"Mentirosos" de E. Lockhart

segunda-feira, 6 de abril de 2015


- Posso segurar sua mão? - ele perguntolu.
Dei a mão para ele.
- O universo parece realmente enorme agora - ele me disse. - Preciso me segurar em algo.

Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.

Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.


~ ~ ~ ~

Mentirosos era uma leitura que eu queria fazer há muito tempo, após ler várias resenhas positivas. Mas simplesmente não me conquistou e vou explicar o motivo.

Eu não senti em nenhum momento empatia pela personagem de Cadence. Paira durante toda a história um suspense muito grande, uma nuvem nebulosa que me impediu de sentir empatia e de até ficar curiosa para desvendar o enigma. Cadence é uma personagem cheia de conflitos e contradições. A própria família Sinclair é um enigma sem fim, repletos de tradições e discriminações, além de serem reprimidos. Tudo pelo bom nome da família. Fazer escolhas por si mesmos e não para trazer mais títulos e riquezas, torna a pessoa em um párea, julgados e menosprezados por toda a família.

A história gira em torno da Ilha dos Sinclair, onde a família se reúne durante todos os verões para confraternizarem, após meses sem se verem. A única coisa que une essa família poderosa é a ilha e a tradição de irem para lá no verão passado de geração para geração. As expectativas sobre as filhas de Tipper e Harris Sinclair eram grandes até elas arruinarem com seus casamentos, agora todos os holofotes estão em cima dos netos, sobretudo da mais velha, Cadence que deverá herdar toda a fortuna. 

Os mentirosos são Cadence e seus primos Johnny, Mirren e Gat, o forasteiro, único que não é um Sinclair. Juntos eles podem tudo, inclusive, tentar burlar as leis absurdas que regem suas vidas, mas as tradições são fortes demais até para eles.

Não posso dizer que a autora E. Lockhart não mereça crédito pelo final fenomenal, mas mesmo assim a história não me conquistou. Parece que todos os capítulos são iguais e não avançam, em uma mesmice sem fim. Somente melhora quando finalmente tudo é revelado e você entende toda aquele suspense. Se você leu o livro, quero saber sua opinião. 


Minha classificação para esse livro é de  2/6- "Razoável".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Mentirosos. Lockhart, E. Editora Seguinte, 2014, 272 p.



3 comentários:

Any disse...

Oi, Dominique.
A sinopse não despertou minha curiosidade, e nem mesmo após ler a resenha isso aconteceu. Penso que esse livro não é pra mim apesar de gostar de suspense. A leitura dele parece cansativa..
Bjos!

Karine disse...

Lockhart pra mim é sinônimo de Gilderoy Lockhart, não tem jeito. Kkkkkkkkk.

Amália Teles Machado disse...

Nossa, Dominique, que pena que você não gostou do livro. Li ele ano passado, e foi uma das minhas melhores leituras do ano. Confesso que a princípio fiquei com medo de lê-lo, pois só lia resenhas positivas sobre ele, todo mundo adorando, e quando é assim, normalmente me decepciono com o livro, porque vou esperando demais dele. Mas com Mentirosos foi diferente, ele me ganhou, tudo bem que não achei tudo isso que fararam dele, mas gostei bastante do livro, e o final (que eu descobri antes) foi muito bom, impressionante.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela