"Confie em Mim" de Harlan Coben

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015


A confiança é assim. Podemos quebrá-la pelos melhores motivos do mundo, mas ela permanecerá quebrada para sempre. (Pág. 292)


Adam Baye era um adolescente normal, vivia muito bem com os pais e a irmã, até que o seu melhor amigo, Spencer, cometeu suicídio. Depois disso, o garoto mudou seu comportamento, passando a se tornar mais distante da família, o que deixou Mike e Tia, seus pais, muito preocupados, resultando na instalação de um programa de espionagem no seu computador, para que todas as suas visitas em sites e trocas de e-mails pudessem ser acompanhadas através de relatórios.

Perto dali, Betsy Hill, mãe de Spencer, visita uma espécie de memorial virtual criado para o seu filho e encontra uma foto que levanta suspeitas sobre as causas da morte dele, pois ao contrário do que muitos pensavam, ele não estava sozinho naquela triste noite. Enquanto isso, duas mulheres são assassinadas, o que dará origem a uma série de acontecimentos que fará com que a vida de todas essas pessoas se cruzem de uma forma inesperada e até mesmo trágica.

Criando vários personagens, todos retratando personalidades da vida real, abordando temas importantes e que, por mais que a gente não queira acreditar, fazem parte da realidade de diversas pessoas, Harlan Coben desenvolve um enredo que nos faz querer brincar de detetive e tentar descobrir o que está se passando.
As pessoas falam sobre os estágios do luto (negação, raiva, barganha, depressão, aceitação), mas essas fases tendem a se mesclar na tragédia. Nunca paramos de negar. Uma parte da nossa alma está sempre com raiva. E a simples ideia de "aceitação" chega a ser uma obscenidade. (Pág. 57)
Como comentei no meu post de apresentação, suspense é um dos gêneros que mais gosto, por isso não poderia deixar de ler algo desse autor, conhecido por ser um dos melhores autores do gênero. Criando três histórias distintas, mas que se relacionam no decorrer da obra, Coben desenvolveu um suspense muito bom. 

O livro começa mostrando Mike e Tia, pais preocupados com o comportamento distante de um dos seus filhos, Adam, algo muito comum nos dias de hoje. Porém, esse caso é diferente, já que a mudança do jovem é identificada como uma consequência da morte do seu melhor amigo. Páginas depois somos apresentados à mãe de Spencer, o amigo de Adam que se suicidou, que sofre diariamente com a morte repentina do filho. Após mais algumas páginas, conhecemos Loren Muse, uma chefe de investigação que tenta desvendar os motivos que resultaram no homicídio de duas mulheres e quem cometeu esses crimes. Como essas histórias podem estar interligadas? É o que descobrimos no decorrer desse suspense que te prende a cada frase. 

Durante muito tempo eu vi diversas pessoas comentando super bem sobre a escrita do Harlan Coben e imaginava que ele se tornaria um dos meus autores favoritos. Amei o modo como esse homem escreve, a maneira como ele te faz pensar em um rumo para a história e te mostra um resultado completamente diferente, mas por enquanto não virou favorito. Pelo menos por enquanto, já que pretendo ler outros livros dele.


Minha classificação para este livro é de ♥ 4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Confie em Mim. Coben, Harlan. Editora Arqueiro, 2009, 304/316p.



15 comentários:

Aninha disse...

Já li esse livro e sou suuuuper apaixonada! Ótima recomendação <3
Aliás, parabéns pelo blog, to adorando :)

www.hlwoman.blogspot.com

Any disse...

Amo livros de suspense, o meu favorito é No Escuro de Elizabeth Haynes (que por acaso ganhei aqui no blog e até hoje eu sou agradecida).
Nunca li um livro de Harlan Coben, mas ouvi que seus livros são bons... Confie em mim parece ser bom, também gosto de brincar de detetive ao ler um livro de suspense. O que não gostei nele foi que seu foco não se concentra em apenas um personagem...

Bjos!!

Gláucia B. de Lima disse...

Nunca li nenhum livro desse autor mas já me indicaram. Gosto de livros com finais surpreendestes (isso me motiva a ler mais), pois mostra a criatividade e genialidade do autor e, pelo que dizem, isso é o que não falta no Harlan Coben.

Dominique disse...

Eu só li um livro dele e adorei. Quero ver se esse ano consigo ler mais alguns suspenses dele. =)


Bjs.

Flávia Pachêco disse...

Oi Gabs *-* Eu não sou muito fã de suspense, de vez em quando assisto um filme do gênero, mas nunca li um livro assim. Entretanto, já ouvi falar tanto do Harlan Coben que estou quase dando o braço a torcer e comprando algum dos livros dele, hahaha. O melhor de tudo deve ser essa surpresa, isso da gente pensar que vai acontecer uma coisa e ser outra completamente diferente depois, algo que nunca imaginamos, é fantástico quando um autor consegue fazer isso né!

Priscilla Rodriguesh disse...

Oi Gabi,
Gosto muito dos livros do Harlan. Sou mais fã de romances, mais depois que uma amiga me indicou Cilada, gostei bastante.
Ganhei Seis Anos depois numa promo e me encantei cada vez mais com as estórias do Harlan.
O bom é que sempre tem algum livro na promoção no submarino. :)
bj

Gabrielle Oliveira disse...

Oi, Priscilla! Romance também é um dos gêneros que mais gosto, mas não resisto a um suspense. Tenho muita vontade de ler Cilada e Seis Anos Depois, parecem ser livros ótimos. Isso é verdade, comprei Confie em Mim numa ótima promoção no sub. Beijos!

Gabrielle Oliveira disse...

Oi, Flávia! Essa surpresa foi uma das coisas que mais gostei em Confie em Mim. Consegui me surpreender com diversos acontecimentos e amei isso. Só li esse livro do Coben até o momento, se quiser começar com esse, recomendo. Beijos!

Gabrielle Oliveira disse...

Quero fazer o mesmo, Dominique, gostei bastante da escrita do Coben. Beijos!

Gabrielle Oliveira disse...

Também gosto desses livros por esse motivo. Acho maravilhoso o talento que alguns autores tem de nos fazer criar teorias e depois nos mostrar que estávamos enganados hahahaha Beijos!

Gabrielle Oliveira disse...

Tenho o livro No Escuro, mas ainda não li, apesar de estar bem curiosa sobre essa história. Pelo que eu fiquei sabendo, os livros do Harlan Coben não focam em um só personagem, já que ele costuma criar histórias diferentes que se intercalam no decorrer do livro. Mesmo com essa questão, gostei bastante da leitura. Beijos!

Gabrielle Oliveira disse...

Eu amei esse livro, mas não se tornou um dos meus favoritos. Caso esteja falando desse blog, ele é da Dominique e da Daniela, mas obrigada mesmo assim. Caso esteja falando do Frases Perdidas, o meu blog, fico feliz que esteja gostando, obrigada! Beijos!

Karine disse...

Ai, meu Pai, não consegui ler nada dele ainda. Acho que não faz meu estilo meeeeeesmo. Acho que foi esse aí mesmo que eu ganhei e acabei trocando. Kkkkkkkkkk. Cada um tem suas preferências, né. Rsrs. Mas parabéns pela resenha.

drielymeira disse...

Oiee ^^
Não sou muito fã de suspense, mas esse livro é mesmo muito bom. A forma com que o autor entrelaça as histórias e os personagens é incrível, fiquei de queixo caído quando terminei,
MilkMilks
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Gabrielle Oliveira disse...

Fiquei no mesmo estado quando concluí a leitura, Dry! hahahaha O Coben é um ótimo autor, a relação que ele estabeleceu entre as histórias me surpreendeu muito. Beijos!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela