"Entrevista Com o Vampiro - A História de Claudia", de Anne Rice e Ashley Marie Witter

quinta-feira, 2 de julho de 2015


Você já deve conhecer o best seller "Entrevista Com o Vampiro", da diva Anne Rice. Ou então conhece o filme de 1994, já um clássico, com o estreante Brad Pitt como Louis, Tom Cruise INACREDITÁVEL como Lestat (nunca haverá um Lestat como Cruise. Nunca) e a pequena Kirsten Dunst, fofíssima, como Claudia. Tem Antonio Banderas também. Esse novo livro, adaptado e ilustrado por Ashley Marie Witter abre um parêntese na "entrevista" de Louis para nos apresentar a história de Claudia, a enigmática criança-vampiro.

Claudia foi retirada dos braços da morte por Lestat e transformada em vampira. No início ela vê no doce Louis um companheiro e em Lestat um mestre na arte de matar. Os três formam uma família (nada tradicional) que vive em relativa paz nas ruas de Nova Orleans, até que a pequena vampira começa a se questionar e questionar sua criação. A narrativa, em primeira pessoa dessa vez, ressalta as dúvidas e os pensamentos de Claudia, seus dilemas e o sofrimento por ter sido aprisionada em um corpo que jamais irá crescer. Afinal, depois de alguns anos, ela acaba se tornando uma adulta num corpo de criança e aparência de boneca. É perturbador, principalmente quando ela se refere a Louis como seu amante e faz a ele perguntas de cunho sexual. Sua frieza também assusta, e a consciência de sua maldade. Claudia foi, para mim, a melhor personagem de "Entrevista" e nesse livro apresentando seu ponto de vista foi incrível. A violência, a frieza e o instinto assassino da pequena vampira são perturbadores, mas dessa vez podemos entender melhor suas motivações.

O livro é uma verdadeira obra de arte. A capa é dura e as folhas são de papel brilhante luxuoso. As ilustrações são MARAVILHOSAS, meio ao estilo mangá mas com um toque barroco que a história, que se passa no século 18, exige. A trama continua fidelíssima ao livro de Rice, mesmo usando o ponto de vista de Claudia, e o fato de ser uma história ilustrada faz com que a leitura seja rápida (li em duas horas). A arte dos personagens está bem fiel às descrições do original (então nem adianta estranhar a aparência do Armand. Antonio Banderas está a anos-luz de diferença do vampiro com carinha de anjo).

Para quem é fã de Anne Rice e suas Crônicas Vampirescas, esse livro é um achado. Para quem não conhece, vale a pena ler o original antes, para se inteirar na história, afinal, nada do que aconteceu antes é explicado e nem é contado o que aconteceu depois. O filme também é super recomendado, pois é fiel à história e ainda tem um bocado de vampiros gatos pra animar a mulherada, e Kirsten Dunst miudinha e já lacrando de dar medo. Como eu disse antes, uma obra de arte, daquelas para se ter na estante para sempre, e reler de vez em quando, pois é um livro lindo, cheiroso e caprichado, daqueles que não se empresta pra ninguém, só sob garantia e que se passa de pai pra filho em testamento depois da morte.

Minha classificação para esse livro é de  6/6- "Obra prima".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Entrevista Com o Vampiro - A História de Claudia. Rice, Anne e Witter, Ashley Marie. Editora Rocco, 2015, 224 p.


5 comentários:

Mariele Antonello disse...

Bom já tinha visto comentários sobre o best seller Entrevista Com o Vampiro, mas não assisti o filme, bom lendo a resenha, me interessei pelo livro, parece ser uma história um pouco perturbadora, por ter uma criança, mas com mente de adulta, e achei legal a capa e as folhas serem cheio de detalhes e ter ilustrações, me interessei pelo livro e pretendo ler.

Sora Seishin disse...

Oi Karine!

Eu nunca li Entrevista com o Vampiro, mas adoro o filme.

Que coisa mais linda esse livro, adorei as ilustrações!

Beijos,

Sora - Meu Jardim de Livros

Any disse...

Oi, Karine!
Confesso que quando assisti ao filme - na minha adolescência, tarde da noite - senti um certo receio em relação a Claudia, com suas atitudes diabólico e seus sentimentos por Louis assustadores... até hoje a acho um personagem perturbador. Mas achei legal essa adaptação, sem falar nas ilustrações, o livro com certeza é digno de um colecionador.
Ps: Também concordo que nunca haverá um Lastat como Cruise!
Bjos!

suzzychiu disse...

Acredita que nunca vi o filme Entrevista com o vampiro?! Shame!
É que era mto medrosa, agora eu sou apenas um pouco menos, hehe...e
meus pais eram chatos para ver esse tipo de filme.
Bom, o livro realmente me chamou a atenção demais, não conhecia esse
personagem Claudia e ela realmente é perturbada, imagina a cabeça dela de uma mulher feita e má dentro de um corpo infantil e com cara de inocente!
As ilustrações estão mto bem feitas, parabéns aos desenhistas que captou bem a essencial do livro e soube passar pra o papel.
Com certeza vou conhecer esse livro, a estória me interessou demais.

Alessandra Fernandes disse...

Uma coisa é certa: se você nunca ouvi falar do livro, com toda certeza já ouvi falar do filme, afinal, ele é um clássico, não é mesmo?
E sobre esse livro? Capa dura, folhas brilhantes, desenhos em estilo mangá, e uma história de uma garota vampira com uma mente de adulto. Nem preciso mais comentar, neh? Perfeito, e já quero!!

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela