{Admirável Mundo Literário} Os "Netflix dos livros"

sábado, 12 de abril de 2014




Você já deve ter ao menos ouvido falar do "Netflix" - um serviço oferecido pela internet em que o assinante tem acesso a diversas séries de TV e filmes pelo valor de $8 dólares. Eu confesso que já não consigo viver sem Netflix. A ideia é tão boa que um mesmo serviço foi criado para os apaixonados por musica, o Spotify.

Agora já imaginou se existisse um "Netflix dos livros"? E você, um devorador de livros, pagando menos de 10 dólares por mês e tendo acesso aos acervo dos mais diversos livros, dentre eles, os best-sellers que você mais deseja ler, mas que custam na media de 30 reais na loja? Pois isto é já realidade nos EUA. E há até dois concorrentes: Scribd e o "Oyster". 

Talvez vocês já estejam familiarizados com o Scribd que surgiu como um site de compartilhamento de documentos nos mais diversos formatos. A leitura online era gratuita, pagava-se apenas se o usuário quisesse fazer o download. A liberdade para que os próprios usuários adicionassem arquivos fez com que diversos livros ilegais surgissem no site. Desde de Outubro de 2013, o Scribd passou a cobrar $8,99 dólares mensais para o acesso de seu acervo que conta com 100 mil títulos de livros além de outros arquivos. Obviamente, o leitor não encontrará os livros mais recentes do mercado. Assim como no netflix, em que você não encontra os mais recentes filmes ou as mais recentes temporadas de sua série de TV favorita. Contudo, a proposta é boa para quem gosta de ler e lê mais de dois livros por mês. Afinal, quantos livros você compraria por este valor mensalmente pago? Provavelmente, apenas um, talvez dois ou três se você fizer suas compras em um sebo.  Recentemente, o Scribd fechou contrato com uma das grandes editoras americanas, a Harper Collins, e futuros contratos com editoras poderão ser fechados. Além disso, o Scribd já possui um pequeno acervo em português para aqueles que não leem em inglês, e compatível com o iOS, Android e Kindle Fire.

O Oyster possui o mesmo formato do Scribd, a diferença é que, aparentemente, aceita apenas usuários residentes nos EUA e que dominam a língua inglesa, pois não há livros em português disponíveis ainda. Possui um app somente para Iphone, mas também só disponível apenas na Applestore americana. Pode ser utilizado como uma rede social em que os leitores usuários compartilhando informações sobre os livros lidos e recomendados.

O Amazon também possui um sistema parecido. Por um valor anual, o usuário tem acesso a uma biblioteca virtual com um acervo diversificado. E não só isso, também tem acesso aos mais diversos filmes e séries de TV, e um sistema de frete gratuito e rápido para os consumidores do site. É conhecido como Amazon Prime, mas aparentemente ainda não está disponível para usuários brasileiros.

A ideia apesar de boa, ainda tem um longo caminho a percorrer em acordos com mercado editorial, tanto lá fora, mas especialmente por aqui no Brasil. Acredito que mesmo a passos lentos, chegará por aqui uma hora ou outra. Sem dúvida, eu adoraria ser usuária de um "netflix dos livros" como sou do próprio Netflix. E, sim, continuarei a comprar livros e e-books, assim como não parei de comprar DVDs dos meus filmes e séries de TV favoritos mesmo pagando mensalmente o Netflix.

E vocês, leitores? O que acham da ideia? Seriam usuários? Deixariam de comprar livros se fossem?





9 comentários:

Pandora Elf disse...

Eu ainda não entrei no mundo dos e-books com os dois pé. Estou esperando me desafogar um pouco para me dar de presente um kobo e ai vou ver como as coisas vão funcionar. Mas a ideia é interessante, ah isso é!

O que tem na nossa estante

Folhas de Sonhos disse...

Eu nunca deixaria de comprar livros. Mas agora eu sou usuário de Kobo e estou amando isso, claro. Por enquanto não achei necessidade de comprar nenhum ebook, pois tenho encontrado muitos livros interessantes de graça. Não pagaria uma mensalidade pra ler livros, quando posso achar em diversos sites a disponibilidade deles.

Rayme disse...

eu já tive assinatura da netflix, e confesso que não gostei muito não. a maioria dos filmes que tinha lá eu já tinha assistido, e as séries que eu acompanhava na época estavam bem desatualizadas. ai desanimei de cancelei hahaha
deve ser ótimo este mesmo sistema para livros. eu mesmo iria amar! hahaha
não conhecia esses dois ai, e se eu tivesse o costume de ler em inglês, até assinaria :P

Gláucia B. de Lima disse...

A ideia é boa, ter um grande acervo e pagar um preço fixo e mínimo para ler, economizando e muito. Mas não sei se daria certo aqui no Brasil, as pessoas não aceitam muito bem os avanços tecnológicos.

Adriana T disse...

Eu tenho um Kindle e leio e-books, mas eles ainda representam um percentual bem pequeno no valor que eu gasto com livros, eu ainda prefiro comprar livros físicos então de momento o serviço não chama muito minha atenção, mas acho que no futuro pode se tornar algo bem popular.

Michelli Santos Prado disse...

Oi Dani!! Não sabia nada sobre o assunto, pois ainda não tenho internet em casa, entro sempre que possível =(
Mas achei super bacana saber mais sobre o assunto, e creio que houvesse um serviço assim teria dificuldade de usar pois curto mais livros fisicos!!
Beijos!!

Karyme Carvalho disse...

Não sabia que havia serviços semelhantes ao Netflix para livros nos EUA. Para mim seria perfeito! Leio em média 10 livros por mês. Estou sempre a procura de promoção. Meu vício custa caro rsrs. Certamente seria usuária, mas continuaria comprando livros físicos. Ebooks são super práticos, principalmente para quem viaja. Mas eu ainda gosto mais dos livros físicos, além de poder trocá-los no skoob (com dó no coração rsrs).

Georgia Germer disse...

Existem vários pontos que podemos levar em conta: alto preço dos livros físicos, pouco espaço para armazenar em casa, peso dos livros quando queremos levá-los conosco etc. Estes são argumentos que eu uso para comigo mesma, pois sou daquelas leitoras que gosta de ter todos os sentidos aguçados durante a leitura, tato, olfato, visão, audição (o som das páginas virando, o livro sendo folheado, aberto, fechado)...

JessicaLisboa disse...

Nao sei se usaria esse serviço ainda sou apta a um bom livro fisico.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela