"Insaciável" de Meg Cabot

terça-feira, 24 de março de 2015


"Ao estudar os erros do passado" disse Lucien. "É que se pode ter um futuro."

Meg Cabot é aquela autora que faz parte daquele começo da sua vida literária. Eu nem me lembro do primeiro livro dela que eu li, só sei que me apaixonei logo de cara. Ela tem uma estilo mais voltado ao público adolescente, porém é em Insaciável que a autora decidiu escrever sobre coisinhas a mais.

O livro conta a história de Meena, uma humana que tem um dom muito peculiar: saber como e quando as pessoas irão morrer. Pensa que merda. Você está andando pela rua, olha de longe aquele cara gato, que em dois segundos você já imaginou uma vida inteira com ele, já sabe com que vestido vai casar, onde, quando, já sabe quantas crianças vai ter e os nomes escolhidos, e ai você descobre como e quando o cara vai morrer. A vida fica difícil assim. Mas se você acha que tá ruim, então calma que piora.

Meena, já nesse espiral de merda que virou sua vida por causa do seu dom. Ela quando fala para as pessoas que elas vão morrer e tenta dar aviso, só falta levar na cara, porque ninguém quer ouvir isso, e quando fica quieta está basicamente ajudando a matar alguém. É ai que ela conhece Lucien Antonesco, um vampiro lindo, gostoso, cheiroso, que não brilha no sol, que morde, bem apessoado, respeitoso, não faz essas coisas nogentas de chupar sangue animal... etc. (é bem brochante isso de vampiro chupar sangue animal. Pensa você, chegando em casa e encontra seu namorado vampiro violentando uma pomba).

Maaaaas, como já era de se esperar... Meena se apaixona pelo cara. A partir daí começa a dar mais treta, e essa parte eu não posso contar porque quem quiser ler vai me matar se eu soltar spoiler. Quero deixar claro que tudo que falei até agora foi retirado da capa do livro (exceto a citação no começo do post), então nada até agora foi spoiler.

Eu gostei muito do livro e, apesar de ter lido ele já faz um tempo, me lembro de ter dado algumas risadas enquanto o lia. Assim como todos os livros da Meg Cabot, nós temos uma personagem principal forte e um cara gaaaaaato pronto para fazer tudo por ela. O que não gostar?

Só avisando! O livro tem uma sequência, chamada de Mordida. Espero que gostem, se divirtam, riam, ou não e depois me contem o que acharam do livro.


Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião dos outros leitores. 



8 comentários:

Any disse...

Nossa, que dom que a protagonista tem, hein?! Cogitada!
Me encantei pelo Lucien, e claro, fiquei curiosa sobre a série! Um livro onde a personagem principal é forte e tem um cara gato disposto a fazer tudo por ela é pra mim rsrs! Obrigada pela dica, vou pesquisar mais sobre ela.
Bjos!

Talita Oliveira disse...

Nunca li nada da Meg, quando eu começar, quero ler primeiro esse livro, esse é o primeiro de uma série?
Essa de ver quando a pessoa vai morrer, não é muito legal mesmo, piorando então, hehe
Acho que vou gostar bastante trama, espero que o romance não seja chato. Beijos!

Karine disse...

Socorroooooooooooooo! Tô no chão de tanto rir com o namorado vampiro violentando uma pomba! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Julia Kerbes disse...

Oi Talita!!
Pode deixar que eu acho que você vai gostar sim.
Não é uma série, são somente dois livros.
Lê lá que são muito legais.

Julia Kerbes disse...

Any!! De nada! Espero que goste. Depois me conta o que achou.

Julia Kerbes disse...

hehehee

Amália Teles Machado disse...

Nossa, deve ser horrível olhar para as pessoas e saber quando elas vão morrer.
Apesar de gostar da escrita da Meg, eu tinha receio de ler esse livro por ser sobrenatural, gênero que não gosto muito. Mas pela sua resenha, Júlia, a história parece ser super interessante.

Julia Kerbes disse...

Obrigadaa... Espero que goste!! É muito legal...

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela