"O Garoto dos Olhos Azuis" de Raiza Varella

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014


Querida, o cavalo branco só passa uma vez na vida, se você deixá-lo escapar não terá outra chance.

Quando Bárbara era jovem, ela se depara com um jovem na praia que salvou-a de uma menina muito malvada que humilhava-a em frente a vários outros jovens durante uma festa na beira do mar. O rapaz era lindo e tinha olhos azuis, e além de lhe entregar uma rosa, deu o melhor beijo que Babi jamais esqueceu. Ela nunca mais encontrou o rapaz e nunca soube nem o nome dele, mas isso não impediu de que ela sonhasse com ele o resto de sua vida.

A garota sempre sonhou em encontrar o seu príncipe encantado e foi ao seu primeiro casamento quando tinha 6 anos de idade. Ela fez o oposto do que todos que estavam na igreja fazendo: enquanto eles olhavam para a noiva, ela olhou para o noivo. Bárbara ficou encantada com a forma que o rapaz olhava para a sua futura esposa que estava entrando pelas portas da igreja. Desde este dia ela adquiriu este hábito de reparar no noivo e não na noiva. Babi até conseguia perceber qual dos casamentos iria ou não dar certo apenas pela forma com que o noivo olhava para a sua noiva neste momento da entrada. Com isso também veio o seu sonho: ser vista com olhos apaixonados enquanto faria sua entrada na igreja, no dia de seu casamento.

Bárbara conhece Miguel na faculdade. Eles se esbarram e ela fica encantada com o rapaz, e até acredita que ele seja o amor da sua vida. Eles namoram por alguns anos e ficam noivos. Ela estava tão encantada com os preparativos de seu casamento que não reparou que seu futuro marido andava bem distante, assim como sua melhor amiga e companheira de apartamento, Manoela. Ela foi perceber tarde demais, quando já estava entrando na igreja rumo ao tão sonhado conto de fadas dela, que seu noivo não a estava olhando. Não estava esperando-a ansiosamente. Estava, na verdade, olhando para outro alguém que estava sentado na igreja. Tudo aconteceu muito rápido e Babi percebeu tarde demais que seu noivo, aquele que ela acreditava ser o seu príncipe de cavalo branco, tinha trocando-a pela sua melhor amiga.

Assim Babi decide fazer o melhor que sabe: fugir. Ela parte rumo a casa dos pais, e logo depois, cansada da encheção de saco da sua mãe (pelo simples fato de ela não querer sair da cama, não querer tomar banho e nem comer nada), foge para Florianópolis para morar com seus dois irmãos e os dois outros rapazes que dividem o apartamento com eles. E é assim que Babi conhece Ian, o Deus grego e médico super sexy de olhos azuis que ela terá que dividir apartamento a partir daquele momento. Ou ao menos até ela conseguir vender a casa que dividia com aquelas amigas traíras e comprar outro apartamento em Floripa. Não demora para que Babi se sinta atraída por Ian, mas ela anda tão descrente do amor que nem pensa em se envolver.

Não espere deste livro um completo clichê. Bárbara é uma desastrada de mão cheia e tem muito o que aprontar ainda. A trama também é cheia de suspense e muita emoção que te deixará aflita para descobrir o desenrolar da história toda. Outra personagem que também conheceremos durante a trama é Vivian, a barbie ambulante, mais conhecida como irmã do Ian. Vivian se tornará amiga da Babi, apesar da relutância por parte dela por ainda estar magoada com suas antigas amigas, mas que acabará ajudando Babi a sair da fossa que sua vida se encontra.

Eu tive a oportunidade de acompanhar a autora e o nascimento de O Garoto dos Olhos Azuis desde os primeiros capítulos. Este é o primeiro livro que a autora lança, mas eu fiquei tão encantada com a escrita dela que já me proponho à ler qualquer outra coisa que ela venha a escrever. Eu terminei a trama super feliz e emocionadíssima, mas ao mesmo tempo querendo voltar ao começo do livro para não me despedir desses personagens fofos que me fizeram uma ótima companhia. Babi é uma personagem muito divertida, que te fará dar boas risadas com todas as suas desgraças.

A diagramação do livro e todo o trabalho que a editora teve, desde a capa até as fontes usadas em todo o livro está ótimo e super agradável aos olhos. Um encantamento à parte, que deixou a obra mais incrível do que já estava.



Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

O garoto dos olhos azuis. Varella, Raiza. Editora Pandorga, 2014, 440 p.


9 comentários:

Flávia Pachêco disse...

Um cara lindo de salva, te dá uma rosa e um beijo e some? Gentemmm, como assimmm, hahaha. É claro que ficaria pensando nisso pra sempre!!
"Babi até conseguia perceber qual dos casamentos iria ou não dar certo apenas pela forma com que o noivo olhava para a sua noiva neste momento da entrada". Vou convidar ela pro meu casamento! Dai antes de dizer sim vou rapidinho até ela pra saber a opinião, hahahaha.

Eu AMEI a história! E ainda nacional? Quero já! Julgando pela capa achei que seria algo mais pro estilo de fantasia, de magia, sei lá. E me enganei: é um romance. AI MEU CORAÇAUM!
Quero conhecer logo Babi e Ian <3

Karine disse...

Adorei a resenha! E fiquei com vontade de ler o livro! Vai fundo, garota!

Daniela Tiemi disse...

Que capa linda! E a historia eh bem interessante tb! Adorei a resenha, querida. Chegou arrasando por aqui! ;-) Bjokas.

Raquel Araujo disse...

Oiee, tudo bem?


A capa e o titulo do livro me chamaram muito a atenção. Parece ser super interessante. Bom saber que a leitura não é cliché e que te deixou emocionada


beijos
Kel
www.porumaboaleitura.com.br

Any disse...

A capa me passa a sensação de serenidade, leveza... É linda!!
Curto bastante mocinhas desastradas. Bom saber que não é clichê, pois atualmente estou fugindo de livros assim.
Apenas lendo a resenha me encantei pelo livro. Parabéns, Rayme!!

Bjos !!

ana caroline bastos disse...

Amei, me lembrou aquele filme vestida pra casar , fiquei com muita vontade de ler, gostei muito da capa.

Raiza Varella disse...

Rayyyyy, não tenho palavras para te agradecer por essa resenha MARAVILHOSA e por todo seu carinho comigo e com o livro ♡♡♡

Você foi uma parte fundamental para que ele chegasse nas livrarias, me deu apoio e incentivo, muito obrigada amiga!

:)

Georgia Germer disse...

A quote e capa já me deixaram super curiosa para ler este livro!
Vou prestar mais atenção quando for a livraria!

Rayme disse...

Se você gosta de romance o livro da Raiza não vai te decepcionar!
Sabe que há alguns anos eu também não gostava muito de ler livros nacionais?? ano passado, principalmente, tive como meta conhecer mais os nossos autores, e tive tantas surpresas boas que olha, posso até te indicar vários! :D

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela