{Filmes} Vingadores - Era de Ultron

quarta-feira, 29 de abril de 2015


Falou em Vingadores, falou em Marvel, pronto! É um verdadeiro BOOM! Semana passada estreou o segundo filme dos Vingadores, e já começou chutando bundas, derrubando forninhos e batendo todos os recordes (segura essa, Dominic Toreto!). Nerds e noobs (eu) enfim puderam conferir a tão esperada aventura dos heróis da Marvel. 

As coisas já começaram a ir bem a partir do momento em que o cara do cinema NÃO me deu um óculos de 3-D! Sério, passei a odiar essa praga ainda mais depois de Velozes e Furiosos (motivo: meus óculos novos simplesmente não aguentavam os óculos 3-D por cima, o que o fazia escorregar bem nas melhores cenas. Um inferno). Se você está pensando em assistir e quer ver em 3-D, não gaste seu rico dinheirinho, pois não há nenhuma cena que justifique a tecnologia. O filme funciona muito bem, obrigada, em 2-D mesmo. Mas vamos falar do filme, certo? Não vou nem comentar sobre o nerd maluco que estava sentado ao meu lado, que falava sozinho e que queria filmar o filme todo com o celular...

Adoro filmes que começam bem, já dizendo a que vieram. E isso serve para os livros também. Porque ninguém merece uma história que começa zzzzzzzzz pra sóóóóó depois melhorar (alô, Terry Brooks, estou falando com VOCÊ). Vingadores já começa daquele jeito, com tiro, porrada e bomba, literalmente! Não te deixa nem respirar! Então, é bom não se atrasar, pois vai perder. Poréééém, embora eu goste disso, me senti meio perdida pela falta de informações, mas acho que duas coisas podem ter contribuído para isso: 1) minha burrice; 2) o fato de eu não ter assistido a Homem de Ferro 3, nem Capitão América 2. Pois é, não sou nem um pouco nerd quando o assunto é heróis, mea culpa. Graças a Odin, o ritmo frenético dá uma parada pra gente respirar, e aí começamos a ver os Vingadores em sua melhor forma, com direito a piadinhas de Tony Stark (ADOROOOOO!, Tony sempre garante cenas memoráveis! Obrigada, Robert Downey Jr! ME ABRAÇA!), Capitão América sendo Capitão América e muita fofura envolvendo Viúva Negra e Hulk (uma história de amor melhor do que Crepúsculo. Não resisti). E Gavião Arqueiro finalmente mostrando a que veio na história: achei que ele seria um coadjuvante sem importância para sempre, mas nesse filme foi apresentada uma dimensão do personagem que eu amei! Tornou o personagem mais interessante e garantiu cenas bem leves e divertidas. Thor também garantiu umas cenas bem engraçadas envolvendo seu martelo (Chris Hemsworth está impagável. Quero levar pra casa, pode embrulhar pra presente, por favor). 

Agora o vilão. Adorei o Ultron por ser MUITO LOKO, falar umas paradas muito doidas, cantar canções do Pinóquio e ter uma linda voz (vi dublado e mesmo assim gostei, ME JULGUE, SOCIEDADE CHATA!) . Também adorei o Visão, e fiquei o resto do filme todinho tentando me lembrar quem era o ator que o interpretava. Só descobri nos créditos que era o Paul Bettany (sempre fazendo papéis mitosos esse menino! Adoro ele!). Ele também garantiu umas cenas muito divertidas, apesar de também emprestar uma profundidade à trama: um personagem enigmático. Nem gosto.


Uma das coisas que mais gostei nesse filme foi a entrada de novos personagens, e aqui me refiro a Wanda e Pietro Maximoff, Feiticeira Escarlate e Mercúrio. Irmã das gêmeas Olsen e Alexei Vronski (não dá pra esquecer esse menino em Anna Karenina. Simplesmente não dá! Assistam pra saber.) Eu confesso, confesso: conhecia os dois do desenho X-Men Evolution, pois sou da geração que almoçava vendo essa bagaça, então, como boa noob, fiquei meio bugada ao ver os dois ali no meio dos Vingadores e tal, e fiquei lembrando que eles eram filhos do Magneto e só depois fiquei sabendo da treta maligna entre FOX (detentora dos direitos dos X-Men) e Marvel. Não há menção a Magneto, X-Men e a palavra "mutantes" foi substituída por "aprimorados". Enfim, amei os dois personagens (adoro o estilo da Wanda desde o desenho. E amei que os anéis tenham sido inseridos no figurino, simplesmente ADORO!) e já quero que eles apareçam nos próximos filmes, é pedir demais, dona Marvel? Fiquei sabendo hoje que há uma certa relação incestuosa entre os dois nos quadrinhos, e eu, que adoro uma boa polêmica, já amei, embora ache que não vá rolar. Os dois atores foram muito bem, e o sotaque da Europa Oriental ficou muito fofo neles. 

O que dizer mais? Não sou mito boa com resenhas de filmes, não entendo absolutamente nada de cinema, só gosto de mostrar minhas opiniões pra vocês. O filme é muito bom, do tipo que você pode assistir mais umas vinte vezes sem cansar. Tem cenas de ação excelentes (e mais verossímeis que Velozes e Furiosos, veja só!), muito humor nas horas certas, uma história interessante, com profundidade, personagens duais ("Não confio em alguém que não tenha um lado sombrio" - STARK, Tony. Só ouvi verdades.), um vilão badass, gatos maravilhosos sarados, Thor sem camisa, beijo na boca, bebês, exército de robôs... Tá, chega. Se você ainda não foi conferir, é bom comprar seu ingresso antecipado, pois em muitos lugares está esgotando muito rápido, além de ter muita fila. São mais de duas horas de super heróis para ninguém botar defeito. Divirta-se!

Status: esperando 2017 chegar.


4 comentários:

Flávio St Jayme disse...

Cinco jovens com superpoderes vão precisar descobrir os mistérios e segredos deste lugar desconhecido. Descubra As Crônicas de Miramar, uma aventura totalmente brasileira. Acesse, participe e garanta seu exemplar:https://www.catarse.me/pt/miramar

Any disse...

Oi, Karine!
Não costumo assistir com frequência filmes, são raros os que assisto, e Os Vingadores se enquadra nessa categoria! Os principais heróis da Marvel todos juntos em um só filme, há filme melhor que isso?!
Também amoo as piadas do Tony! E pretendo assistir esse filme, mas acredito que igual a você ficarei meio perdidinha pois não assisti Capitão América 2 nem O Homem de Ferro 3...
Amei a resenha do filme, Karine, pra mim ficou ótima!
Bjos!

RenatoRodrigues disse...

Muito legal, Karine! Recomendo o Capitão América II, o filme mais adulto da Marvel até agora e que mostra a queda da SHIELD (Não, ela não foi roubada pela PT como eu disse na outra resenha, kk)

RenatoRodrigues disse...

Muito legal, Karine! Recomendo o Capitão América II, o filme mais adulto da Marvel até agora e que mostra a queda da SHIELD (Não, ela não foi roubada pelo PT como eu disse na outra resenha, kk)

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela