{Especial Dia dos Namorados} Livros para NÃO ler no Dia dos Namorados

sexta-feira, 12 de junho de 2015


Feliz Dia dos Namorados, galere! Que dia feliz! Dia de sair com o boy, a girl, de fazer séquiçu, de comprar/ganhar presente... É, tudo isso pra quem tem alguém, né. Para pessoas solteiras/enroladas/esperando em Cristo hoje é um dia de apenas duas opções: se entregar à fossa existencial com muita comida (leia-se DOCES) e filmes românticos, ou aguentar firme como bom soldado e procurar esquecer a data. Eu me encaixo na segunda opção: estou enrolada no relacionamento, longe do boy e vou passar a noite de hoje amando Dorian Gray, Ethan Chandler e Victor Frankenstein em Penny Dreadful. Porque nada como uma série cheia de sangue, vísceras, partes corporais, séquiçu bizarro e capirotos para nos fazer esquecer o amor, certo? Certa vez, há uns quinze anos, mais ou menos, caí na IDIOTICE de assistir ao filme Kate & Leopold no Dia dos Namorados e... Bem, não me recuperei do trauma. Na época eu não tinha namorado, e aprendi na marra que não se deve ver filmes românticos nesse dia. No dia seguinte assisti a Stigmata, só de raiva. O mesmo se aplica aos livros. Se você está lendo algum livro romântico e está sozinha(o) PARE AGORA DE SOFRER! E se você acabou algum livro e está na dúvida de qual começar a ler, aqui vai uma lista de livros para você NÃO LER hoje e fugir da fossa existencial/engordativa.

1) Julia Quinn e romances históricos e/ou eróticos

Não interessa qual, apenas NÃO! Nada de Bridgertons para você, garota solitária e romântica. Um romance histórico leve e ligeiramente hot não vai te ajudar. Sai dessa vida. Sério. Aliás, fuja de qualquer romance histórico hot. A não ser que você curta uma parada solitária, né... Se é que me entendem.

2) Nicholas Sparks e livros de romance trágico

Além de ser romântico saporra ainda tem finais trágicos e tristes. Se não quiser entrar em depressão, fuja de qualquer capa que tenha um casal branco quase se beijando. É cilada. E isso serve para A Culpa é das Estrelas também. Quem vai ficar doente é você.

3) Jane Austen e outras mocinhas do passado

Se você é uma romântica incorrigível nessa vida, então COM CERTEZA já leu Orgulho e Preconceito e já se apaixonou pelo Mr. Darcy (se for hétero, claro). Ou se viu na pele sonhadora de Marianne Dashwood de Razão e Sensibilidade. SE AFASTE DAS MOCINHAS ANTIGAS! Têm finais felizes! São bonitinhos! Se quiser ler alguma coisa do tipo, leia Jane Eyre que é esquisita ou O Morro dos Ventos Uivantes, que é doentio. Nada de amorzinho bonito pra você, colega.

4) Sophie Kinsella e comédias românticas açucaradas

"Ai, Karine, uma comédia romântica vai me fazer rir, pelo menos...". NÃO, GAROTA! Apenas NÃO! Esses romances são fofos, engraçados e mesmo que a mocinha faça um monte de burradas, tudo sempre acaba bem, felizes-para-sempre, amor eterno e afins. Você não vai dar risadas, acredite. Vai chorar.

5) E. L. James e livros eróticos/soft-porn

A menos que você seja a pessoa que curte um... hum... momento solitário de prazer, não se arrisque nos soft-porns. Eles são romances mascarados, amiga! Você vai acabar aos prantos, querendo um Gray que te enfie a porrada e isso NÃO É LEGAL! Principalmente se você estiver muito tempo sem ninguém (no sentido bíblico da palavra), isso só vai demonstrar que você é uma pessoa não-transante que está sentindo muita falta do negócio.

6) Meg Cabot e romances adolescentes fofos

Se você gosta de Meg Cabot, Paula Pimenta e outras autoras que escrevem para o público adolescente, SE AFASTA DA LUZ! Eles são fofinhos, bonitinhos, adoráveis e vão dilacerar seu pobre coração solitário. A não ser que sejam distopias e afins, tipo Jogos Vorazes. Aí pode, porque todo mundo se ferra no final. Kiera Cass também não pode. Não se você quiser um Maxon/Aspen.

7) Stephenie Meyer e os romances sobrenaturais

Nada de Crepúsculo pra você, amiga. Se quiser ler algo de vampiros, vá ler Anne Rice, que não tem romance, só o lance. E isso vale para anjos, zumbis, demônios ou o cacete a quatro. Romances sobrenaturais são bons por um lado: VOCÊ NÃO VAI ARRANJAR UM EDWARD PRA VOCÊ. Mas são ruins em outro: VOCÊ NÃO VAI ARRANJAR UM EDWARD PRA VOCÊ. Melhor não arriscar.


"O que ler então, Karine, sua chata?". Clássicos. Leia Oscar Wilde, pois a última coisa que Dorian Gray é é romântico. Leia O Cortiço e outros clássicos realistas da literatura nacional. Bem mundo cão. Leia fantasias épicas como O Senhor dos Anéis ou O Hobbit, porque romance passa longe (principalmente no segundo). Leia coisas sangrentas como André Vianco, Giulia Moon e outros vampirescos sem mimimi. Escolha algo que NÃO TENHA ROMANCE e segure firme, soldado! Amanhã é outro dia (dia de Santo Antônio, mas aí é outra história).




16 comentários:

Evelise Ciriaco disse...

Oi Karine!
Só posso dizer que amei seu post! Estou solteira, mas mesmo que não esteja procurando um namorado, estou passando longe dos romances hoje, só paa garantir rs
tanto que deixei o post de hoje, cheio de mocinhos maravilhosos, preparado com antecedência.
Bjs
sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

Karine disse...

Estava certa, então, quando tive essa ideia! Hahaha!
Bjs!

Tamires Tiburcio disse...

HAHAHA eu ri muito com esse post sério mesmo! eu já estava me preparando para uma maratona Crepúsculo aqui T_T rs

Julia Kerbes disse...

Essa foto do Sheldon é excelente! hahaha

Any disse...

Oi, Karine!
Amei o post e as dicas, afinal, atualmente estou solteira rsrs.
O Cortiço é uma boa dica pra quem não quer ler nada romântico.
Bjos!

Tamara Costa disse...

Ri muito! :DD Sou comprometida mas não sou lá muito de romances melosos então adorei as dicas.

Emanoelle Souza disse...

Poxa nada de Bridgertons? sniff :c
amei os topicos e é uma pena que a minha estante só tenha esses tipos de livros. ri muito aqui rs

Karine disse...

Nada de Bridgertons, cara colega! Vc precisa variar essa estante! Abra a sua mente para as possibilidades! Rsrs

Karine disse...

Tbm não curto muito esses romances melosos. Nunca li nada do Sparks, me dá agonia só de imaginar! Gosto da Quinn pq não é totalmente meloso.

Karine disse...

O Cortiço é traumático para quem é romântica e inocente, como eu era aos 16 anos quando o li, obrigada pela escola. Kkkkkkkk. Romantismo ZERO!

Karine disse...

A foto perfeita pra ilustrar o meu romantismo de ontem. Kkkkkkkk

Karine disse...

Espero que não tenha se entregado à maratona, amiga. SE AFASTA DA LUZ!

Maisanara F. disse...

Adorei o post. Não gosto de ler romances desse tipo em qualquer data. Essa foto ficou perfeita para o post. Os únicos autores que li foi Meg Cabot e três livros de Crepúsculo(que foi com muito sacrifício!!!). Os outroa não li e enm pretendo ler, apenas algum livro da Sophie Kinsella. Bjus.

Mabel disse...

hahaha ri mt nesse post!
Confesso que romance não é meu gênero preferido e que nunca li os livros citados, mas obrigada pelas dicas! :D

Samantha Corrêa disse...

Acho que sou masoquista, eu sempre gostei de ler livros de romance no dia dos namorados, ficava sonhando que namorava com o principal!

Jois Duarte disse...

Amo Julia Quinn e Sophie Kinsella e se não fossem as propagandas nem me lembraria da data.

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela