"Círculo" de Mats Strandberg e Sara B. Elfgren

quinta-feira, 6 de março de 2014



Sinopse - Minoo sempre foi a melhor da turma, mas não consegue fazer amigos. Vanessa é a garota mais sexy do colégio e namora um cara bem mais velho. Linnéa tem pai alcoólatra e é malfalada na escola. Rebecka parece ter uma vida de contos de fadas, mas esconde de todos que tem um distúrbio alimentar. Anna-Karin sofre bullying e deseja ser invisível. Ida, apesar de popular, é detestada tanto pelos professores quanto pelos alunos. 
Elas não são amigas nem têm quase nada em comum, exceto o fato de frequentarem o mesmo colégio na cidadezinha sueca de Engelsfors. Quando uma lua vermelho-sangue surge no céu, as seis são atraídas por uma força misteriosa até um parque de diversões abandonado, onde descobrem que são as Escolhidas, um grupo de bruxas ligadas por uma antiga profecia, e que uma força terrível foi libertada. Diante de uma série de suicídios suspeitos, elas precisam se unir e aprender a usar suas habilidades mágicas recém-adquiridas se quiserem sobreviver. Juntas, formam um círculo poderoso, capaz de impedir uma profecia que anuncia o fim do mundo. Separadas, são caçadas por um inimigo misterioso que as persegue dentro e fora da escola.

Círculo é um daqueles livros que te cativam logo na primeira página. Sombrio, repleto de suspense, o leitor é convidado para entrar em um misterioso jogo de vida ou morte, magia e poder. Quando as seis estudantes da cidade Engelsfors são atraídas para um parque de diversão abandonado e lhes é revelado seus dons e uma profecia que anuncia o fim do mundo. Como se não bastasse ter que lidar com os problemas familiares e conflitos típicos adolescentes como primeiro amor, distúrbio alimentar, bullying, falta de auto-estima, drogas, entre outras coisas, as Escolhidas terão que desenvolver seus dons e aprender a se unir. Apenas uma delas, Rebecka percebe a verdade e o perigo que correm e tenta uni-las, mas a diferença entre essas meninas é enorme, quase intransponível, o que permite que o inimigo se aproxime cada vez mais delas.

Mats e Sara B. construíram uma história sombria e repleta de mistérios na medida exata. As seis meninas escolhidas são na realidade bruxas, que precisam desenvolver seus dons para salvar suas próprias vidas e também o mundo. Porém, elas não são adolescentes boazinhas como as mocinhas que encontramos em outros livros, pois ou uma odeia a outra ou se desprezam, e ao longo da vida no colegial, já aprontaram muito ou, simplesmente, tentaram sobreviver sendo invisível. Todas possuem vários defeitos, motivos para se odiar, mas as circunstâncias fazem com que elas precisem se unir.

Sabe aqueles filmes onde tem uma música de fundo de suspense e a mocinha vai na ponta do pé, descobrir o que tem além daquele corredor, além daquela porta? É assim o tempo inteiro a narrativa de Círculo. Parece que o inimigo irá destruir uma a uma, provocando suicídios após suicídios, e elas nunca irão se unir para combatê-lo, pois são muito teimosas para aceitar que precisam umas das outras. Ao mesmo tempo que o suspense te faz desejar saber o que acontecerá com as Escolhidas, as poucas informações que os autores vão nos disponibilizando ao longo da história, nos deixam um pouco cansados, pois tudo ocorre lentamente. Porém, acontecem no momento certo, pois as meninas precisam lidar com vários conflitos ao mesmo tempo.

A história é intercalada entre cinco das seis escolhidas, onde os autores mostram como são suas vidas, o que pensam e desejam, lembranças e opiniões sobre as outras bruxas escolhidas. Somente Ida ficou a parte da narrativa, todas as outras nutrem sentimentos negativos em relação a ela, por ser egoísta e má. Creio que nos próximos livros, os autores contarão sua história e darão maior participação nos acontecimentos para Ida.

Para quem curte romance sobrenatural com muitas doses de suspense e joguinhos psicológicos, curtirá bastante a leitura. Recomendo!


Minha classificação para esse livro é de  3/6- "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Círculo. Strandberg, Mats. Sara B. Elfgren. Intrínseca, 2014, 416 p.





7 comentários:

Rayme disse...

livros de suspense são o tipo de gênero que eu gosto de ler, mas essa coisa de magia ai não =/
acho que a história não me agradaria, não conseguiria me prender...
não faz muito o meu estilo, não me deixa curiosa :S

Ana Paula Barreto disse...

Geralmente não curto livros do gênero, não gosto muito de magia, etc. Mas achei que o clima da história é um diferencial.. e isso me atrai bastante. Gosto de suspense e de jogos psicológicos, então acho que daria uma chance ao livro.
bjs

Laura Zardo disse...

Geralmente gosto do gênero, então acho que me daria bem com este livro, além de ter gostado do estilo dele desde o início. Uma pena quando um livro fica no "bom", acho isso bem frustrante, mas enfim, fazer o quê, espero que para mim ele funcione, hehe.

Janaira Oliveira disse...

eu adoro este tipo de livro que envolva o gênero sobrenatural, com certeza amaria toda a história <3
eu já tinha visto o livro, mas só agora li a resenha e estou louca por ele!

Karyme Carvalho disse...

Este livro tem duas coisas que eu adoro: suspense e bruxas. Fiquei ansiosa para ler, foi pra minha listinha!

Folhas de Sonhos disse...

Lendo a resenha e a respectiva sinopse me pareceu uma história bem pra adolescente , juvenil, e até um pouco cliché... Não me pareceu tão atrativo o enredo.


abraços,
Luciana

Michelli Santos Prado disse...

Já havia lido outras resenha antes, mas nenhuma me deixou com tanta vontade de lê-lo, creio que deve ser uma historia bem "conhecida" e por saber que são livros, me desanimou ainda mais para a leitura pois ando fugindo atualmente de livros com continuações!!
Beijos!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela