"Tensão", de Gail McHugh

sexta-feira, 3 de abril de 2015


Tensão é, definitivamente, um livro cheio de tensão. Até parece uma montanha russa de tantos altos e baixos. Muita emoção em um livro só. A escrita da autora é incrivelmente envolvente, e, apesar de diversas falhas, é quase impossível largá-lo. É o livro com triângulo amoroso mais irritante que eu já li.

"Algumas vezes escolhas ruins nos levam a pessoa certa, Emily."

Emily acaba de concluir a faculdade e perder a mãe para o câncer. A pedido de seu namorado, Dillon, ela se muda para Nova York para tentar recomeçar a sua vida e ficar mais perto dele. Ela resolve dividir apartamento com sua amiga, e começa a trabalhar em uma lanchonete no centro da cidade. Em tem certeza absoluta de que ama Dillon, mas quando conhece Gavin ela fica abalada de uma forma que não consegue compreender.

Gavin é um charmoso e rico empresário (clichê?) que, ao botar os olhos em Emily, também sente um encanto imediato e incompreensível. Ele já sofreu por amor a credita que nunca irá se apaixonar novamente. Eles começam a se encontrar apenas como amigos, mas a cada dia que passa eles percebem que são feitos um para o outro.

Apesar de também sentir isso, Emily acha que deve demais ao namorado. Foi ele que ajudou-a em seus momentos mais difíceis, principalmente quando sua mãe ficou doente. Ela acredita ter o namorado perfeito, e acha que estar com ele é seguro, e com Gavin nunca será.

É este o problema do livro todo. Emily passa suas 336 páginas ora querendo ficar com Gavin, ora achando que deve permanecer com Dillon. Isso se torna chato, cansativo, irritante. Mas você acha que eu consegui largar a leitura? NÃO! Fui cativada pela Gail e fiquei, até a ultima página, brigando mentalmente com Emily para que ela largasse de ser fresca logo e escolhesse um lado de uma vez por todas. Ela se faz de coitadinha o livro  todo, e sinceramente, ela mais parecia uma jovenzinha de 15 anos do que uma mulher de 24. Apesar de não ter achado o livro tão incrível assim, a autora me cativou e me deixou mega curiosa para seu próximo livro. Sério Gail, isso é jeito de se terminar um livro???

A história é cheia de furos, problemas mal resolvidos e exageros para todo o lado. Gail tinha uma ideia ótima em mãos, mas seus personagens se tornaram tão frescos e cheio de mimimis, que irritou. Acho que o marketing do livro prometeu demais e não cumpriu nem a metade. Não é um livro que eu leria novamente; Não é o melhor livro do gênero (como também não é o pior); mas se você gosta de young adults, talvez valha a pena.


Minha classificação para este livro é de ♥ 2/6- "Razoável".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores. 

Tensão. McHugh, Gail. Editora Arqueiro. 2015, 336 p.





2 comentários:

Any disse...

Oi, Rayme!
Não suporto livros com triângulo amoroso, não tenho paciência com personagens indecisos, cheios de mimimis!
Bjos!

Amália Teles Machado disse...

Acho que sua resenha, Rayme, foi a primeira que li que achou o livro razoável. Achei a premissa do livro meu clichê, como você disse, mas como gosto de romances eróticos, young adults e triângulos amorosos, vou dar uma chance a Tensão e ver se ele me conquista ou se vai me decepcionar como com você.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela