"Xeque-Mate" de Dill Ferreira

sábado, 18 de julho de 2015


Thaissa Guerra é uma mulher já bem resolvida. Seu pai tem uma grande empresa onde ela é empregada e onde trabalha com o que realmente gosta. Ela vai curtir o carnaval no Rio de Janeiro e acaba conhecendo Marcus. A atração entre os dois é imediata e inevitável. Eles conversam, se conhecendo um pouco, mas cada um acaba indo para seu canto, seguindo sua vida. Quando Thaissa volta para Goiânia, à sua vida e à sua rotina, ela logo percebe que algumas reviravoltas farão com que nada seja a mesma coisa após a chegada de um novo sócio à empresa de sua família.

Thaissa perdeu sua mãe para o câncer há quase 2 anos e antes disso, seu pai teve um caso com uma das funcionárias e acionistas da empresa, que atormenta a vida de Thaissa de todas as formas possíveis. Marcus é um homem de negócios que se mostra confiante, bem decidido e que sabe o que quer da vida. Não se mostra um personagem pé no saco que só pensa em besteira o tempo todo como normalmente são os personagens de romance deste gênero, e isso me agradou bastante.

A narrativa é em terceira pessoa, e alguns erros ortográficos, principalmente no começo do livro fizeram a leitura ficar um pouco cansativa, mas logo entrei no ritmo empolgante e perturbado de Thaissa e esses detalhes acabaram passando batido. A capa dá um ar de livro erótico, e apesar de termos várias cenas mais quentes durante o livro, ele não é totalmente voltado para isso, mas sim, voltado para o romance dos dois, no amadurecimento e crescimento deles.

A trama é ótima, muito divertida e com um romance bem convincente que foge do padrão comum. Adorei o universo criado pela Dill e já estou interessada nos outros livros da autora. Uma pena que neste teve alguns erros de ortografia que não me deixou ficar 100% satisfeita, mas ainda sim recomendo essa leitura deliciosa.

Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Xeque-Mate. Ferreira, Dill. Editora Modo, 2014, 316 p.



3 comentários:

Mariele Antonello disse...

Não me interessei muito pela história do livro não, apesar de ter um romance, o contexto da história não me deixou curiosa e nem ansiosa para ler.

Alessandra Fernandes disse...

Rayme, preciso falar que eu não gostei da capa, não é uma que eu abriria confortavelmente em certos lugares kkk, mas também a história não chamou tanta minha atenção, mesmo assim, vou tentar ler por se tratar de um romance nacional, e temos que privilegiar nossos autores, não? Abçs!!

Rayme disse...

É, a capa não é muito apropriada para se abrir em qualquer lugar mesmo né hehe
A trama é ótima, os personagens são super envolventes. Se você gosta de romance acredito que irá gostar! :D
Que bom que você também acha que devemos privilegiar nossos autores *-*

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela