{Filmes} (Maratona Marvel #8) Guardiões da Galáxia

domingo, 27 de setembro de 2015


Finalmente assisti a "Guardiões da Galáxia"! Vi muita gente falando maravilhas dele na época do lançamento e até depois, mas ainda não tinha tido interesse em ver. Mas como eu sou uma garota respeitadora da Maratona Marvel, fui "obrigada" a ver. E POR QUE NÃO VI ANTES?????

Nas cenas pós-crédito de Thor: O Mundo Sombrio nós somos apresentados a uma figura muito esquisita vivida pelo Benício Del Toro: o Colecionador, que é incumbido pelos asgardianos de guardar em segurança o Ether, a substância malvada que quase ferrou com Jane, com Greenwich e com o resto do mundo. Ali era a primeira sinalização de que a história toda dos Vingadores iria muito além desse nosso planetinha. Depois desses eventos, da queda da S.H.I.E.L.D retratada em "Capitão América - O Soldado Invernal" e na parte final da primeira temporada da série "Agents of S.H.I.E.L.D", Guardiões da Galáxia se insere. Vale lembrar que aqui já estamos na ordem de lançamento dos filmes da Marvel, não na cronológica (quase dá no mesmo, mas se você observar o começo da listinha abaixo vai perceber que nem sempre é a mesma coisa).

Devo começar essa resenha dizendo que, SIM, eu quero um Groot na minha vida, eu PRECISO de um Groot, PELO AMOR DE DEUS, ALGUÉM ME DÁ UM GROOT! Melhor personagem ever, com apenas uma fala ("Eu sou Groot", sim, eu vi dublado, me julgue), o grandão é fofo e a dobradinha com o Rocket é impagável. Na verdade, acho que posso dizer que gostei de todos os personagens, o que é raro pra mim: o Senhor das Estrelas (Chris Pratt, lindinho toda vida), com sua trilha sonora ofensiva de tão boa, Gamora, (Zoë Saldaña, a verdadeira Miss Universo, caso com essa mulher) diva intergalática, Rocket, dublado pelo Bradley Cooper (vi dublado. RÁ!) o próprio Groot (Vin Diesel divando), Drax, a montanha de músculos que mais parece um dicionário ambulante (adorei! E quem foi que disse que fortões não podem ser inteligente? Amei essa desconstrução) e até Ronan, o Acusador, o vilão vivido por Lee Pace, divo toda vida, amorzinho, CASA COMIGO! Sendo bafônico mesmo irreconhecível.

Reconheceu agora?
Aliás, falei da trilha sonora. O filme é lembrado sempre que alguém fala de trilhas sonoras marcantes, e é mesmo. Confesso que achei ofensiva a primeira música que toca (razões pessoais, o que quase me fez desistir de ver o resto. Mas sobrevivi), mas o restante... A mãe do personagem de Chris Pratt dava fitas cassete para ele com as músicas que ela mais gostava de ouvir quando era mais nova, então tem muita coisa boa dos anos 70/80 (vale lembrar ainda que o personagem é abduzido no fim dos anos 80 e vai com a fita e o walkman, então ele, tipo, está preso nessa playlist bafônica. Ainda bem, né? Já pensou se fosse um cd do Justin Bieber? *corre). A escolha das músicas e a inserção delas nos acontecimentos dá um brilho especial ao filme e às cenas de ação, principalmente.

Não vale a pena eu ficar aqui dissertando sobre o filme, corra logo para assistir, se você é mais noob que eu e não viu ainda! Vale a pena, mesmo que você não curta muito esse estilo de filme (como eu, que não tenho muita paciência para filmes/livros/séries com temática espacial. Me julgue mais), porque, como sempre, o humor está super presente, as cenas de ação são incríveis, a trilha sonora é pika das galáxias (não resisti, desculpa) e tem o GROOT! E tem o Pratt! E tem o Lee Pace sendo o Lee Pace e tem umas tiradas realmente espetaculares e tem Saldaña! Aprendi com a Maratona Marvel que pode até não fazer sentido quando você assiste a determinado filme ou série na hora, mas vai fazer depois, pois tudo vai convergir e se misturar e eu MAL POSSO ESPERAR PRA VER! Deixo vocês com a cena mais fofa da história das cenas fofas envolvendo árvores dançarinas. Sério, sempre que se sentir melancólico, triste, cabisbaixo; quando bater a bad abra esse vídeo. Pra mim funciona sempre. É um sorriso no rosto e muito amor preenchendo o coração na hora, garanto.


Ordem Cronológica dos filmes e séries da Marvel:

 Próxima resenha: AGENTS OF S.H.I.E.L.D (2ª Temporada)


Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela