"Trono de Vidro" de Sarah J Maas

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015


"Você poderia sacudir o universo. Poderia fazer qualquer coisa, se ousasse. E, no fundo, também sabe disso. É o que mais lhe assusta."
Alguém ai conhece um site chamado Jovem Nerd?

Pois é, foi por causa de uma das atrações deste site que conheci o livro Trono de Vidro. Devo admitir que demorou um tempinho até eu pegar o livro e começar a ler, mas a partir do momento que comecei, eu não consegui mais parar. Trono de Vidro, para mim, foi um daqueles livros que, depois que se termina de ler, você continua pensando sobre a história e como tudo aconteceu. No meu caso, eu até invento personagens novos e mudo a história e alguns acontecimentos, tudo isso na minha cabeça... Normalmente quando estou lavando louça.

Trono de Vidro conta a história de Celaena Sardothien, uma assassina que, depois de capturada, se encontra trabalhando nas minas de sal de Endovier. Quando o rei decide que precisa de alguém para protegê-lo de seus inimigos, ele pede a vários membros do parlamento que busquem seu próprio campeão, para que lutem pelo direito e honra de trabalhar para o rei. É justamente quando o príncipe Dorian propõe para Celaena que ela seja sua campeã, que ela percebe uma oportunidade para ser livre novamente.

O livro me passou milhares de referências, me parecendo uma grande mistura entre Jogos Vorazes, Guerra dos Tronos e Assassin's Creed. Eu me diverti demais a cada página que eu virara. O livro, além de ser muito bem escrito, com cenas bem construídas e que te ajudam bastante na hora de imaginar o cenário, é também uma história muito legal e original, apesar de todas as referências que me pareceu citar.

Trono de Vidro é tão bom que era para ser uma trilogia, mas passou a ser uma série com seis livros. Apenas dois deles já foram lançados no Brasil, mas o terceiro já tem disponível para compra digitalmente para quem lê em inglês e para quem tem um e-reader à disposição.


     "Bibliotecas estavam cheias de ideias. Talvez as mais perigosas e poderosas armas."

Eu não sei se já cheguei a comentar isso, mas eu sempre tento absorver algum tipo de mensagem do livro, e esse com certeza me passou uma. Me lembrou que, ás vezes, temos que tentar, nos arriscar, não perder oportunidades só porque elas não são exatamente o que era desejado. A vida segue e nós temos que ver o lado positivo, mesmo quando estamos fazendo algo que não nos agrada.


Minha classificação para esse livro é de  6/6- "Obra-prima".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Trono de Vidro. Maas, Sarah J.. Galera Record, 2013, 392 p. 


10 comentários:

Tays Alcantara disse...

Trono de Vidro!
Meu livro favorito! O segundo consegue ser melhor que o primeiro!
Parabéns pela resenha!
E boa leitura.. kkk
Beijos

Kamila Wozniak disse...

Oi Júlia!!!!!

Fiquei curiosa para ler esse livro por causa da capa, mas não sabia se seria bom ou não .... gostei da sua resenha, deu um empurrãozinho para eu ler rsrsrsrs

Bjs

Ka Wozniak
Cinco das Artes

Karine disse...

Hummmmm, já gostei! Mas, 6 livros???? Aff, a gente quer correr de séries mas não consegue mesmo! Rsrsrs.

Julia Kerbes disse...

Né! hahahaha Peguei raivinha de séries por causa dos livros do House of Night... uns onze já foram publicados... eu larguei mão. hahaha The Vampire Diaries também me encheu o saco. O negócio é esperar que a autora não perca o rumo da história..

Julia Kerbes disse...

Oi Kamila!
Fico feliz em saber! Eu realmente gostei do livro e espero que goste também! Boa leitura!!
bjs

Julia Kerbes disse...

Tays! Obrigada!
hahahaha
Trono de Vidro é um dos meus favoritos também!
Eu já li até o terceiro, estou maluca esperando o quarto sair hahaha... Cada um melhor que o outro. Impressionante!

Karine disse...

Menina, House of Night! Talvez eu volte a ler, um dia, quando lançarem todos e fizerem promoções do box completo, mas agora tá impossível! Fui comprando alguns, ganhando outros, e acho que nem terminei de ler Caçada. Parece que o número 12 vai sair agora. Tbm li tanta coisa negativa, que a autora se perdeu, que a série foi perdendo a graça... Nem sei se vale a pena.

Julia Kerbes disse...

Pois é né! Perdeu mesmo a história... Não soube quando parar... É uma pena pq começou muito legal.

Any disse...

O que me chamou atenção foi a mocinha ser uma gladiadora, uma guerreira, junto com a capa belíssima... Pretendo ler essa série, mas apenas depois de lançarem todos os volumes pois sou muito impaciente para esperar mais ou menos um ano para a continuação ser lançada, o que acaba acontecendo com muitas séries...
Uma série de seis livros acho um exagero, espero que a autora não percar a medida da mão, pois esse volume parece ser muito bom!
Bjos!

Julia Kerbes disse...

Any, eu também amei o fato de ela ser uma guerreira, mas também foi escrita de forma bem humana. Não vou explicar muito pra não estragar a história, haha

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela