"O Conde Enfeitiçado" de Julia Quinn

segunda-feira, 21 de setembro de 2015



Sinopse
Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.

Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.

Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.

Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.

~ ~ ❤ ~ ~

Cheguei a simples conclusão de que é impossível não amar os livros da Julia Quinn. Quanto mais leio seus romances, mais me apaixono pela família Bridgerton. Claro que entre tantos livros lidos - seis até o momento -, eu tenho os meus preferidos, mas todos sem exceção são maravilhosos.

Há muito tempo, eu tinha curiosidade sobre Francesca que dos irmãos Bridgertons, é a mais afastada e menos citada. Nos livros anteriores sempre citava que ela havia se casado e que pouco tempo depois, ficou viúva, vivendo afastada da família na Escócia. Havia um clima de mistério envolvendo a história dela que me intrigava e não me decepcionou em nada, exceto pela fato de que os amados Bridgertons pouco aparecem durante o desenrolar da história. Senti saudade deles!

A história de Francesca se passa entre o casamento de Colin com Penélope e o casamento de Eloise com Philip. Francesca se casou por amor com John e o adorava profundamente, mas quando o perdeu precocemente para a morte, ela ficou desolada e se se afastou do mundo. Quem ela mais queria do seu lado era o primo do marido Michael, seu melhor amigo e confidente, mas logo após o funeral ele se afastou dela e fez uma longa viagem para a Índia. O que Francesca desconhecia era que Michael sempre fora apaixonado por ela e que se afastou para não macular a memória do primo e também porque a aproximação lhe feria completamente. Quatro anos depois, ela se sente pronta para casar novamente, não por amor como a primeira vez, mas sim para conceber uma criança. Tudo o que Francesca quer é ser mãe. Michael também decide voltar para assumir a herança que recebeu com a morte do primo, mas está decidido a se manter afastado de Francesca.

É um verdadeiro impasse esse romance onde a sociedade inteira aprova o casamento e os dois ficam colocando John no meio da história. Ambos amavam profundamente John, mas sentiam em seus corações que estavam traindo a memória dele se ficassem juntos. Mas a atração e a química entre eles é forte demais e o que começou como um jogo de sedução, evolui para uma relação cheia de amor e paixão.

Eu adorei a história de Francesca e Michael por não ser clichê. Ela foi apaixonado pelo primeiro marido e nunca sequer passou pela cabeça que pudesse nutrir algum sentimento além da amizade por Michael. Já ele se apaixonou desde o primeiro momento em que a viu nas vésperas do casamento dela com John. Michael também é conhecido por ser um devasso, um conquistador de corações, mas ele se esconde por trás desse papel de libertino para não revelar seus verdadeiros sentimentos. Terminei a leitura com um sorriso enorme no rosto e querendo mais. Julia Quinn nos pregou um enorme susto no final, mas não decepcionou. Eu só queria saber se Francesca conseguiu engravidar ou não... Pelo visto vou ter que esperar pelo sétimo livro! Vem logooooooo!


Minha classificação para esse livro é de  4/6- "Muito Bom".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

O Conde Enfeitiçado. Quinn, Julia. Editora Arqueiro, 2015, 304 p.




Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela