"Roleta Russa", de Jason Matthews

segunda-feira, 23 de novembro de 2015


Dominika tem um dom de ver sentimentos e emoções nas pessoas. Ela vê, ao redor de cada um, uma cor. Música e dança sempre foram suas paixões, e seu sonho sempre foi fazer parte do Bolshoi. Ela vê sua carreira indo por água abaixo quando é vítima de uma sabotagem de seus companheiros. Como se não bastasse, precisa enfrentar também a morte do pai. Sem saber que rumo tomar, e para manter a moradia para sua mãe, Dominika aceita a proposta de seu tio Vanya para trabalhar no SVR, o Serviço Secreto da Rússia. Seu tio se aproveita da beleza da moça para treiná-la e torná-la expert em sedução para fins de espionagem.

Ela tem em suas mãos uma missão muito importante: descobrir quem é o traidor do SVR que repassa informações dali para a CIA. Dominika terá que seduzir Nathaniel Nash. Começa ai um jogo doido de sedução e táticas operacionais para descobrir o que um esconde do outro.

Com a trama intercalada entre Dominika e Nate, vamos acompanhando o trabalho de espionagem de cada um dos personagens. Eles acabam se atraindo um pelo outro, mas o romance deles acaba ficando em segundo plano. Foi aí o inicio da minha decepção com a trama...

Descobri, apenas após terminar o livro, que o Jason é um oficial aposentado da CIA. Acho que se tivesse descoberto esta informação antes, teria apreciado mais da leitura por saber que o autor realmente sabia do que estava falando e que não era tudo uma "viagem". Eu sou fã do Harlan Coben e quando li a sinopse do livro imaginei que seria no mesmo estilo, mas me decepcionei. Não gostei da escrita do autor e logo nos primeiros capítulos percebi que a leitura não ia render. Achei a trama interessante, mas nada nela fez com que eu me envolvesse. Os personagens, rasos demais. Não senti empatia por nenhum deles e, consequentemente, não consegui me envolver.

Um ponto a favor do livro é que os acontecimentos descritos por Jason são bem detalhados, mas sinceramente, achei um porre. Algumas palavras em russo me deixaram mais frustrada ainda com a leitura. Outro ponto positivo para o livro e que eu não posso deixar de destacar é o capricho que a Editora Arqueiro teve. Em alguns términos de capítulos tem a receita de alguma comida citada durante o capítulo. Achei isso muito interessante e nunca tinha visto em nenhum outro livro. Provavelmente no livro original tenha isso, mas adorei que a editora tenha mantido.

O final foi mais frustrante ainda. Merecia um final arrebatador, para compensar todo o estrago anterior, mas acabou deixando um grande acontecimento em aberto. Não sei se ele terá ou não continuação. Tudo deu a entender que sim, mas, sinceramente, estou torcendo para que não, pois se já achei este primeiro enrolado demais, imaginem o segundo!?!

Minha classificação para esse livro é de  2/6- "Razoável".
Veja a cotação do livro no SKOOB e a opinião de outros leitores.

Roleta Russa. Matthews, Jason. Editora Arqueiro, 2014, 422 p.






Nenhum comentário:

{Lendo} Dominique

No Facebook:

{Lendo} Daniela