"Amaldiçoadas" de Jessica Spotswood

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015


Mais uma história para amar e para roer as unhas de tanta ansiedade pela espera longa demais pelo próximo livro. Se em Enfeitiçadas eu fiquei encantada com a histórias das irmãs bruxas, no segundo livro da série, eu favoritei o livro e sofri demais com seus sofrimentos, incertezas e torci pelo sucesso de suas missões. 

Em Enfeitiçadas, primeiro livro da série, conhecemos as irmãs Cahill que assim como sua mãe, nasceram bruxas, mas se os irmãos descobrirem sobre seus poderes, irão lhes encarcerar, torturar e até matá-las. Decidida a proteger suas irmãs - Maura e Tess -, Cate Cahill decide se unir as irmãs em uma espécie de convento, mas para sua enorme surpresa, o lugar se trata de uma escola e refúgio para bruxas. Infeliz, cheia de saudades de casa e de seu namorado, Cate só reencontra a paz quando lhe permitem trazer suas irmãs para a Irmandade, mas a harmonia durará por pouco tempo, pois seus inimigos estão muito perto de destruir tudo pelo qual a jovem bruxa quer combater. 

Amaldiçoadas foi uma leitura tensa, repleta de desafios, reviravoltas e surpresas. Praticamente, eu devorei o livro em apenas dois dias e surtei em diversas passagens. Neste livro, conhecemos mais sobre como a Irmandade trabalha para ajudar e proteger as bruxas, como funciona o hospício para onde são enviadas as mulheres acusadas de bruxaria, algumas são mulheres comuns e outras realmente são bruxas que enlouqueceram com os maus tratos sofridos na prisão. 

Foi fácil me apaixonar pelas irmãs Cahill no primeiro livro e torcer por suas vitórias, em particular por Cate que é tão dedicada e preocupada com a família, a ponto de abdicar de sua própria felicidade se isso significar que Maura e Tess estarão protegidas. No entanto, odiei nesse livro Maura que se torna a maior inimiga de Cate, motivada pela inveja, mágoa e orgulho. Ela cometeu uma traição tão bárbara contra Cate que é imperdoável e também irrevogável o ódio entre elas.

Cate é uma narradora cativante que nos apresenta o mundo a sua volta rico em detalhes, cor e vida. Apesar das suas dúvidas e medos, Cate se torna mais forte e decidida do que antes, mais amadurecida também e pronta para lutar não somente pelas bruxas, mas também por toda a sociedade que deseja se ver livre da opressão e agressões sofridas pelos irmãos da Fraternidade. Ela também é generosa e altruísta, pois espera que caso não seja ela a bruxa da profecia, e sim, uma das suas irmãs, ela esteja apta para ajudar no que for necessário. Ao contrário de Maura que deseja todo o poder e fama para si mesma. 

Eu adoro histórias sobre magia e bruxas e sou a maior fã dessa série. Nem preciso comentar de que eu estou ansiosa pelo próximo livro. Há muitos clichês sim, mas adoro o clima vitoriano versus magia e bruxaria. E que venha o terceiro livro! Recomendo!


 As Crônicas das Irmãs Bruxas:


Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Amaldiçoadas. Spotswood, Jessica. Editora Arqueiro, 2014, 288 p.








2 comentários:

Karine disse...

Droga, fui ler a resenha e ganhei um spoiler. Quem mandou eu ler, né, se ainda estou lendo o primeiro? Kkkkkkkkkk.

Any disse...

Confesso que estou por fora dessa série, mas gosto de livros desse gênero. Cate parece ser um encanto de mocinha, determinada a proteger aqueles que ama apesar de seus medos,amadurecendo no decorrera da história.
Com certeza vou ficar de olho no desenrolar dessa série!
Bjos!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela