros das grandes histórias de amor e da delicadeza dos finais felizes.
Imagine um romance perfeito, daqueles que te fazem sorrir e até chorar. Um romance que te seduz, que te faz ficar pensando nele, quando não está lendo, imaginando mil e uma reviravoltas para o final. A garota que você deixou para trás é um livro que te faz sonhar! 

A história criada por Jojo Moyes alterna entre o passado e o presente, ora narrado por Sophie, uma jovem que vive durante a primeira guerra mundial, ora narrado por Liv, uma jovem viúva que mesmo após quatro anos, ainda sofre pela perda do marido e não consegue voltar a ser feliz. Ainda temos passagens narradas por outros personagens, o que nos permite um panorama mais amplo do contexto. A autora utiliza também cartas e fragmentos de diários para compor o passado de Sophie, causando-nos o sentimento de nostalgia, por uma época que não vivemos. 

Imagine encontrar o amor da sua vida, aquela pessoa que te completa em todos os sentidos e, de repente, ser separado dela irrevogavelmente pela guerra... ou pela morte? Duas mulheres que viveram em séculos diferentes, mas que tem suas vidas interligadas pelo amor e pelo sofrimento, terão seus destinos decididos por um retrato belíssimo, mas que carrega o poder de destruir corações ou de sarar velhas feridas e insuflar a esperança. 

Quando Édouard Lefèvre pinta o retrato de Sophie, não imagina que estará pintando tanto a salvação quanto o sofrimento para sua jovem e bela esposa. Afastada do esposo que foi lutar na guerra e vivendo junto a sua família, Sophie teme pelo futuro, agora que sua pequena cidade foi invadida pelos soldados alemães. Seu único alento é admirar o retrato que seu marido pintou dela, que a relembra dos tempos deliciosos que passaram juntos e de como já havia sido feliz, uma mulher radiante e plena um dia. Ao ser obrigada a conviver com os alemães dentro de seu restaurante e ter que cozinhar para eles, noite após noite, um comandante se apaixona pelo retrato. Quando recebe a notícia de que Édouard foi preso em um campo de concentração, Sophie arrisca tudo para revê-lo, inclusive, sua própria vida. Quase cem anos depois, encontramos Liv Halston, uma jovem viúva, destruída por ter tido seus sonhos roubados com a morte prematura do marido. Seu único alento é o quadro A garota que você deixou para trás, presente de casamento dado por David, seu marido. Porém, a família Lefèvre descobre a existência do quadro e exige que ele seja restituído a família, alegando ter sido roubado na época da guerra. Liv não quer se afastar da única coisa que ainda a liga ao marido falecido e fará de tudo, inclusive, renegar a possibilidade de ter um novo amor para manter o quadro junto a si.

Mesmo após ter terminado a leitura, ainda me encontro embevecida com a história. Em alguns momentos, a teimosia de Liv ao tentar manter o quadro, as custa de tudo o que lhe resta é causticante para o leitor, mas entendemos a importância, mas ao mesmo tempo, asseamos para que ela reencontre a felicidade e se permita um novo amor. O próprio quadro em si pela descrição é apaixonante e nos vemos vivendo dentro dele e em sua história de amor, rendição e sofrimento. A corajosa Sophie também nos encanta e arrebata com sua ousadia e crença de que encontrará novamente seu grande amor. 

O final foi perfeito, sem ser piegas. Quando a realidade se infiltra, o sofrimento deixa sequelas, mas deixa uma lição. Simplesmente, A garota que você deixou para trás é um livro magnífico. Recomendoooo!



Minha classificação para esse livro é de  6/7- "Excelente".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

A garota que você deixou para trás. Moyes, Jojo. Editora Intrínseca, 2014, 384 p.


8 comentários:

Andy Lima disse...

Eu sempre leio coisas boas sobre essa autora e morro de curiosidade de ler algum livro, mas ainda não tive oportunidade, acho que pelo menos agora já sei por qual começar, ótima resenha!




www.estandybooks.com

Carol Koplin disse...

Olá!Este livro está na minha lista de leitura. Após ler sua resenha fiquei ansiosa para ler! Amo romance e esta história parece incrível!
Beijinhos!


http://citacaonumclick.blogspot.com.br/

Ana Paula Barreto disse...

Estou apaixonada por essa história, sem nem ter lido, diga-se de passagem. rs
A autora já provou que sabe escrever histórias de amor, com personagens fortes, porém muito humanos. Acho que conhecendo eles, fica mais fácil compreender algumas atitudes.
Espero ler logo!
bjs

Rayme disse...

acredito ser um livro ótimo mesmo. li Como eu era antes de você da Jojo, e fiquei encantada com a escrita dela! super envolvente e com uma trama incrível. este não parece ser diferente do outro que li, e estou mega curiosa!
o final parece ser sensacional mesmo, apesar de ter visto gente reclamando dele ser feliz demais --'

Karyme Carvalho disse...

Fiquei encantada com a história! Quero muito ler este livro. Ainda não li nenhum livro desta autora. Entrou para minha lista. bjs

Folhas de Sonhos disse...

Que enredo atraente e mesclando fatos históricos fica tudo mais interessante, né? Eu não li, mas leria com certeza. E essa capa é linda.


abraços,
Luciana

Laura Zardo disse...

Acredita que até hoje eu não terminei A Última Carta de Amor? Mas não por não ter gostado, eu gostei e muito, mas tive alguns problemas e acabei tendo que deixá-lo de lado e nunca mais voltei a lê-lo. Tenho que lê-lo, preciso saber o final, hehe. Eu preciso este novo livro dela, parece ser maravilhoso, quero muito! *.*

Michelli Santos Prado disse...

QUE LIVRO É ESSE?Demais a resenha deste livro, fiquei ainda mais feliz de saber que em breve poderei ler ele.Achei sua historia emocionante e assim que ele chegar vou querer conferir esta historia cheia de perdas e amor!!
Parabéns pela resenha!!
Beijos!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela