"Para Sir Philip, com amor" de Julia Quinn

terça-feira, 10 de março de 2015

Ela o amava. Era simples assim. Ela o amava, ele a amava e nada mais no mundo importava. Não ali, não naquela hora.
- Eu amo você - sussurrou Phillip, quando enfim saiu de cima de Eloise e permitiu que os pulmões dela se enchessem de ar.
Eu amo você.
Ela não precisava de mais nada.

Para Sir Phillip, com amor é o quinto livro da série Os Bridgertons e nos conta a história de Eloise Bridgerton que em seus plenos vinte e oito anos, ainda não se casou e está quase perdendo a esperança de um dia fazê-lo. Não que ela tivesse recebido inúmeros pedidos de casamento, mas seu objetivo sempre foi casar-se por amor como seus pais e como seus irmãos, entretanto, como seu coração nunca bateu mais forte por nenhum de seus pretendentes ela foi prorrogando o tão famoso "sim, aceito!". Tudo ruiu de vez quando sua melhor amiga Penélope e também (solteirona), se casa com seu irmão Colin por amor e... apaixonados! Como assim? Eloise finalmente se dá conta de que deseja sim ter filhos, um marido, uma família grande e feliz para cuidar. Então, quando recebe uma proposta de casamento por carta de um amigo com quem vem se correspondendo há um ano, ela não pensa duas vezes, antes de arrumar as malas e fugir de casa para conhecer Sir Phillip.

No entanto, Sir Phillip não é o homem que ela esperava ser: romântico, apaixonado, atencioso, além disso, ele ainda omitiu que era pai de duas pestinhas gêmeas. Phillip é introvertido, solitário e facilmente irritadiço se escondendo sempre quando aparece um problema em sua estufa. Apesar do que deseja aparentar, Eloise não está mais em posição de escolher um bom partido, por isso, decide conhecer melhor o viúvo que parece esconder muito mais do que disse inicialmente. 

Não vou me cansar nunca de dizer o quanto amo essa série. Leitura de mulherzinha, florzinha, fofinha, ultra mega romântica, mas que me deixa pisando nas nuvens, sonhando acordada e suspirando. Sim, não tem como não se apaixonar pelas histórias da Julia Quinn!

A história de Eloise e Sir Phillip foi a que mais demorou a engrenar e só veio a ter uns encontros mais românticos e sensuais quase 70% do livro, tendo explorado bastante os conflitos do viúvo e seus filhos, além do dilema caso ou não me caso de Eloise. Adorei as partes em que os filhos de Sir Phillip aprontam com Eloise e a revanche dela para puni-los, ri horrores com as travessuras. Achei Sir Phillip muito complicado e cheio de neuroses e de todos os galãs da série, ele foi o mais inexperiente sexualmente. Tudo era novidade para ele, um caminho novo a ser explorado. Outra diferença foi que o passado dele também foi o mais triste e por isso, era também o mais merecedor de ter seu final feliz e de ser amado. Mas quando finalmente saí da ostra, Phillip não desaponta.

O confronto entre os irmãos Bridgertons e Sir Phillip foi a cena mais épica da história e também bastante divertida. A irmã solteirona desaparece de casa sem deixar explicações, é claro que eles iriam desejar matar, trucidar o homem que a compeliu a tal ato, mesmo que o tal pretendente nunca tenha pedido que ela fizesse isso e tenha ficado surpreso com sua chegada. 

Minha crítica é em relação a série em si que em todos os livros, os casais se unem por um escândalo e não porque realmente decidiram se casar formalmente, mesmo que eles estejam irrevogavelmente apaixonados. Infelizmente de todos os livros foi também o que menos me encantei, mas ainda assim gostei da história. Acho que eu esperava mais romance nas cartas trocadas por eles que apenas conversavam sobre trivialidades e gostos em comum, nada muito arrebatador (como no livro Paixão Ao Entardecer da Lisa Kleipas) e depois quando se conhecem ainda demora para explodir a atração entre eles. Eu diria que Eloise fala demais e Sir Phillip pensa demais (quem leu o livro vai entender). Recomendo todos os livros como sempre!

Ah, confesso que estou ansiosa pela história de Francesca que sempre foi a Bridgerton mais apagada da série e menos comentada pois mora em outro país. Arqueiro, please, não demore muito para lançá-lo. =)


Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Para Sir Philip, com amor. Quinn, Julia. Editora Arqueiro, 2015, 288 p.

 Série Os Bridgertons:


4 comentários:

Any disse...

Oi, Dominique!
Acredita que nunca parei para ler os enredos dos livros dessa série?! Apenas recentemente vi uma resenha sobre esse livro e acabei ficando interessada, e após ler essa sua resenha fiquei ainda mais curiosa com esse livro. Esse livro tem um enredo tão envolvente! Sem falar que há duas crianças pestinhas para completar a história! Mas não gostei de saber que o romance demora para finalmente acontecer, gosto de histórias que vão diretamente aos fatos! Vou pesquisar mais sobre essa série, quem sabe eu me encante com ela...
Bjos!

Talita Oliveira disse...

Essa resenha me vez querer tanto ler o livro, talvez eu não goste porque como você citou os casais se unem por um escândalo, não por vontade própria. Mas no geral acho que vale muito a pena a leitura dos livros, é o que eu espero né?!! Parece ser bem leve a pesar de tudo, vou me arriscar! :)

Karine disse...

Disse tudo o que eu penso! Tudo aconteceu muito rápido, de forma rasa, e nos mesmos moldes dos outros. Parece que a Julia está perdendo a criatividade, está escrevendo "nas coxas". Estou ansiosa pela história da Francesca, que parece ser a única diferente.

Vitoria Bastos disse...

Olá Dominique! Já ouvi falar muito bem dessa série, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Sou apaixonada por livros de época, e esse parece ser um dos queridinhos do momento. Já está na lista de desejados faz tempo!
Beijos

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela