"Manhã de Núpcias" de Lisa Kleypas

terça-feira, 7 de outubro de 2014


Aquilo não foi um beijo, foi uma posse. Ele a tomou totalmente, a língua quente investindo dentro dela, privando-a de qualquer escolha ou reflexão. O cheiro masculino de sua pele encheu as narinas de Catherine. Sensações demais para assimilar de uma só vez... A boca quente e macia, as mãos firmes a segurando, os contornos masculinos fortes do corpo dele.

Manhã de Núpcias nos convida a conhecer a história do sedutor e irreverente Leo Hathaway, o mais velho dos irrmãos Hathaway e o menos responsável. Nos livros anteriores, Leo Hathaway sempre teve destaque por ser cínico, sarcástico e irresponsável, mas também fiel a suas irmãs, carinhoso e atencioso. Suas discussões e brigas com a governanta e dama de companhia das irmãs sempre renderam ótimas risadas e momentos deliciosos: Já era possível antever que por detrás de tanta antipatia, os dois sentiam uma atração enorme e irresistível um pelo outro, mesmo que tentassem sufocar.

Por trás de tanta rebeldia, Leo esconde um homem ferido e amargo por ter perdido o grande amor de sua vida para um doença fatal do qual também foi vítima, mas sobreviveu. Viver em um mundo sem Laura foi para ele uma grande tortura, mas o tempo cura todas as feridas ou ao menos as ameniza. Mesmo que tenha abandonado as mesas dos bares e os cassinos, Leo ainda é um sedutor incurável que promete não se casar com ninguém, nunca. 

Após anos de dificuldades financeiras, mesmo após herdar o título de Lorde Ramsay, finalmente, com a ajuda do seu cunhado Cam, a família está estável, vivendo confortavelmente e felizes. Até que recebem uma carta informando que se Leo Hathaway não se casar e dentro de um ano não tiver um herdeiro, tanto seu título quanto sua propriedade onde a família vive, serão passadas adiante.

A salvação de Leo reside em Catherine Marks, a insuportável da governanta, a megera que o irrita e o enlouquece de diversas formas. Catherine tem uma opinião negativa de Leo e um passado sombrio e misterioso. Apesar de suas ressalvas, sua segurança também pode estar em risco devido a esses segredos e isso a levará a aceitar o casamento com Lorde Ramsay. 

Acompanhar a família Hathaway e suas loucuras sempre é um convite prazeroso. Os livros anteriores já nos antecipava que a história de Leo Hathaway seria muito divertido e sexy, afinal, ele empresta a família o ar irônico e cínico da vida. Para ele, a vida é preto e branco. Suas passagens sempre são divertidas, mas ao mesmo tempo tristes, pois dentro dele existe um vácuo muito grande devido a perda da noiva, o que o levava a cometer os mais loucos desvarios. Egoísta? Sim. Insensível? Sim. Mas de uma carência enorme e um desejo maior ainda de ser amado. 

O mesmo acontece com Catherine Marks, uma mulher que se esconde atrás da "personagem" de governanta feia, apagada e severa. Para se esconder do passado, ela foi capaz de colorir os cabelos, óculos, um vestido sem grande atrativos, uma magreza e feições severas, além de um humor de megera (somente para Leo). Mas também esconde dentro de si, uma mulher que deseja ser amada e se revelar para o mundo, que deseja ter uma família mais do que qualquer outra coisa e a encontrou no lar dos Hathaway, mesmo como empregada.

Apesar de eu ter gostado muito da história do Leo e ainda continuo apaixonada pela história de Poppy e Harry em Tentação ao pôr do sol. Catherine e Leo formam um casal que dão equilíbrio um para outro, além de preencherem as lacunas existentes devido ao sofrimento. Eles se alfinetam o tempo inteiro, Leo finalmente encontrou uma oponente a altura que não tem medo e não se deixa intimidar. Suas brigas são obviamente uma tentativa vã de tentarem esconder a atração que ambos sentem e que é perceptível para todos, menos para os dois.

Gosto da forma como Lisa Kleipas contrói a evolução dos personagens, contando pedacinhos da história de cada um nos livros anteriores, fechando-a finalmente quando este se torna protagonista. Se você gosta de romance, certamente irá apreciar essa série! 



Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Manhã de Núpcias. Kleipas, Lisa. Editora Arqueiro, 2014, 272 p.


4 comentários:

Rayme disse...

Oi,
ainda não li nenhum dos livros desta série, mas tenho muita curiosidade em ler todos. gosto deste tipo de trama, onde os personagens tem algum problema pessoal e apesar de tentar não se apaixonar, acaba se apaixonando :P
este ai parece ser ótimo, como todos os outros ;~~

Nil Macedo disse...

Eu já li até Tentação ao Por-do-sol e a história da Poppy foi a melhor para mim até agora. Mas confesso que estou esperando ansiosa para ler Manhã de Núpcias. Apesar de toda a rebeldia do Leo ele é adorável, principalmente quando está ali para defender as irmãs e suas loucuras.

bjs.

Tatielle K. disse...

Eu também não li nada dessa serie, mas é narrada num tempo antigo, eu gosto de coisas classicas, tambem gosto de ironias que devem ter nesse casal que se odeiam, mas se precisam muito.

Vitória Pantielly disse...

Oii Dominique!
Ainda não tive a oportunidade de ler nada da série, mais ela foi um dos meus primeiros pedidos pro papai noel (ou melhor, pro noivo, rs) !
Adorei todas as resenhas que li até agora, mas Manhã de Nupcias pra mim não é o melhor livro.. A história é muito boa, e eu adorei os clichês que a autora usou :)
Beijão :*

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela